clube   |   doar   |   idiomas
Sobre como resistir ao mal — há os que se vendem, e há os que se retiram da luta
Os últimos são ainda piores que os primeiros

Como pode alguém, encontrando-se cercado por uma crescente maré de transgressões, de desrespeito à liberdade mais básica, e de maldade, não lutar até suas últimas forças contra ela? 

Há tempos estamos sendo submergidos por uma inundação de perversidades na forma de coletivismo, socialismo, igualitarismo, niilismo e autoritarismo. 

Sempre foi muito óbvio para mim que temos uma imperiosa obrigação moral de lutar contra esses males – para o nosso próprio bem, para o de nossos entes queridos, de nossa prosperidade, de nossos amigos, de nossos vizinhos e de nosso país.

Sendo assim, sempre foi um mistério para mim por que as pessoas que enxergaram e identificaram estes males – e, consequentemente, foram convocadas a combatê-lo – abandonam esta luta, aos poucos ou de uma vez. Como pode alguém enxergar a verdade, entender seu premente dever, e, então, simplesmente desistir e até mesmo ir além e trair a causa e seus companheiros de luta? 

E, no entanto, nos dois movimentos e em suas variantes aos quais já estive associado — libertário e conservador —, isto acontece o tempo todo.

Conservadorismo e libertarianismo, no fim, são movimentos "radicais", ou seja, eles se opõem radical e fortemente a todas as tendências de estatismo e imoralidade. Logo, como pode alguém que se juntou a um movimento destes — seja como ideólogo, ativista ou financiador – simplesmente abandonar a luta? 

Recentemente, perguntei a um perspicaz amigo por que um conhecido nosso abdicou da luta. Ele respondeu que "ele é o tipo de pessoa que deseja uma vida tranquila, que só quer se sentar à frente da TV e não quer ouvir falar de nenhum problema". Ok, mas, neste caso, disse eu angustiado, "por que então estas pessoas se tornaram 'radicais'? Por que elas orgulhosamente se proclamam 'conservadores' ou 'libertários'?" Infelizmente não obtive nenhuma resposta.

E o fato é que, se você quer realmente mudar o estado das coisas — tanto moral quanto economicamente —, esqueça qualquer tipo de vida tranquila ou sossegada. Não vai acontecer.

Em algumas ocasiões, as pessoas desistem da luta porque, dizem elas, trata-se de uma causa perdida. Perdemos, elas dizem. A derrota é inevitável. O grande economista Joseph Schumpeter escreveu em 1942 que o socialismo é inevitável, e que o capitalismo está condenado não por suas falhas, mas pelo seus próprios êxitos, os quais deram origem a um grupo de intelectuais invejosos e malignos que iria subverter e destruir o capitalismo por dentro. Os críticos acusaram Schumpeter de pregar o derrotismo aos defensores do capitalismo. Schumpeter respondeu que, se alguém disser que um barco está inevitavelmente afundando, seria isto a mesma coisa de dizer: "não faça o melhor que pode para salvar o barco"?

Da mesma maneira, assuma por um minuto que a luta contra os malefícios estatais seja uma causa perdida: por que isto implica abandonar a batalha? 

Em primeiro lugar, por pior que as coisas estejam, lutar significa que o inevitável pode ao menos ser adiado. Por que isto não valeria a pena? Não é melhor perder daqui a trinta anos do que perder agora? 

Em segundo lugar, na pior das hipóteses, é muito divertido provocar e irritar o inimigo; deixar o monstro incomodado. Por si só, isto já vale a pena. 

Não se deve pensar no processo de luta contra o inimigo como um tormento sério e melancólico. Ao contrário: é altamente inspirador e revigorante ir à guerra contra um oceano de problemas em vez de simplesmente se render passivamente. E, ao oferecer essa oposição, há a chance de alguns ganhos; no mínimo, haverá alguma resistência e não se estará entregando ao inimigo a vitória gratuitamente.

E, por fim, ora!, se você de fato luta contra o inimigo, você pode sim vencê-lo! Pense nos bravos que lutaram contra o comunismo na Polônia e na União Soviética e que nunca desistiram, que enfrentaram adversidades aparentemente impossíveis de serem superadas. Ninguém acreditava neles; todas as chances estavam contra eles. E então, do nada, bingo!, um dia o comunismo sucumbiu. 

Com certeza as chances de vencer são bem maiores se você lutar do que se você simplesmente desistir.

Os que se corrompem e os que abandonam

Nos movimentos conservador e libertário foram duas as principais formas de desistência, de abandono da causa. 

A forma mais comum e mais patentemente óbvia é aquela com a qual todos nós estamos bem familiarizados: vender-se. 

O jovem libertário ou conservador entra no governo – ou no Executivo, ou no Congresso, ou em um cargo administrativo – ansioso e pronto para a batalha de reduzir o estado em prol de sua estimada causa radical. E então alguma coisa acontece: às vezes, gradualmente; outras, com uma impressionante rapidez. Esse jovem começa a frequentar alguns coquetéis frequentados pelo alto escalão, descobre que o inimigo parece ser muito agradável, começa a se envolver com a marginália, começa a fazer concessões e, sem perceber, já está dando extrema importância a alguma comissão ordinária, ou a algum insignificante corte de imposto ou emenda. E, com o tempo, ele se mostra disposto a abandonar totalmente a batalha em troca deum pomposo cargo no governo ou de um bom contrato no setor privado ganho em decorrência de suas conexões políticas. 

E, à medida que esse processo de corrompimento continua, ele descobre que a coisa que mais o incomoda não é o inimigo estatista, mas sim os seus antigos aliados que se transformaram em meros "resmungões e criadores de caso", que não param de fazer cobranças, vivem fazendo sermões sobre princípios e até mesmo o atacam por ter traído a causa. 

E, assim, rapidamente, esse jovem e O Inimigo se tornam indistinguíveis.

Todos nós conhecemos bem este roteiro de corrompimento, e é fácil e correto ficar indignado com esta traição moral a uma causa que é justa — a batalha contra o mal — e aos seus antes estimados camaradas. 

Mas existe outra forma de abandono que não é tão evidente e é ainda mais insidiosa – e não me refiro à simples perda de forças e entusiasmo. Nesta forma, que tem ocorrido bastante no movimento libertário e também em setores do conservadorismo, o militante simplesmente decide que a causa é perdida e, então, desiste de tudo, abandonando resolutamente este mundo corrupto e imoral, refugiando-se em alguma comunidade pura e nobre formado exclusivamente por semelhantes. Para os randianos, este seria o "Vale de Galt", do romance de Ayn Rand A Revolta de Atlas

Outros libertários seguem tentando formar alguma comunidade underground, com o intuito de "capturar" uma pequena cidade, ou de ficar "underground" em um floresta ou em plataformas marítimas, ou até mesmo construir um novo país libertário em uma ilha, nas montanhas ou onde quer que seja. 

Já os conservadores têm seu próprio jeito de isolamento e retirada. Em cada caso, surge o apelo de abandonar o mundo perverso, e de formar uma pequena comunidade alternativa em algum refúgio isolado. 

Muito tempo atrás, rotulei este posicionamento de "isolacionismo". Poderiam chamar esta estratégia de "neo-Amish", exceto pelo fato de que os Amish são fazendeiros produtivos, e recuo que estes grupos jamais chegariam a este estágio.

A justificativa para este isolacionismo sempre vem acompanhado de uma Moral Superior, e também de termos pseudo-psicológicos. Estes "puristas", por exemplo, dizem que eles – ao contrário de nós, combatentes incautos – estão "vivendo a liberdade", que eles estão enfatizando "o positivo" em vez do "negativo", que estão "vivenciando a liberdade" e vivendo uma "vida libertária pura", enquanto que nós, pobres almas, ainda estamos vivendo no corrupto e apodrecido mundo real. 

Há anos tenho respondido para estes grupos de isolacionistas que o mundo real, no fim das contas, é bom; que nós libertários podemos ser anti-estado, mas que não somos categoricamente anti-sociedade ou contrários ao mundo real, por mais contaminado que ele possa estar. Propomos continuar a luta para salvar valores, princípios e pessoas que estimamos, mesmo que o campo de batalha fique lamacento. Igualmente, eu citaria o grande libertário Randolph Bourne, que proclamou que nós somos patriotas, não no sentido de patriotas adeptos ao estado, mas ao país, à nação, a nossas gloriosas tradições e cultura que estão sob vil ataque (de políticos, de progressistas, de parasitas, de desarmamentistas e de demais tipos de degenerados autoritários).

Nossa atitude deveria ser, nas famosas palavras de Dos Passos (apesar de ele tê-las dito como um marxista), "tudo bem, somos duas nações". Sim, nosso país, como existe hoje, são duas nações; uma é a nação deles, a nação do inimigo corrupto, de seu sistema de educação pública de lavagem cerebral deles, de toda a sua burocracia estatal, de sua grande mídia, e de todo o seu autoritarismo; e a outra é a nossa nação, muito maior, formada pela maioria; uma nação muito mais nobre que representa o antigo e mais verdadeiro país. Nós somos a nação que irá vencer, que irá retomar o país, não importa quanto tempo isto leve. É na verdade um grave pecado abandonar esta nação necessitada de vitórias.

Mas estaríamos então enfatizando "o negativo"? Em certo sentido, sim; mas o que mais deveríamos destacar quando nossos valores, nossos princípios, nossos próprios seres estão sob ataque de um adversário insaciável? 

Porém, primeiro temos que entender que no próprio ato de acentuar o negativo também estamos enfatizando o positivo. Por que lutamos contra – e, sim, até mesmo odiamos – o mal? Somente porque amamos o bem, e nossa ênfase no "negativo" é apenas o outro lado da moeda, a consequência lógica de nossa devoção ao bem, aos princípios e valores positivos que prezamos. Não há razão para não podermos enfatizar e espalhar nossos valores positivos ao mesmo tempo em que lutamos contra nossos inimigos. Na realidade, os dois andam juntos.

No fim, há uma diferença crucial entre os dois

O que é realmente fascinante e crucial é que estes dois caminhos – mesmo que pareçam ser diametralmente opostos – acabam inexoravelmente no mesmo lugar. 

Os corrompidos abandonam a causa e traem seus camaradas por dinheiro e status; os isolacionistas, compreensivelmente abominando os vendidos, concluem que o mundo real é impuro e se retiram dele. 

Em ambos os casos, seja em nome do "pragmatismo" ou em nome da "pureza", a causa, a luta contra o mal no mundo real, é abandonada.

No entanto, há claramente uma grande diferença moral nos dois caminhos. 

O vendido é moralmente mal; já o isolacionista, por sua vez, é – dizendo com educação – extremamente equivocado. É perda de tempo tentar convencer um corrompido; não vale a pena tentar dialogar com eles. Já os isolacionistas têm que entender que lutar contra o mal não significa trair a causa, longe disso. E abandonar o mundo real não ajuda em nada a luta pela liberdade.

