rss Assine o RSS de Artigos da Mises.org.br
Como o governo está tentando enganar a população com a meta do superávit primário
por , sexta-feira, 21 de novembro de 2014

dilma1-636x395.jpgA presidente encaminhou o projeto de lei ao congresso para abolir o limite da dedução de até R$67 bilhões, deixando livre a exclusão de todos os gastos do PAC e das desonerações.  

Na prática, isso significa o seguinte: mesmo havendo um enorme déficit, o governo terá cumprido a meta de superávit, pois ele agora poderá abater até R$122,890 bilhões (que é a soma até o momento dos gastos do PAC e das desonerações) da meta de R$116,072 bilhões

Ou seja: por meio de uma contabilidade mágica, um déficit virou um superávit.

O problema é que truques contábeis não alteram a realidade.  E a realidade é que, na prática, o governo federal está incorrendo em um déficit primário.  E vale lembrar que déficits (sejam eles primário ou nominal) são financiados pela emissão de títulos do Tesouro, os quais são majoritariamente comprados pelos bancos por meio da criação de dinheiro. Portanto, os déficits do governo são uma medida inerentemente inflacionária.  Será difícil reduzir a atual inflação de preços se o governo não equilibrar seu orçamento.

leia mais...

rss Assine o RSS de Artigos da Mises.org.br
A economia é a filosofia da tolerância
por , quinta-feira, 20 de novembro de 2014
foto1-e1317907156190.jpgO mundo é repleto de esnobes.  Há o esnobe da música, que é aquela pessoa que reclama que a maioria das pessoas prefere Lady Gaga a Stravinsky.  Há o esnobe do cinema, que reclama que a maioria das pessoas prefere filmes de ação a filmes de arte.  Há o esnobe da literatura, que reclama que a maioria das pessoas prefere 50 Tons de Cinza a Schopenhauer.  E há o esnobe da culinária, que reclama que a maioria das pessoas prefere pizza a um fino sashimi. 

Ou seja, qualquer que seja o assunto debatido, é tentador fazer um julgamento crítico sobre a preferência dos outros.

O bom economista, ao aprender economia e ao absorver suas lições, aprende a ser menos esnobe.
leia mais...

Artigos anteriores

veja mais...


Mais acessados








Multimídia   
  Podcast Mises Brasil
        por Bruno Garschagen - 06/01/2015
  Conferência de Escola Austríaca 2014
        por Diversos - 23/10/2014
  Fraude - Explicando a grande recessão
        por Equipe IMB - 31/10/2012
veja mais...



Instituto Ludwig von Mises Brasil



contato@mises.org.br      formulário de contato           Google+
Desenvolvido por Ativata Software