O isolacionista, em sua atitude, se torna indiferente ao poder e à opressão, gosta de relaxar e mostrar que não liga para o autoritarismo à sua volta se a sua "alma interior está livre". 

Sim, claro, é bom ter liberdade para nossa alma interior. Sou bem familiarizado com os velhos clichês sobre como a mente é livre e como o prisioneiro também é livre no fundo de seu coração. 

Porém, podem me chamar de vil materialista, mas acredito, e creio que todos os libertários e conservadores também acreditam sinceramente, que o homem merece mais do que isso, que nós não temos que nos contentar com a liberdade interior do prisioneiro em uma cela, que devemos entonar o bom e velho coro de "Liberdade e Propriedade", que devemos exigir liberdade em nosso mundo real externo de dimensão e espaço. Eu acredito que é disso que se trata a luta. E que sempre foi disso que se tratou.

Coloquemos dessa forma: não temos que deixar nossas vidas, nossas propriedades, nosso país, o mundo real, para os bárbaros. Nunca. Vamos agir no espírito daquele magnífico poema que James Russel Lowell criou para a bela melodia Welsh:

Uma vez para cada homem e nação chega o momento de decidir/na contenda entre a verdade e a falsidade, se para o lado do bem ou do mal deve ir.

Alguma grande causa, o novo Messias de Deus, oferecendo a cada um o flagelo ou o florir.

E a escolha vale para a eternidade entre aquela escuridão e a luz que há de vir. 

Embora a causa do mal prospere, ainda é a verdade sozinha forte; embora sua parcela seja o cadafalso, e ainda que aquele cadafalso distorça o futuro, por trás do sombrio desconhecido, Deus se ergue firme em meio às sombras mantendo os olhos sobre os Seus filhos.


autor

Murray N. Rothbard
(1926-1995) foi um decano da Escola Austríaca e o fundador do moderno libertarianismo. Também foi o vice-presidente acadêmico do Ludwig von Mises Institute e do Center for Libertarian Studies.


  • Henrique Z.  05/03/2021 20:50
    Muito bom! Embora eu não saiba qual a posição específica do autor neste quesito, digo apenas não acho que temos de ficar afastados do Estado, sem tentar se infiltrar nele para fazer parte de algum governo, pois se ele exerce a coerção, quanto menos liberais para contrapor suas façanhas psicopatas, pior. E tenho pena daqueles que tem a mente fraca e se corrompem ou tem medo da corrupção.

    Se ainda não conseguimos nos livrar do Estado (e isso sim é tarefa dos educadores e jornalistas, atuando na conscientização do mal que ele causa), melhor que estejamos de olho nele bem de perto.
  • Cristiano  05/03/2021 20:58
    Discordo. Não tem que entrar nem em estado e nem em serviço público. É bíblico: "comerás o pão com o suor do teu rosto". A pessoa que entra no serviço público rompe essa condição existencial do homem, esse fundamento ético primordial.

    Isso vai minando o caráter e mesmo a alma. Seja produtivo e isso é recompensador.
  • Daniel  05/03/2021 21:04
    Não acho que a política deva ser ignorada. Se existem candidatos libertários, penso que devemos elegê-los. Na pior das hipóteses, estarão ocupando o lugar de um socialista e isso por si só já evita um dano maior.

    Sim, o ideal é divulgar ideias mas também sempre que possível, agir politicamente. E eu não digo aqui para as pessoas se candidatarem. Estou dizendo que, sempre que existirem candidatos libertários, eu apoiarei.
  • anônimo  05/03/2021 21:40
    O grande problema é justamente o fato de quê Libertários não gostam de política, pois, quando alguém entra em algum cargo público e começa á receber salários, ela automaticamente se torna uma parasita, recebendo salários astronômicos á custa dos produtivos.

    E mesmo se diversos Libertários entrassem na política, formassem um partido, e se recusassem á receber os salários, ainda assim teriam de posar de liberais, pois obviamente não iriam conseguir chegar á lugar algum pedindo o fim do Estado dentro do sistema.

    Lá nos EUA, um dos paises quê mais valoriza á liberdade, em total contraste com o Brasil, existe um partido Libertário, e apesar de ser considerado o 3° maior partido de lá já faz algumas décadas, até hoje ainda não conseguiram nada.

    Por isso ao invés de perderem tempo na política, os libertários preferem apenas divulgar as ideias da escola austríaca, é muito mais preferível alguém quê já está dentro do sistema se tornam Libertário e usar sua influência e popularidade para espalhar as idéias, e as pessoas perceberem por si só quê pedirem mais estado e mais assistencialismo não irá melhorar á vida delas.
  • Felipe  05/03/2021 22:09
    É o sistema. Foi feito para ser assim. Aliás, o Partido Libertário é bem melhor do que qualquer partido aqui do Brasil que tente se dizer como liberal. Há uma vasta comunidade libertária no país, diversificada até (com algumas alas mais voltadas para pautas mais de progressistas). Aqui é coisa nova ainda.

    O mais importante é espalhar as ideias e pensar no longo prazo. Ficar só pensando em eleições a cada quatro anos é bobagem. No final, é sempre escolher o menos ruim e ter sorte de não cair um socialista ao extremo, além de humilhante. Por que depender de um presidente "para barrar o globalismo"? A solução está nos indivíduos.

    Aprendamos com os esquerdistas.
  • Felipe  05/03/2021 22:26
    Rothbard, coitado, foi perseguido na academia pelo establishment, simplesmente porque ele nunca fez concessões aos seus princípios. Houve até um rolo envolvendo conflitos entre ele e os irmãos Koch, isso porque o Rothbard foi um dos criadores do CATO Institute. O CATO até que ainda tem uns textos bons, embora eu não costume acessá-lo.

    Lendo esse artigo, lembro dos cubanos que se reuniram para estudar sobre Escola Austríaca e, pouco tempo depois, um deles foi preso pela polícia cubana.
  • WMZ  06/03/2021 00:49
    O que o Partido Libertário fez nos EUA foi eleger o Biden.

    Em vários estados decisivos, onde o Biden venceu por uma margem estreita de 0,5% até 2% dos votos, a JoJo detinha os 0,6% até 2,1% que poderiam ter dado a vitória ao Trump.
  • Edson  06/03/2021 00:57
    O Walter Block até escreveu artigo criticando os libertários que votaram na Jorgensen por terem jogado o poder no colo da esquerda progressista.
  • Felipe  06/03/2021 01:21
    Você teria esse artigo para me passar?
  • Felipe  06/03/2021 15:37
    Ah, que coisa, precisa se cadastrar para ler o artigo inteiro.
  • Felipe  06/03/2021 02:50
    Pode ser, mas eu digo das ideias transmitidas, não em exatamente eleger presidentes. Acho que encontrei o artigo do Walter Block, depois leio.
  • Revoltado  08/09/2021 17:21
    De fato!

    De quê adianta votar em candidato libertário, se este sequer chance terá, em um país aonde o espectro é dominado exclusivamente pelos Democratas e Republicanos, o mínimo que os libertários deviam ter feito era ter votado no Trump, pois, em que pese seus defeitos, é quem manteria os EUA em bons caminhos.
    Mais um semestre de Biden na Casa Branca estão esfregando na fuça de quem deseje ver!
    E isto porque a criatura sentada no Salão Oval ainda é ele, pois se Kamala Harris começar a frequentar aquele salão para se sentar na mesa principal... eram uma vez os Estados Unidos da América.
  • 4lex5andro  31/10/2022 14:48
    No Brasil, quase 1 ano e 8 meses depois.
    Por menos de 1% de diferença nos votos válidos.
    Enquanto as abstenções somaram mais de 10%.

    O país em um dia retrocedeu vinte anos, só que agora mais velho, empobrecido e endividado...
    Pobre Brasil.
  • Sérgio  05/03/2021 20:54
    Tudo correto, mas eis o que é crucial ser feito: o contra-gramscismo. Libertários e conservadores (esqueçam os liberais; esses aí são meros social-democratas progressistíssimos) devem se infiltrar nas escolas, nas universidades e na mídia para moldar a culura e a educação.. E colocar conservadores e libertários no parlamento (e expulsar os liberais) para barrar os planos da esquerda. Só assim.
  • anônimo  06/03/2021 04:28
    Sim. Pra você derrubar o Estado, você tem que entender como o Estado funciona, tem que conhecer o Estado, entrar na mente do Estado, pensar como o Estado, dormir como o Estado, acordar como o Estado, TEM QUE SER O ESTADO ;)
  • Tiago  06/03/2021 04:33
    É crucial disseminar na sociedade civil, a partir de cada indivíduo, os princípios e valores da liberdade. Considero esse o nosso maior desafio.

    Por outro lado, é igualmente essencial que haja a ocupação de cargos públicos (eletivos e não eletivos) por defensores da liberdade. Caso contrário, esses postos continuarão sendo preenchidos pelos inimigos da liberdade; conhecemos bem o resultado do encontro estado + inimigos da liberdade: menos liberdade!

    Pragmaticamente, entendo ser mais efetivo o processo simbiótico composto pela (i) disseminação das ideias de liberdade junto à sociedade civil e pela (ii) penetração em quantidade crescente desses indivíduos nas estruturas estatais - num processo que se retroalimenta, a fim de gradualmente alterá-las, aprimorá-las, reduzi-las ou eliminá-las, a depender do caso, sempre pelas vias democráticas. There's no free lunch!

    Quem disse que seria fácil e rápido?
  • Rodrigo  05/03/2021 20:59
    Tenho uma duvida:
    Por eu ser um amante da liberdade, estarei traindo minhas convicções se eu me tornar um funcionario publico?

    Quero trabalhar na área de TI, mas cada vez mais as empresas aumentam o cerco, dificultando a entrada no mercado de trabalho(muito provavel por culpa do Estado).

    Então, o que fazer?
  • Matheus  05/03/2021 21:04
    Todo funcionário público tem seu salário pago com o roubo - praticado pelo estado através de impostos ou inflação. Se você é um amante da liberdade, não pode concordar com essa imoralidade.

    Sobre a área de TI eu também faço parte e posso te dizer que o governo ainda está longe e somos ligeiramente livres, mas sindicatos existem e muitos colegas concordam com intervenções e obrigatoriedade de certificações (claro, somente para reservar o mercado). O que podemos fazer é iniciar o debate com bons argumentos. Já obtive ótimos resultados na minha empresa mostrando a superioridade da liberdade.

    Não temas.
  • Inácio Rodrigues  05/03/2021 21:34
    Porque deveriamos deixar de trabalhar para o estado ? Se pelo menos aqui no Brasil, é onde se tem os melhores salários. Sad but true.
  • Erick   05/03/2021 21:41
    Por que deveríamos deixar de estuprar mulheres? Se pelo menos aqui no Brasil, é onde se consegue sexo ao custo mais baixo. Sad but true.
  • Jeferson Vasquez  07/03/2021 06:42
    Estuprar mulher pra quê? Pra de repente acordar no outro dia com metade do rosto todo avermelhado e depois descobrir que está com AIDS? Essa gente nunca pensa nas consequências! Por si só isso é uma punição por tê-lo feito! Se chama justiça poética! E não começem a pensar que isso não é possível pois é!
  • Anti estatista  06/09/2021 01:35
    Justiça poetica?????!!! Haaaaaaaa por isso o Brasil nao vai para frente.
  • Revoltado  08/09/2021 18:56
    Encrencar-se no Brasil por causa de fêmea já é mais fácil que somar 2 + 2!

    Basta entristecer o coraçãozinho de uma delas, dado que temos agora a maldita "violência psicológica".

    Será suficiente discordar da distinta, caso esta diga que a lua é rosa-choque. Pode ocorrer que, se você mostrar imagens da lua prateada (poeticamente falando), amarelada ou mesmo vermelha (se não me equivoco, por causa de eclipse solar), a donzela sensível sinta-se ofendida em demasia, tenha um ataque de choro, fazendo um B.O contra sua pessoa, para que você, usuário da lógica, seja lançado dentro de uma cela suja e fria. Mas se tiver sorte, paga só uma multinha para a delicadinha de coração cristalizado.
  • anônimo  02/11/2022 01:09
    Analogia ruim. O indivíduo penetra o estado por mera liberalidade entre as partes. O estado quer recebê-lo em seu bojo, abre concurso, e assim se dá o curso, com ambos se querendo mutuamente. Já o estupro não. Não há consentimento. É violação da propriedade alheia.
  • Eduardo  05/03/2021 21:41
    Por que deveríamos deixar de *roubar velhinhas*? Se pelo menos aqui no Brasil, é onde se tem os melhores salários. Sad but true.

    Ética, a gente se vê por aqui.
  • Rafael  10/04/2021 02:03
    1) Se você deixar de assumir a posição, o roubo ao dinheiro alheio não cessará.
    2) Se você deixar de assumir a posição, alguém assumirá.
    3) Se você deixar de assumir a posição, esse outro alguém poderá ser de esquerda.
    4) Uma vez no cargo, existe uma chance de você zelar pela função. Eu prefiro acreditar em você que em alguém de esquerda.
    5) Não só isso, seu compromisso com a liberdade pode lhe render frutos. Talvez você denuncie descaminhos, corrupções, ou melhore a eficácia do sistema. Mesmo que seja iluminando os colegas de trabalho para que num futuro hipotético estejam mais pró-liberdade.

    Não vejo contradição, muito embora todos meus pontos sejam calcados em suposições.
  • Felipe  05/03/2021 22:29
    Rodrigo, por favor, peço que leia esse artigo (escrito pelo próprio Rothbard). O Hoppe também já foi funcionário estatal.
  • Andy Jow  06/03/2021 14:09
    Eu trabalho com serviços eletrotécnicos e minha empresa presta serviços para vários órgãos de governo. Tá sempre entrando em licitações.
    Tem alguma implicação moral nisso também?
  • Guilherme  06/03/2021 15:08
    Neste caso, as receitas da sua empresa estão advindo dos impostos pagos pelos desdentados. O estado contratou você (o fato de a licitação ter sido 100% limpa e honesta é secundário), e lhe pagou com o dinheiro que extorquiu dos desdentados.

    Não, não é culpa sua; não foi você quem desenhou este sistema. Mas estou apenas respondendo à sua pergunta.
  • Cawe Coy  01/11/2022 17:38
    Se a sua ideia de liberdade é a libertária, sim, estará a traindo ao se tornar servidor público. É hipocrisia e amoralismo no mínimo vc ter ideais de liberdade que pedem abolição do estado e vc fazer parte do Estado. A não ser que você ocupe um cargo que irá lutar para exatamente extingui-lo.

    Para isso, há pessoas que jogam sujo exercendo o próprio cargo sem zelo, para que o contribuinte não receba o serviço público adequado e assim perca a fé no serviço público. Assim o contribuinte pode não sentir falta quando o seu cargo for extinto (no caso o contribuinte que conseguir pagar um serviço privado substituto). É o famoso sucateamento que precede a privatização (extinção) do cargo público.

    A exemplo, temos em pleno processo de sucateamento o Ministério da Saúde com Pazuello que nem sabia o que era SUS e o Ministério do Meio Ambiente com Ricardo Salles passando a boiada sobre áreas de conservação ambiental permanente (engraçado que o Brasil possui só uns 25% de área de conservação e uns 75% de espaço para criar boi, mas eles querem mesmo é destruir o pouco que é conservado). No caso esses indivíduos não são concursados, foram colocados lá por decisão política do Bolsonaro com a clara intenção de sucateamento da saúde e meio ambiente públicos.
  • Botelho  06/03/2021 00:14
    Honestamente eu não gostei do artigo.
    Primeiro porque ele tem um ar meio religioso, oq eu já rechaça o apoio dos ateus, como eu.
    Segundo porque ele coloca mais minhoca na cabeça. Se eu aceitar o emprego de 100 mil por mês pra fazer o papel que o william bonner faz eu seria uma espécie de Paria ou só estaria tomando minha ação individual baseado no que é melhor pra mim, como prega toda visão libertária?
    Ou se quero ter uma vida tranquila, sem ficar debatendo nesse mundo doente de hoje eu to errado? Eu tenho que ser um mártir? Um herói? Me ferrar por uma causa que eu não vou me aproveitar no fim das contas, mas sim os caronas e os descendentes do mundo?
    Sei lá, o texto só me deixou mais confuso
  • Augusto  06/03/2021 00:51
    "Se eu aceitar o emprego de 100 mil por mês pra fazer o papel que o william bonner faz eu seria uma espécie de Paria ou só estaria tomando minha ação individual baseado no que é melhor pra mim, como prega toda visão libertária?"

    Isso não tem absolutamente nada a ver com o tema do artigo. Você simplesmente nada entendeu.

    "Ou se quero ter uma vida tranquila, sem ficar debatendo nesse mundo doente de hoje eu to errado? Eu tenho que ser um mártir? Um herói? Me ferrar por uma causa que eu não vou me aproveitar no fim das contas, mas sim os caronas e os descendentes do mundo?"

    Se você realmente enxerga tudo dessa maneira (o que é um total direito seu), então você é tudo, menos um conservador ou um libertário.

    Simples assim.

    Começou a entender?
  • Emerson Luis  25/03/2021 18:55

    "Honestamente eu não gostei do artigo. Primeiro porque ele tem um ar meio religioso, oq eu já rechaça o apoio dos ateus, como eu."

    Ironicamente, Rothbard era ateu (pelo que sei).

    Eu não me importo se um pensador é ateu, agnóstico, religião A ou religião B, desde que suas convicções particulares não interfiram decisivamente naquilo que afirma no assunto em questão.

    O que me importa é se o pensamento dele é válido, verídico e quais resultados produz.

    * * *

  • WMZ  06/03/2021 01:08
    Supermercado Bolsocaro

    twitter.com/andrepdt12/status/1367950363953860609

    Engraçado, desde agosto de 2020 que eu sabia, por aqui, que os preços de tudo iriam disparar por volta de out/2020-2021.

    Mais uma previsão correta da EA...E o establishment?

  • Vladimir  06/03/2021 02:50
    Na verdade, foi previsto aqui em fevereiro de 2020, quando absolutamente ninguém (nem imprensa e nem oposição) falavam sobre isso:

    mises.org.br/article/3223/aviso-ao-ciro-guedes-uma-moeda-desvalorizada-e-um-ataque-direto-ao-padrao-de-vida-da-populacao

    Aliás, para ser bem sincero, começou ainda em agosto de 2019:

    mises.org.br/article/3052/o-investimento-estrangeiro-so-vira-quando-a-moeda-for-estavel--historicamente-nao-e-o-nosso-caso
  • Felipe  06/03/2021 02:57
    Eu nunca vi essa gasolina a R$ 2,50 em 2018. Isso foi em qual lugar?

    Engraçado ver o sujeito reclamando de dólar... ué, a esquerda falava anos atrás, em pleno dilmismo, que não comemos dólar e que dólar caro é ruim só para quem vai para a Disney. No final das contas, é só politicagem mesmo. É só defesa de políticos, e não de ideias.

    A produção do vídeo até que ficou boa.

    Quem vai tentar se capitalizar em cima dessa carestia será o Ciro Gomes no ano que vem. Quem mandou colocar keynesianos na equipe econômica...
  • Vladimir  06/03/2021 03:00
    Aliás, a esquerda não tem do que reclamar. Ela passou toda a sua existência defendendo Selic zero, dólar caro e aumento das exportações. Exatamente tudo o que está sendo feito agora.

    Não tem como a esquerda criticar o atual arranjo sem cair em contradição.

    Como eu já disse em outro comentário, aquilo que o atual governo tem de mais criticável (a bizarra política monetária) é exatamente o que mais passa incólume para a oposição. E até mesmo para a mídia.

    A mídia até fez um alardezinho para a alta dos alimentos e dos combustíveis, mas absolutamente nada fala contra a Selic. Você não encontra um puto de um jornalista que seja contra a bizarra redução da Selic e contra a atual política monetária. Não me lembro de outro Banco Central que tenha sido tão protegido e incensado como este. Deve ser o charme do Campos Neto.

    Essa é a desgraça de se ter uma imprensa e uma oposição incompetentes. Em vez de criticarem o essencial (condução da moeda), perderam-se no trivial (Queiroz, lojas de chocolates, rachadinhas, cheques irrisórios pra Michelle, mansão comprada legalmente por um funça) e com isso se desmoralizaram por completo.

    Se tivessem batido na política monetária ultra-heterodoxa lá atrás, a situação hoje estaria melhor. (Creio que a imprensa quer o "bem do país", certo?).

    Nunca antes na história desse país a oposição e a mídia foram tão amadoras.
  • Bolsocaro  06/03/2021 07:07
    Fique em casa, economia a gente vê depois.
  • Fabrício  06/03/2021 13:32
    O depois já chegou. Só que todo mundo ainda continua em casa. Acho que não foi bem isso que os coronalovers previram.
  • Revoltado  08/09/2021 20:19
    Não só não previram como querem crucificar o presidente por causa da alta do dólar e da gasolina, mas continuam "coronalovers" detratando o tratamento precoce, exigindo ajoelhados pelo primeiro experimento de chamam de "vacina"... enquanto obviamente vivem suas vidas burguesas e alguns poucos inclusive pegando prainha, como um certo político, amado por uma legião de jegues boçais, que pôde ter para si e sua namorada uma praia exclusiva, enquanto seus vassalos com cérebro de azeitona aplaudiam pessoas comuns serem espancadas e retiradas à força por simplesmente caminharem sobre a areia, por causa de um vírus cuja procedência é quase vetada em ser comentada na mídia mainstream.
  • Nabucodonossor  10/03/2021 19:15
    Desde setembro de 2019 já havia informes sobre a explosão de preços...
  • Individualista  06/03/2021 02:33
    Pessoal, qual site vocês me indicam pra confirmar os dados sobre covid em SP e no Brasil? Estamos em uma segunda onda mesmo?
  • Otávio  06/03/2021 02:57
    Não há nenhum que seja confiável.

    Vou repetir o que já disse em outro lugar: ninguém morreu de gripe normal em 2020. E, pelo visto, nem de dengue. Por quê? Pergunte a qualquer médico ou enfermeiro que trabalha em hospital ou pronto-socorro: todos eles são obrigados a declarar "Covid-19" como causa mortis de qualquer pessoa que tenha morrido de qualquer outra doença.

    Motivo: planos de saúde e seguros de vida, por lei, são isentos de arcar com os custos de mortes causadas por uma pandemia, o que faz perfeito sentido econômico.

    www.conjur.com.br/2020-abr-01/direito-civil-atual-seguros-privados-cobrem-eventos-associados-pandemias

    E eu nem acho que eles estão errados. Ao contrário: não faz sentido eles serem obrigados a pagar por algo que não está no contrato e cuja veracidade ninguém comprova.

    Mas o ponto é: por causa dessa prática, esse número oficial de mortos divulgado está extremamente inflado. Pessoas que efetivamente morreram de Covid (e não com Covid) não chega nem às metade do divulgado. E estou sendo conservador na estimativa (tem médico que jura que o número real não chega a 20% do divulgado).

    Com essa notícia aí da dengue, você pode com 100% de certeza saber que todos os mortos de dengue foram contabilizados como mortos por Covid-19.

    P.S.: dizem que as UTIs dos hospitais públicos estão lotadas. Ué, e quando foi que não estiveram? Apenas veja este compilado de notícias e as datas. Bem curioso:

    twitter.com/b1ancap/status/1367445740604301318/photo/1
  • Felipe J.  07/03/2021 00:47
    Eu acrescentaria mais um fator: a falta de tratamento precoce para a doença (e não estou falando da HCQ, visto que existem outras drogas testadas e utilizadas a contento). O protocolo de muitos municípios tem sido primeiro testar, o que implica em aguardar 5 dias após o início dos sintomas para fazer o teste rápido ou o PCR, e, dando positivo, enviar para casa até agravamento (falta de ar). Neste ponto, a vaca foi pro brejo, porque o indivíduo precisa de entubação. Colegas meus que foram enviados para casa no atendimento do SUS foram atrás de atendimento particular e receberam receita de medicação (repito, não foi usada a HCQ, pra quem gosta de alegar que ela não funciona; reforço isso, porque existem tratamentos alternativos com outras drogas) para tratamento precoce e se recuperaram rapidamente. Não entendo até agora o porquê dessa negligência médica a nível nacional, que não é praticada nem com dengue, que também é considerada uma doença grave.
  • Jeferson Vasquez  07/03/2021 06:53
    ''Não entendo até agora o porquê dessa negligência médica a nível nacional, que não é praticada nem com dengue, que também é considerada uma doença grave.''

    Fácil responder, universidades cheias de esquerdistas ''humanistas'' fãs de Karl Marx, Che Guevara e afins, com raras exceções claro! Como Dr Anthony Wong, Dra Nise Yamaguchi e Dr Alessandro Loiola por exemplo! Esses são exceções! Acho que já viu a própria imprensa censurando esses 3 mencionados!
  • Revoltado  08/09/2021 17:27
    Censura direta deles, também não sei, colega!

    Porém, vi em rede social mesmo, socialistinha de iPhone, PSOL personificado, feministo a ponto de ter duas sequóias gigantes no lugar dos chifres caso tivesse namorada, anti-armas, tão defensor das mulheres faltando começar a hormonoterapia pra virar uma e mudar de sexo daqui há dez anos, aplaudir o vilipêndio realizado contra a Dra. Nise Yamaguchi nesse teatro de gosto duvidosíssimo chamado "CPI da Covid-19".
    Quando se trata de desqualificar adversários, as bandeiras politicamente-corretas são largadas ao chão para o apedrejamento!
  • anônimo  07/03/2021 04:11
    Sobre esse assunto, eu estou com uma suspeita:

    Indivíduos reagem a incentivos.
    Há grupos que desejam que a situação de caos permaneça, seja de forma aberta, velada ou até mesmo inconsciente.
    "Siga o dinheiro", diria Rothbard.
    Pois bem, lobbistas, professores, varejistas, funças, setor médico-hospitalar-farmacêutico, empresários do setor exportador, políticos, OMS, etc. Dentro destes grupos, é quase certo que haja algumas cabeças faturando como nunca.
    No meu estado por exemplo, no começo da pandemia, em março do ano passado, o governo criou uma espécie de força-tarefa que reúne profisionais de várias pastas para tomar as decisões técnicas no combate ao vírus. Também passou a dar uma gratificação financeira aos profissonais da chamada "linha de frente", como forma de reconhecimento e valorização pelo esforço e sobrecarga de trabalho. Sem surpresa, os médicos formam o grupo que ganha a maior destas gratificações. Os outros cargos ganham entre 2/3 e 1/3 da quantia dos médicos, varia.
    Ocorre que essa gratificação, criada por decreto, tinha um prazo de duração. Porém, como a crise não termina, ela vem sendo extendida por novos decretos. Não posso afirmar que exista correlação e causalidade, mas às vezes tenho a impressão de que sempre que o prazo para encerrar esse auxílio está próximo, eis que surge um novo evento ameaçador, o qual é catalisado pela imprensa alarmista (que também deve ter aumentado as suas receitas, haja vista todo mundo em casa voltando a assistir TV) e assim todos os grupos privilegiados passam a agir com furor, cada qual querendo mostrar "mais serviço", às vezes até se estranhando uns com os outros e se contradizendo, gerando um círculo vicioso, quase um moto-perpétuo.
    Como todos aqui devem saber, já tivemos: segunda onda, festas clandestinas, aglomerações, afrouxamento das restrições, eleições, festas de final de ano, jovens na madrugada que levam o vírus para casa, novas cepas (reino unido, amazonas). Agora falam em terceira onda... Some-se a isso tudo a birra política de quem não gosta do biroliro e a clássica ineficiência estatal para lidar com qualquer tipo de crise.
    No estado de vocês medidas semelhantes foram adotadas? Nos municípios?
  • sem nome  08/03/2021 12:01
    "Indivíduos reagem a incentivos" vou colocar essa frase em um quadro na parede. Eu estava estudando o funcionamento da Lightning Network do Bitcoin e comecei a pensar sobre a ação humana no processo. Por que as criptomoedas funcionam? cheguei nessas duas pedras fundamentais "indivíduos agem por interesse próprio" e "indivíduos reagem a incentivos". Chego aqui e vejo essa frase no topo do seu comentário. Só falta identificar o autor, se alguém souber agradeço.
  • anônimo  08/03/2021 14:50
    A frase eu não sei se é exatamente essa, mas a teoria acredito seja do economista Gary Becker.
  • Jeferson Vasquez  07/03/2021 06:55
    Se estressar com essa praga só vai diminuir a sua imunidade e facilitar a contaminação por essa coisa! Melhor desligar a TV e ler um livro, comer e beber coisas saudáveis, praticar boxe e etc..........
  • Nabucodonossor  10/03/2021 20:38
    Tenho este entendimento também... www.youtube.com/watch?v=Xn2utNCcRwY
  • Revoltado  08/09/2021 18:48
    Desligar a TV não bastará, Jefferson!

    Bom seria que adotassem junto às três refeições diárias doses cavalares do bom e velho Enxadex!

    Manter o televisor desligado somente não os retirará da bolha progressista em que estão inseridos.
  • Alexandre  06/03/2021 11:11
    "O êxito pode gerar coragem e proporcionar autoconfiança, mas a sabedoria advém somente das experiências de ajustamento dos resultados dos fracassos. Os homens que preferem as ilusões otimistas à realidade nunca se tornam sábios. Somente aqueles que enfrentam de frente os fatos, ajustando-os aos ideais, podem alcançar a sabedoria. A sabedoria inclui tanto os fatos, quanto o ideal e, por conseguinte, salva os seus devotos dos dois extremos estéreis da filosofia – o do homem cujo idealismo exclui os fatos, e o do materialista que é desprovido de abertura espiritual."
  • Cristian  06/03/2021 14:05
    Conservador? Essa parte não entendi mesmo.

    Até onde eu sei, conservadores defendem alguma forma de estado.

    Quanto ao conteúdo do artigo, concordo. Se "isolar" em uma ilha deserta além de não vencer o inimigo, não é definitivo dizer que estará a salvo dele, pois, vai que ele resolva invadir essa ilha? E aí como que faz? Foge pra outra?

    Se envolver na política, na esperança que vai destruir o inimigo por dentro é válido sim, porém é quase que um suicídio e o artigo explana muito bem isso.

    Acredito que nós libertários não podemos abandonar essa luta, no entanto, também temos que saber como lutar ela.

    Penso que se seguirmos os passos dos marxistas que foi de invadir as artes, a educação, a literatura, o cinema, o teatro e todos os setores de comunicação criamos uma enorme chance de vencer. Vale lembrar que aqui no Brasil por exemplo, o golpe de 64 não foi uma grande derrota para aqueles comunistas, muito pelo contrário, foi a maior vitória deles. Graças a esse episódio, posteriormente eles cometeram toda essa invasão e está ai o resultado.

    E cada vez mais o estado está se despindo perante a sociedade e mostrando realmente o que ele é. O Brasil talvez esteja na vanguarda disso? Penso que sim.

    Para nós libertários está fácil nesse início de século 21 espalharmos o movimento libertário, pois todo dia temos material novo para ser trabalhado e a tecnologia de comunicação está em um nível nunca visto antes, o que torna um facilitador no processo.

    Só um adendo, defender libertarianismo nas redes sociais (ao menos em 90% delas), em minha opinião, é o mesmo que tentar enxugar gelo. É incrível como o ser humano abusa de sua estupidez nessas plataformas e simplesmente se esquece que tem capacidade cognitiva. Penso que as redes sociais pode ser uma abertura ao ideal libertário, mas não o meio e o fim.

    Sites e fóruns como o Mises Brasil são excelentes ferramentas, pois aqui por exemplo, por não ter os malditos botões de curtir e compartilhar, quem vem aqui, vai ter que pensar antes de escrever, mesmo que seja um monte de baboseiras. Fato, é que vai ter que ser de autoria própria e não a porcaria de um meme ou algo que outro disse e com isso se considerar inteligente e humano.
  • Conservadores  07/03/2021 04:52
    Rothbard certamente se refere aos conservadores norte-americanos. Ainda que eles defendam o estado, eles preservam valores de liberdade e livre-mercado. E principalmente, tem uma tendência a serem anti-establishment.
    Rothbard se via como aliado dos conservadores no final de sua vida, para enfrentar marxistas, progressistas e social-democratas que são certamente a maior ameaça a liberdade e fortalecem o estatismo.
  • Phundação  07/03/2021 10:49
    A minha parcela de contribuição eu já dei, e de forma contundente e irrefutável, pedi exoneração do serviço público certo e estável, agora estou aqui no Mercado privado, desempregado e com o meu comércio fechado desde 2020 (e para sempre).

    Quem puder contribuir comigo, não peço doação e tampouco esmola, apenas peço que acesse e acompanhe a Phundação, que é o nome/marca por trás do meu projeto e adquira produtos da loja.

    Também escrevi um livro com mais de 625 páginas, que diga-se de passagem também consta nas minhas redes.

    Avante Brasil!

    Estou fazendo a minha parte.
  • Gredson  04/09/2021 21:35
    Parabéns pela iniciativa. Não é todo mundo que tem essa coragem.
    Você é dono do canal Phundação Economia Natural? Canal muito bom. Acompanhem o canal dele no Youtube, pessoal. Vale a pena.
  • Richard  07/03/2021 13:31
    A razão da desistência é simples, e vem de uma frase feita bem clichê: a paz é melhor do que estar certo.
    Largar essa 'luta' (sem chance de vitória, como todos sabemos) e buscar a pacífica vida no campo, ou a mera paz interior, é muito mais produtivo do que passar a vida lutando contra algo que não quer enxergar.
    Primeiro você percebe o erro, depois você tenta avisar, caso ninguém queira enxergar, basta abandonar e viver sua própria vida. Assim como todas as pragas (sociais ou não) da história, isso só se resolve com o tempo, depois de atingido o caos, sempre foi assim, então nossas ações irão no máximo atrasar, mas evitar jamais.
  • Jeferson Vasquez  08/03/2021 00:15
    Seus filhos irão herdar os frutos da sua tal desistência e serão malditos por isso!
  • Richard  08/03/2021 09:50
    Meus filhos passarão pelo mesmo que nós, e os filhos deles também... Mudará talvez um pouco a intensidade, mas a única verdade é que nossas ações são irrelevantes.
  • Jeferson Vasquez  08/03/2021 17:03
    Se os cristãos durante as cruzadas entre 500dc e 1500 pensassem como você, seria um muçulmano falando assalamaleko agora! Tá justificando omissão pra tirar o corpo fora! Covarde!
  • Richard  08/03/2021 20:20
    Vai lá então, vai discutir, vai protestar, depois volta e conta pra nós os resultados.
  • Jeferson Vasquez  09/03/2021 21:59
    Sua resposta já diz tudo!
  • Cabeça de toalha  06/09/2021 02:04
    O cristianismo como conhecemos hj esta falido e fracassou. O islamismo nao é grandes coisas mais tem algo de bom. Ainda luta um pouco pelo conservadorismo e nao muda seus conceitos por dinheiro e fieis ao contrario do cristianismo de hoje. Vai ver se o esquerdismo e o feminismo meche com eles?
  • Revoltado  08/09/2021 18:44
    O cristianismo como conhecemos hj esta falido e fracassou. O islamismo nao é grandes coisas mais tem algo de bom. Ainda luta um pouco pelo conservadorismo e nao muda seus conceitos por dinheiro e fieis ao contrario do cristianismo de hoje. Vai ver se o esquerdismo e o feminismo meche com eles?

    ====Cabeça de Toalha, o lado canhoto da força não mexe, pois dois motivos: os mais inteligentes deles sabem que o Islã não tem por hábito "dar a outra face", então sabem do perigo em fazer graça com estes. Os mais tapados, por crerem ingenuamente, que o Islã radical é potencial aliado para desconstruir o Ocidente. E pasme: entre estes últimos encontra-se mulheres e militantes do movimento LGBT+.

    Na verdade, esses beócios deveriam (os que têm alguma religião) fazer preces para que não tenham que dividir o mundo com fundamentalistas desejando criar um califado transnacional. Do contrário, chorarão até desidratar de saudades do homem branco cristão conservador hétero, que ajudaram a exterminar em nome da utopia de que o planeta seria uma imensa colônia hippie com drogas à vontade e sexo livre com quem/quantos quiserem no mesmo dia. Claro, aquele que poderia pegar em armas para defendê-los (uma porção dos idiotas são contra as armas, a propósito) não estará mais ali e lhes restará, com uma cimitarra na garganta, converter-se ou morrer ali mesmo.
  • Ronaldo Silva  07/03/2021 16:00
    Muito bom texto! Porém estamos olhando os acontecimentos em plano fechado, porque estamos usando entrol. Toda grande mudança humana decorre da mudança técnica. A técnica está alcançando o seu limitar com a 4ª Rev Industrial. O tipo de técnica que está sendo dissipada no mundo, alterou a tecnologia e a ciência, afetando profundamente as relações econômicas e sociais, desnudando a decadência da democracia, das ideologias e do Estado. A técnica, que está agora no topo do mundo, é por si só totalitária. Nós, conservadores e libertários, temos que ter consciência dessa nova realidade e deixarmos as belas e comodas cidades para vivermos em localidades menores, que sempre foram dominadas pelo poder estatal. O povo não conhece as nossas ideias. Não será pela internet que eles nós apoiarão. Eles são práticos e não teóricos, necessitam de conviver com alguém para assimilarem suas ideias. Não mudaremos as coisas sem colocarmos os pés nas estradas terrestres e aquáticas. Os cristãos destruíram Roma por meio de suas comunidades, que foram interpretadas erroneamente como comunidades isolacionistas. É preciso invadir o território que sustenta o poder do Estado.
  • Jeferson Vasquez  10/03/2021 17:52
    Igual quando os Cavaleiros do Zodiaco invadiram o inferno e trucidaram hades de uma vez por todas na ultima guerra santa! A ultima de todas as guerras!
  • Artista Estatizado  04/09/2021 18:44
    Esse texto descreve o MBL de uma forma impressionante. Isso supondo que algum dia eles já quiseram de fato a liberdade.
  • Revoltado  08/09/2021 17:29
    MBL apenas surfou sobre a popularidade do Bolsonaro! Simples!

    Estão entre os encabeçadores do ato contra ele no dia 12.

    É admirável que ele seja realizado num domingo, dado que canhotos em geral não são muito afeitos ao trabalho e por hábito costumam manifestar-se pacificamente quebrando lojas, agredindo pessoas, matando cinegrafistas e xingando qualquer pessoa sã com a tríade "racista, fascista, homofóbico", em dias úteis.
  • Felipe  08/09/2021 18:08
    Alguém viu esse vídeo do Raphaël? Eu realmente não entendi o motivo de ele querer ir aos protestos nesse dia 12. Ele fala que vai porque é contra o Bolsonaro mas... por quê? É contra ele em específico ou contra o estado? Olha, eu vou ser honesto: se fosse para dar "impeachment" no Guedes eu apoiaria, afinal ele acabou com a moeda e foi um dos responsáveis por essa nossa carestia de hoje.

    Eu acho absolutamente vergonhoso ver que, nesse tempo todo, os bolsonaristas é que acabaram protagonizando mais na defesa das liberdades e na postura anti-lockdown, enquanto muitos liberais (e libertários) não falaram nada. Eu já vi gente que se candidatou, se dizendo liberal, e falando que é a favor da vacinação obrigatória.
  • Revoltado  08/09/2021 20:29
    Alguém viu esse vídeo do Raphaël? Eu realmente não entendi o motivo de ele querer ir aos protestos nesse dia 12. Ele fala que vai porque é contra o Bolsonaro mas... por quê? É contra ele em específico ou contra o estado?

    ===Tiro no pé, da parte dele!
    Se era para manifestar-se publicamente/fisicamente, deveria ter ido na passeata correspondente às pautas conservadoras, em Curitiba!
    Muitos não entendem que nem pelo Bolsonaro era, mas sim pela liberdade, ameaçada pelos atos do Olimpo dos Onze!
  • capitalista chinês  09/09/2021 11:42
    Bolsonaro é um político fisiológico como outro qualquer. Na comunicação, faz uso da polêmica, discórdia e demagogia para gerar comoção. É o método Raiam Santos da política.

    Se Bolsonaro fosse realmente a favor da liberdade, teria atuado prontamente na polícia federal exonerando as chefias que deram execução às ordens manifestamente ilegais do tribunal superior. Não apenas isso, poderia ter aberto processos administrativos disciplinares para a demissão dos policias federais envolvidos no abuso de autoridade:

    "A Lei n. 8.112/90 (Estatuto dos Servidores Federais) prevê, no título que trata do regime disciplinar, mais especificamente no artigo 116, IV, que é dever do servidor cumprir as ordens superiores, salvo quando manifestamente ilegais."

    Tivesse adotado tais medidas, realmente seria razoável dizer que ele é um defensor da liberdade, pois passaria a mensagem que não somente está atento aos abusos das autoridades, como também as punes:

    "O processo administrativo disciplinar é um instrumento pelo qual a administração pública exerce seu poder-dever para apurar as infrações funcionais e aplicar penalidades aos seus agentes públicos e àqueles que possuem uma relação jurídica com a administração."

    Foram expedidas mais de 30 ordens , dentre as quais: prisão preventiva, quebra de sigilo, bloqueio financeiro,busca e apreensão e etc. Ou seja, Bolsonaro teve pelo menos 30 chances de atuar pela liberdade e moralidade, punindo exemplarmente os agentes públicos do Poder Executivo envolvidos, como: da polícia federal, receita federal e banco central.

    Bolsonaro já atuou de ofício na polícia federal mudando o diretor geral e o supervisor regional no Rio de Janeiro. Bolsonaro também já atuou na estrutura da receita federal e banco central mudando o controle e operação do centro de atividades financeiras (COAF). Bolsonaro também já demitiu e penalizou auditores fiscais. Segundo ele próprio, tais mudanças foram feitas para coibir os abusos desses órgãos contra a sua família ...

    Oras, porque, então, não fez o mesmo em assunto que envolveu até prisão?
  • E os pobres?  04/09/2021 21:29
    Como ficara os pobres do interior do ACRE se os correios for privatizado?

    Ele é mais barato e acessível e entrega em lugares que ninguém entrega, iae?
  • Estariam melhores  05/09/2021 00:42
    Esta thread de comentários foi feita exclusivamente para você:

    www.mises.org.br/article/2933/como-desestatizar-e-privatizar-os-correios-um-modelo-completo#ac222263
  • Décio Isleb  09/09/2021 14:23
    Da mesma forma que a Coca-Cola chega até a geladeira nos mercados do interior do Acre...
  • Geni  05/09/2021 00:37
    Imagino que o ilmo sr. Rothbard está nesse momento nas ruas, preparando uma insurreição e gastando todos os seus recursos e sua energia corpórea para evitar perder sua liberdade, certo?
    Ou ele só quer mesmo é manipular a massa para tomar ações e defenderem bandeiras que atendam aos seus interesses!

    Hipocrisia que chama?
  • Realista  05/09/2021 00:41
    Caso o veja nas ruas, tenha muito medo. Ele morreu em 1995.
  • Introvertido  05/09/2021 16:46
    Essa foi boa, o cara está demandando algo de alguém que já está morto hahaha.
  • Anônimo  05/09/2021 18:30
    A boa notícia é que nos movimentos políticos brasileiros, cada vez mais se percebe que libertarianismo e conservadorismo são necessários um para o outro.

    Muitos libertários seguiram o caminho do Lew Rockwell e constataram que a não-coerção é condição necessária, mas não suficiente, para uma sociedade virtuosa. Um movimento político não vai a lugar nenhum se ele se basear em slogans ridículos como "quero que casais gays defendam sua maconha com armas" ou sofismas nominalistas como "países são só linhas arbitrárias no solo". É necessário que se afirme a existência de virtudes, fundamentadas nos valores morais e na tradição. Como assinalou o Lew Rockwell, o relativismo moral transformou o Partido Libertário dos EUA em uma piada, com o pessoal promovendo candidaturas de strippers e de drogados só para lacrar.


    Por outro lado, os conservadores felizmente vêm abandonando a ilusão ingênua de que é um Estado centralizado o grande promotor da virtude em uma sociedade. A desilusão com os governos Trump e Bolsonaro (que ainda merecem apoio, diga-se de passagem, mas a título de voto defensivo) mostrou aos conservadores que a solução para os problemas da sociedade não vem da política. Como vaticinou o Olavo, eleger um presidente conservador em uma sociedade sem presença conservadora de peso no meio intelectual é suicídio. Conservadores são um corpo estranho para o Estado moderno, e serão rejeitados como tal. Ressalte-se que conservadores não são aqueles que defendem a "constituição" ou as "instituições", e sim os que defendem os perenes e imutáveis valores cristãos ("judaico-cristão" é uma contradição em termos).

    Em suma, libertários precisam dos valores conservadores, e conservadores precisam descartar os sofismas do Estado moderno para que os valores sejam defendidos organicamente pela sociedade.
  • mauricio  06/09/2021 09:16
    Conceito judaico-cristão,pois também seguimos os textos do antigo testamento naquilo que não foi revogado com a chegada da nova aliança do Cristo ressurreto.
  • Felipe  06/09/2021 17:09
    "Um movimento político não vai a lugar nenhum se ele se basear em slogans ridículos como 'quero que casais gays defendam sua maconha com armas' ou sofismas nominalistas como 'países são só linhas arbitrárias no solo'."

    Não tem problema usar slogans e esses por sinal não são um problema. Base teórica já existe, há inúmeros artigos e livros sobre a teoria libertária.

    E países são o quê? Tratado de Tordesilhas foi homestead? No Brasil houve sim propriedades legítimas e que inclusive foram conseguidas de modo honesto, mas um decreto assinado por monarcas não torna algo ético, afinal o estado se baseia em violência física. Você pode dizer de que há valores culturais e morais e estes, de fato, são legítimos. O fato de eu ter nascido em uma linha delimitada não me dá o direito de reivindicar toda essa linha como se fosse legítima e minha (e não existe propriedade coletiva). Se você fala que isso é legítimo, então a exigência de passaportes governamentais (e passaportes de vacina são a mesma porcaria dos passaportes, só que apenas os primeiros são criticados) também é algo ético, afinal basta um coletivo apoiar isso e tudo bem.

    Todo conservador deve ser libertário mas nem todo libertário deve ser conservador, afinal os valores morais são subjetivos (se você falar que são objetivos então as drogas - inclusive bebida alcoólica - devem ser proibidas por força governamental, afinal há pessoas que acham o consumo moral, ao passo que há pessoas que veem o consumo de drogas como algo imoral), ao passo que a ética é algo objetivo e atemporal.

    Do Partido Libertário conheço pouca coisa, mas eles até que são bons, aqui no Brasil que o negócio é medonho, com gente que se diz liberal e que apoia vacinação obrigatória (e no ano que vem vão pedir o seu voto).
  • Anônimo  07/09/2021 00:52
    O primeiro slogan é mau porque estampa na face do movimento político a defesa de dois comportamentos contrários à moralidade pública. Não é verdade que a moral seja subjetiva. Ela pode até ser relativa no tocante aos meios e às circunstâncias de um ato determinado, mas é perene em relação ao objeto e à finalidade. O uso de drogas e a prática de atos homossexuais são imorais em seu objeto, mas isso não quer dizer que devam ser reprimidos centralizadamente pelo Estado. Mentir para a mãe também é objetivamente imoral, mas não faz sentido que alguém seja preso por isso. Embora seja verdade que nem todo ato imoral deve constituir crime, é um descalabro colocar a imoralidade não-criminosa como a face do seu movimento político. Imagine o quão ridículo seria andar com uma camiseta estampada "quero que adúlteros tenham o direito de mentir para suas esposas".

    Até em relação à finalidade de um slogan esse discurso é contraproducente. A função de um slogan é eminentemente publicitária - é atrair pessoas para a sua causa. Se o grosso da população não tem a mínima afinidade com pautas "lacradoras", não faz sentido usá-las como slogan. Em publicidade a esquerda é muito boa, veja que até eles escondem os discursos mais "polêmicos" quando precisam se comunicar com as massas.


    Quanto aos países, vale a pena ressaltar que a palavra "país" não foi usada no sentido de "Estado-nação", e sim de "território vinculado a um grupo étnico-cultural". Nessa acepção da palavra, países existem independentemente de um Estado positivado (vide o País Basco ou o Curdistão). É verdade que a delimitação exata das fronteiras dos países sempre será arbitrária, mas isso não torna o conceito de país algo arbitrário - da mesma forma que a existência do cinza não invalida o branco e o preto. Se todos os Estados desaparecerem amanhã, nós continuaremos brasileiros e um japonês continuará japonês. Negar essa realidade leva ao cosmopolitismo que tende à tirania de um governo global (vide o experimento da União Europeia).



  • Ex-microempresario  07/09/2021 17:18
    Na minha opinião, conservadorismo e libertarianismo estão cada vez mais distantes um do outro, especialmente no Brasil.

    Salvo exceções pontuais, "conservadores" no Brasil são basicamente bolsonaristas fanáticos querendo que o papai estado controle suas vidas e imponha a todos os padrões de comportamento que eles acham certo. Basicamente, petistas com o sinal trocado.
  • Vladimir  08/09/2021 02:45
    Discordo. Quero dizer, pode até ser que venha a ser assim no futuro, mas hoje, os conservadores são muito mais confiáveis do que qualquer liberal no Brasil (nem falo de libertário, pois isso praticamente não existe no Brasil).

    No Brasil hoje, liberal tá ao lado do PT defendendo monopólio estatal da justiça e batendo palma pra juiz (funcionário público) que manda prender inocentes pelo "crime" de terem dado opinião. Pior ainda: liberal tá defendendo lockdown, #fiqueemcasa e o impeachment de um presidente que, até o momento, foi o primeiro desde a redemocratização que realmente não atentou contra nenhuma liberdade civil do indivíduo (ao contrário, aliás: foi o que mais defendeu sua liberdade individual).

    Entre um conservador e um liberal, hoje, o conservador é muito mais confiável. Pode ser que, no futuro, a coisa degringole. Mas o cenário atual é esse que eu descrevi.
  • Introvertido  08/09/2021 04:22
    " (nem falo de libertário, pois isso praticamente não existe no Brasil)."

    O quê você quer dizer com isso? Só porque não existe um partido Libertário, então necessariamente não existem libertarios brasileiros? Muito conservador de sua parte.

    "No Brasil hoje, liberal tá ao lado do PT defendendo monopólio estatal da justiça e batendo palma pra juiz (funcionário público) que manda prender inocentes pelo "crime" de terem dado opinião. Pior ainda: liberal tá defendendo lockdown, #fiqueemcasa"

    Não posso falar nada sobre isso, até porque eu nunca vi liberal defendendo tais paltas, o máximo que eu já vi fora alguns partidos políticos que se auto-declaram "liberais" mas que são na verdade progressistas. Mas se por meio disso você afirma que boa parte dos liberais defendem tais paltas, só posso dizer que você está pensando muito dentro da caixinha, e por meio disso generalizando, pois está olhando apenas para o cenário político.

    "e o impeachment de um presidente que, até o momento, foi o primeiro desde a redemocratização que realmente não atentou contra nenhuma liberdade civil do indivíduo (ao contrário, aliás: foi o que mais defendeu sua liberdade individual)."

    Sim, ele é a verdadeira definição de alguém que faz puro wishful thinking, está lá apenas para iludir e distrair os gados, e fazer manifestações sem parar para iludi-los. E daí que ele foi á favor da liberdade individual? Na prática ele não conseguiu fazer nada para implementar seus ideais. Em última análise, eu diria que ele é apenas mais uma marionete do Establishment, sem culhões para enfrentar os 11 togados que estão no comando, só fica nessa baderna política sem fim, que já ocorre desde que ele se elegeu. Claro que, se ele for fazer um golpe de Estado, já seria mais interessante, porém ele provavelmente levaria um contra-golpe, e a esquerda tomaria o poder, isso é, se ele não levasse impeachment antes.
  • Revoltado  08/09/2021 20:06
    Entre um conservador e um liberal, hoje, o conservador é muito mais confiável. Pode ser que, no futuro, a coisa degringole. Mas o cenário atual é esse que eu descrevi.

    ====Vladimir, percebi isto no cenário brasileiro há tempos!
    Os conservadores são os que, pesando seus defeitos, mais lutam pelas liberdades individuais. Lembrei-me agora do "voto auditável e impresso"; a idéia nasceu de conservadores, mas, por ter vindo deles, o Olimpo dos Onze tratou de descartá-la, sem nenhuma fundamentação lógica.
  • Revoltado  08/09/2021 17:33
    Concordo!

    Os libertários devem ser os mais politicamente-incorretos possíveis!

    PC (e não é partido comunista) é coisa de esquerdistinha que se ofende por qualquer besteira.

    Basta hoje, em rede social, postar que possui desgosto pelo que os 11 do Supremo vêm fazendo Brasil afora para ser chamado de "filhote da Ditadura". E isto vindo de gente que, quando chegou a este mundo, o país já era regido pelo governo civil.

    É chato ter de explicar o óbvio para certos contatos que temos, mas c'est la vie!
  • Constatação  05/09/2021 23:32
    Off-topic:

    Até há uns pares de anos atrás, eu ainda acreditava na necessidade do Estado para alguns aspectos que considerava primordiais.

    Hoje, acredito que a liberdade é consequência da responsabilidade pessoal.. E o Estado, via de regra, ensina o contrário da responsabilidade pessoal. Ou seja, ele combate a única coisa que devia promover e garantir. 10% do que ganho está indo para caridade voluntária e sequer me faz falta.

    Sou grato a este instituto, pela abertura da mente que me proporcionou.


  • Carlos Alberto Fr.  06/09/2021 21:18
    Eu que não vou morrer em nome de um bando de intelectuais de quaiquer lados, eles que deviam primeiramente e, exemplarmente, arregimentar soldados para lutar em nome da liberdade. "Eu não sou besta pra tirar onda de heroi".
  • Askeladden  07/09/2021 14:30
    Menos corrupção ou me deixem fazer parte disto.
  • Argentina esta certa?  07/09/2021 19:31
    Preço da carne CAIU na Argentina, qual o argumento de vocês? Vocês Erraram a previsão:

    www.poder360.com.br/internacional/presidente-da-argentina-comemora-queda-de-precos-da-carne/

    monitordomercado.com.br/noticias/21812-argentina-precos-da-carne-baixaram-desde

  • Gustavo  08/09/2021 02:38
    A recente queda do preço da carne é um fenômeno mundial, meu caro.

    Eis a cotação do Boi Gordo na B3:

    ibb.co/2Ky771Q


    E eis a cotação da carne de boi na Bolsa de Chicago:

    ibb.co/sP93nnD


    Aliás, no Brasil, em várias cidades a carne já caiu. Em Curitiba, por exemplo, a carne caiu 2% só no mês passado (mais do que na Argentina).

    biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/2376/ipca_15_2021_ago.pdf


    Mas você está fazendo o certo. Continue vindo aqui para curar sua ignorância.
  • Daniel  08/09/2021 20:09
  • Bruno  17/09/2021 14:54
    Um dos textos mais belos que já, de uma reflexão moral absurda! Lendo os comentários, dá a sensação de que muitos não o entenderam, ou melhor, assimilaram.
    O site do Mises mudou a minha visão de mundo. Ajudou-me a enxergar algumas coisas que antes eu não via. Grato por mais um excelente artigo, ao qual irei salvar em pdf, para reler de vez em quando.
    No atual cenário brasileiro, nós, os libertários, somos a "4a via", a "porta estreita". Porém, infelizmente, poucos vão conhecer essa estrada e saber ler os seus sinais. Estamos sozinhos, mas a verdade não morre por ser ignorada.
  • Felipe  31/10/2022 02:17
    Talvez esse texto mereça ser republicado após esse dia 30.
  • Richard  31/10/2022 09:56
    No BR essa luta não existe. Tem fã clube de bandido, nós é que estamos no lugar errado, uma tragédia sociológica para nós.
  • Revoltado  31/10/2022 16:47
    E é um fã-clube de nível internacional, meu caro!

    Há um PSOL ambulante que conheço, mora em um certo país europeu, que de ontem para cá tem postado várias referências à vtória do Cachaceiro com bastante alegria. Imagino que a noite de ontem dele, com o possível vagabundo com quem brinca de casinha, pode ter sido regada a vinho, uma jantinha saborosa e o restante da noitada regada a muito sexo homoafetivo. Se vacilar, tendando rir aqui, diria que houveram 13 rodadas...
    Ainda, pela manhã, lá estava o infeliz woke postando a imagem de seu computador aberto na página de um prestigiado jornal da Europa, comentando sobre a vitória sobre o candidato da "extrema-direita" (interessante que os mainstream nada sabem sobre a "extrema-esquerda"). As redações da Rede Globo, a propósito, estavam em polvorosa, como se o Brasil tivesse vencido a Copa do Catar. Tudo isto com a demagógica frase: "O amor venceu o ódio".
  • Richard  31/10/2022 17:40
    Tem gente do MBL comemorando, é isso mesmo! Ontem entrei na live do tal Kim, pra me certificar de que realmente eles estavam apoiando o PT sem assumir, e o chat todo comemorando, falando "chora gado" e etc.
    Em quem confiar nesse país? Eu mesmo já estou transferindo meus investimentos pra Avenue, não colocarei mais um centavo nesse chiqueiro.
  • Revoltado  01/11/2022 14:27
    Richard,

    MBL apenas tirou vantagem da onda Bolsonaro em 2018, assim como a Peppa Pig e o ator-pornô de 5a categoria!
    Quem é decente sai daquilo, semelhantemente aos laranjas do Partido Novo.

  • Kennedy  31/10/2022 10:42
    Galera, agora que a eleição passou, eu proponho que para que não sejamos governados por um ex-presidiário eleito em apenas uma das regiões do país, comecemos a juntar nossa força pra fazer volume em qualquer causa como impeachment (pode ter certeza que o Nine dará fundamentos para embasar um) ou separatismo (que no longo prazo seria o melhor, sem dúvidas).

    E também, reafirmo o que já disse duas vezes aqui: Se alguém aqui for empresário, não empregue eleitor do Candidato do PCC. Se alguém aqui trabalha em RH de alguma empresa, contribua para a não-contratação desse tipo de gente. Se alguém aqui sabe proteger o próprio patrimônio, não ensine e nem ajude esse tipo de gente. Deixe-os colher aquilo que plantaram.

    O nome disso é boicote, é totalmente legítimo e é uma das armas mais subestimadas do Liberalismo.
  • Richard  31/10/2022 17:51
    O separatismo é um sonho muito distante, quase utópico no Brasil. Passei anos falando sobre isso com as pessoas, mas mesmo liberais são contra, acham isso xenofóbico - ainda que você diga que não tem nada a ver com todos os nordestinos, e sim com esses parasitas do PT.
    Infelizmente é um sonho, jamais ocorrerá. E impeachment é improvável, afinal o Lula vai comprar aquele congresso inteiro, e ainda vai governar via decreto (STF não vai derrubar decreto algum). Estamos na lama.
  • anônimo  31/10/2022 12:15
    ontem eu tive um sonho de que o lula foi eleito, foi um pesadelo e acordei assustadasso.
  • Erick Fernandes  31/10/2022 13:58
    E agora a grande questão que fica: como nós vamos proteger do mal, pelo menos economicamente?

    Já sabemos:
    - Irresponsabilidade com o "dinheiro público"
    - Arrebentar teto de gastos
    - Pobre vai continuar pobre (talvez uma esmola nos primeiros momentos)
    - Expansão do estado

    Investir em BTC e dólar/fundo cambial ? E a SELIC vai acompanhar o rombo da inflação? Com um bandido comprovadamente maligno no poder, nao tem mais como confiar no Real (se e que tinha)
  • Richard  31/10/2022 17:41
    Eu tenho analisado algumas Stocks e REITs nos EUA. Já estou começando a mandar coisas pra lá, o BR morreu - ainda que financeiramente não morra, é um país moralmente morto e jamais serei cúmplice disso.
  • Anônimo   31/10/2022 15:06
    Esse artigo caiu como uma luva hoje, 31/10/2022.

    O povo escolheu lançar o próprio país no retrocesso e roubalheira novamente, voltando a um passado que não poderia se repetir mas aconteceu por que esse povo, sem instrução, se deixou levar pelo canto da sereia, acham que em janeiro tem alcatra a 25 reais o quilo, gasolina a 2,50 e cerveja aos litrões para se embriagar. Não é bem assim que vai acontecer e a tendência é exatamente o oposto, tudo vai é encarecer.
    Você, caro leitor instruído e que tem preparo, imigre para um país sério enquanto há tempo, pegue sua esposa e filhos e vá para a Suécia, Finlândia, Noruega, Suíça, Canadá, Austrália, Japão, Coréia do Sul, enfim, qualquer país que tenha um modelo socioeconômico ainda livre, honesto e que valoriza o esforço, trabalho com honestidade e honra nos contratos. Não perca mais tempo aqui.
  • Revoltado  31/10/2022 19:32
    Se não te importares com a agenda woke de Suécia e Canadá, muito que bem.
    Pois lá o Politicamente Correto impera! Experimenta apenas dizer que sexo gay não traz reprodução e vê a vida tornar-se um inferno em segundos.
  • Anônimo   01/11/2022 10:17
    Não citei os Estados Unidos porque não estou a par da situação atual de lá. No dia 8 de novembro tem as mid term elections, dependendo do resultado pode até ficar mais em conta ir pra lá do que para os outros países, mas eu creio que os democratas vão dar um jeito de alterar as eleições pra ganharem de novo.
  • Anônimo   09/11/2022 13:57
    E deu justamente o resultado que eu falei aqui: os democratas roubaram tudo de novo! Cada vez que conheço mais os Estados Unidos eu gosto ainda mais do CANADÁ, onde as eleições são fortemente fiscalizadas e mesarios não tem espaço pra aprontar pra cima de ninguém. O sistema eleitoral americano não vale o que um gato enterra !
  • Mamaco  09/11/2022 21:58
    Fraudaram nos mesmos estados: Arizona, Geórgia e Pensylvânia.
  • Revoltado  10/11/2022 14:29
    O Rothbard Brasil lançou um artigo a respeito, não pude lê-lo ainda, mas a quem desejar, fica a informação.
  • Nikus Janestus  10/11/2022 14:02
    Você saca que sendo fiscalizado ou não, não há qualquer alteração real do nível de confiança sobre as eleições, né? Em todos os Estados democráticos do mundo, os povos sempre suspeitam de alguma forma de seus sistemas eleitorais, e não é atoa: sempre haverá suspeita de corrupção contra individuos membros de uma organização que buscam o poder e controle, mas enquanto tais individuos se alinharem com a ideologia da indivíduo, não haverá muitas suspeitas.

    Claro, ter uma fiscalização é tecnicamente melhor que não ter qualquer fiscalização, mas é engraçado ver alguém denegrir um sistema eleitoral a favor de outro apenas porqhe suas linhas Ideológicas não se concretizaram em certa região...

    Em países ditadoriais que pagam de democráticos, por exemplo, sempre existem um alto grau de supostas "fiscalizações", mas ninguém realmente confia nas eleições desses países, fora os idolatras mais fiéis, porque será?...
  • Revoltado  10/11/2022 14:27
    Se o sistema estadunidense é ruim, pensar o quê dessas urnas venezuelanas? E com um padrão sempre similar: algo como 51 x 49 ou 52 x 48. Não é o que se contemplava nos atos de cada candidato. Bolsonaro atraía multidões, enquanto o Nine, meia-dúzia de gatos pingados oferecendo-lhes tubaína e mortadela!
  • Artista Estatizado  31/10/2022 18:24
    Uma coisa que não vi alguém comentar até agora é que, em função da política de manutenção da oferta monetária parada, que começou em janeiro de 2021, cujos efeitos apenas começamos a sentir, com as recentes deflações, podemos continuar tendo quedas de preços nos próximos meses.

    Isso vai cair como um presente dos céus para a esquerda, que apontará o nine fingers como o responsável pela benesse.

    Difícil imaginar um tiro no pé mais bem dado no liberalismo do que esse: Bolsonaro ficou responsável pelos aumentos e o nine pelas reduções, sendo que a última é consequência de algo que foi feito há quase 2 anos atrás. Não tem força no mundo que convença um ignorante que não é mérito do nine fingers.

    Parabéns a quem passou pano na política de "combater os rentistas", marretando os juros para baixo e desvalorizando o câmbio (não podemos permitir a "festa" de empregadas domésticas viajando para o exterior, não é Guedes?).

    Na boa, cadeia seria pouco para o que Paulo Guedes e Roberto Campos Neto fizeram.
  • Marcos  01/11/2022 02:08
    Sim, e inclusive o preço da arroba do boi está caindo há meses. Já esteve a R$ 350, e agora está em R$ 280.

    Adivinhe qual será a narrativa?
  • anônimo  01/11/2022 03:22
    "Parabéns a quem passou pano na política de "combater os rentistas", marretando os juros para baixo e desvalorizando o câmbio (não podemos permitir a "festa" de empregadas domésticas viajando para o exterior, não é Guedes?)."

    Isso. Sejamos francos: o governo do Bozo cometeu sim, vários deslizes que serviram de pólvora para a eleição do Molusco. Parte da inflação e estagnação da economia foi culpa das presepadas políticas da equipe dele, que só recuaram nas bobagens neste último ano, bem dizendo. Poderia ter sido mais empático na condução da pandemia evitando pouco caso com pessoas que padeceram com a moléstia. Política externa ficou devendo também, mas vá lá, com a maioria dos países sob a batuta da canhota, diplomacia não daria em muita coisa.
  • Anônimo   01/11/2022 14:19
    Bolsonaro deveria ter escolhido outro ministro da economia. Paulo Guedes é banqueiro e dos que não gostam de pobres.
    Bolsonaro deveria ter falado com Fernando Ulrich ou qualquer outro economista sensato ainda lá em 2017 durante a campanha. Se acomodou com o Guedes e hoje vemos o resultado.
  • Constatação  31/10/2022 18:40
    Não vejo alternativas além da desobediência civil.
  • FRC  31/10/2022 23:41
    Aqui no Brasil,se deixar te levam pro abismo e ainda te dão um ingresso. Se não tem pra onde correr, o negócio é lutar do jeito que dá. Agora meu amigo, só a força pra essa turma sair. Já tô me ajeitando. Só machadada. Agora é amolar as armas brancas pq é o que nos restou. Vamos ter fé.
  • Revoltado  01/11/2022 14:32
    Aqui no Brasil,se deixar te levam pro abismo e ainda te dão um ingresso

    =====Traçando um paralelo com a mitologia grega, digamos que Caronte, se brasileiro fosse, não exigiria o pagamento de uma moeda (dracma, creio) para levar o infeliz ao Hades de barco. Puxaria o desgraçado pelo braço e provavelmente sem cobrar um puto.
  • Pessimista  01/11/2022 05:51
    Bolsonaro tem culpa, seu indicado ao STF votou a favor do Lula (Nunes Marques), indicou Petista pra PGR e manteve um comportamento que só pensou em mudar no ano eleitoral. O tom agressivo tem data de validade, ele é popular em ocasiões mas como estratégia permanente ele não vinga. Deveria ter sido mais Tarcisio e Zema. Caiu na provocação de jornalista barato, passou 3 anos parando naquele cercadinho insistindo, jornalista ia lá já com a cilada pronta e ele caia, dando manchete e publicidade a vontade.

    O primeiro direitista, o primeiro conservador, o primeiro governo de suply-side politics, saiu desmoralizado, deixou um legado positivo e mesmo que tivesse ganho, o alto nível de eleitores do Lula confirma duas coisas: Bolsonaro não serve pra representar a direita e a memória do Brasileiro tem prazo de validade, pode sofrer e acontecer o que for, o socialismo esta no sangue. Tem um artigo do IMB que diz as quatro etapas do populismo economico que previu justamente a eleição do Lula.
  • Pobre Mineiro  02/11/2022 06:51
    Pra mim o resultado dessa eleição deixa muito nítido o caráter de metade da população brasileira.

    Descofie de gente que quer sinalizar virtude e vota num bandido como o Lula. (Tenho vários desses na minha família e sei do que estou falando)

    Me atrevo a dizer que metade da população brasileira:
    Não é trabalhadora,
    não é honesta,
    não é conservadora,
    não tem o menor sentimento de empatia para com os outros, embora tentem exibir isso,
    não é religiosa,
    não tem bons valores,
    etc...

    Metade dos brasileiros são:
    Falsos,
    hipócritas,
    materialistas,
    vagabundos,
    desonestos,
    comunistas,
    covardes,
    mentirosos,
    omissos,
    pervertidos moralmente,
    etc, etc e etc...

    Sim, existem dois Brasis dentro do Brasil.
  • Artista Estatizado  02/11/2022 13:26
    Só uma pequena correção numérica: lula teve 50% dos votos válidos e não 50% de apoio na população em geral. Foram muitos votos nulos e abstenções.

    Então dá por volta de 33% nesse grupo que você falou.
  • anônimo  02/11/2022 14:25
    "Descofie de gente que quer sinalizar virtude e vota num bandido como o Lula."

    Chegou a ser hilário a quantidade de elogios a que se arrogavam. "A vitória do bem", "O amor venceu", "O ódio acabou".
  • Revoltado  03/11/2022 14:55
    Pra mim o resultado dessa eleição deixa muito nítido o caráter de metade da população brasileira.

    Descofie de gente que quer sinalizar virtude e vota num bandido como o Lula. (Tenho vários desses na minha família e sei do que estou falando)

    =====Se descartarmos a fraude, sim, infelizmente tens razão e comprovo, em família e pessoas próximas; aliás, amam ostentar tais virtudes, como se desejassem instigar a inveja em Jesus Cristo.

    Me atrevo a dizer que metade da população brasileira:
    Não é trabalhadora,
    não é honesta,
    não é conservadora,
    não tem o menor sentimento de empatia para com os outros, embora tentem exibir isso,
    não é religiosa,
    não tem bons valores,
    etc...

    Metade dos brasileiros são:
    Falsos,
    hipócritas,
    materialistas,

    =======Aqui entram parentes meus e meu supervisor; vive preocupadíssimo com investimento e até já se aventurou em comprar criptomoedas, mas alegou votar no Ladrão de 9 Dedos por este "ter vindo do povo".

    vagabundos,

    ======Um conhecido, servidor público municipal, encaixa-se com muita folga. Quase foi exonerado de seu serviço por literalmente dormir dentro do almoxarifado, sendo que o mesmo nem efetivado ainda era, em horário relativamente reduzido, quando comparamos o expediente de um serviço privado. Chega a ser desgostoso imaginar que tal ganha mais que muita gente que conheço, no setor privado, trabalhando apenas para a manter uma rotina enfadonha.

    comunistas,

    =======São comunistas/socialistas enquanto não são atingidos no bolso. Citando outra vez meu supervisor, é um belo exemplar do "melhor do capitalismo para mim, socialismo para os demais e foda-se". Até sua namorada, e aqui é de pasmar-se, é (ao menos politicamente) mais inteligente que o mesmo, dando a entender que votou no Bolsonaro em ambos os turnos. Além deste, obviamente, temos os lacradores, que igualmente raciocinam e vários destes, se dirigiram às urnas fazendo de seus orifícios e órgãos na região púbica como critério para a escolha do candidato, renunciando à massa cinzenta que presumivelmente situa-se dentro de seus crânios.
  • Ronald "Ronnie" McCrea  01/11/2022 07:28
    videos e canais de protestos brasil afora desde 30/11/2022. espalhem se puder.

    t.me/thamigasparettooficial/7211

    t.me/thamigasparettooficial/7209

    t.me/thamigasparettooficial/7208

    t.me/thamigasparettooficial/7203

    t.me/thamigasparettooficial/7177

    t.me/thamigasparettooficial/7173

    t.me/thamigasparettooficial/7169

    t.me/thamigasparettooficial/7154?single

    t.me/thamigasparettooficial/7153?single

    t.me/draheleinealmeida/2890

    t.me/draheleinealmeida/2902

    t.me/draheleinealmeida/2905

    t.me/draheleinealmeida/2906

    t.me/draheleinealmeida/2907

    t.me/draheleinealmeida/2908

    t.me/draheleinealmeida/2909

    t.me/draheleinealmeida/2910

    t.me/draheleinealmeida/2911

    t.me/draheleinealmeida/2912

    t.me/draheleinealmeida/2913

    t.me/draheleinealmeida/2914
  • anônimo  02/11/2022 16:42
    Tenho dúvidas se é bom esse protesto todo, porque vai contra todo o pensamento liberal, liberdade de ir e vir e prejudica a economia. Sem contar que tinha que ter feito isso antes, não depois do resultado da eleição.
    Se quer protestar vai pra Brasília
  • Robson Santos  03/11/2022 13:40
    Eu não tenho dúvida alguma de que é contra a liberdade. Dos protestantes não tinha ninguém ali privado publicamente de exercer suas atividades para resolver de uma hora pra outra interferir nas atividades de outrem, se é que mesmo assim isso seria lícito.
    Um ato sem sentido. Não posso deixar de trabalhar, e ainda por cima impedir a atividade de outros, só porque meu candidato perdeu as eleições, isso é típico de esquerdalhas.

    Foi mais um teste dessa categoria desde 2016. Estão com auxílio garantido só para 1/4 deles. Ainda vão afundar o país...
    E quantas categorias mais vão aparecer bolsonaristas só agora??

    Então minha dúvida ali é se isso é um golpe deles orquestrado pela esquerda para barganhar com seu futuro governo sindicalista, ou se é um bando de alienados bolsonaristas dando um tiro no pé na futura candidatura do mito deles em 2026, a exemplo do que aconteceu com Trump no episódio do Capitólio.
    Neste último caso por isso a sanha da extrema-imprensa em forçá-lo a falar, para que o mesmo fale qualquer merda, daí militantes pro ou contra façam merda, e usem isso contra enterrando ele em CPI tentando torná-lo inelegível. Ao menos isso sempre esteve cristalino desde que começaram os bloqueios, a esquerda está babando e a extrema-imprensa a todo momento descaradamente, ainda sem motivos, quer comparar o episódio. Estão forçando a barra, na cara dura!
  • anônimo  01/11/2022 22:10
    Para quem ainda insiste dizer que o Nordeste foi o "culpado" por trazer o PT de volta:

    static.poder360.com.br/2022/10/resultado-variacao-lula-bolsonaro-2turno-01.png


    São Paulo, Rio e Minas é que devem explicações:

    www.poder360.com.br/eleicoes/sao-paulo-rio-e-minas-tiraram-reeleicao-de-bolsonaro/
  • realista  02/11/2022 13:18
    Bolsonaro venceu em todas as regiões exceto no nordeste.

    www1.folha.uol.com.br/poder/2022/10/lula-venceu-no-nordeste-bolsonaro-nas-demais-regioes.shtml
  • Mamaco  02/11/2022 15:15
    Essa eleição foi completamente fraudada. As pesquisas internas de ambas coligações davam 20 pontos pro Tarcísio na frente em São Paulo. Por isso Bolsonaro cagou e andou pra SP na reta final. Não se perde metade da vantagem em um estado historicamente anti-petista em 2 semanas.

    Bolsonaro estava na frente por mais de 5 pontos em Minas e empatou. Bolsonaro estava mais de 20 pontos na frente no Rio e só conseguiu 14 pontos (Cláudio Castro foi reeleito no 1º turno com 59%, o dobro de votos do candidato do Lula). Na Bahia, Bolsonaro estava confiante por estar entre 31 e 35% nas internas, ficou com 28% (mesmo o anti-petista ACM Neto ter tido 48,5% dos votos).

    Todo o processo eleitoral foi fraudulento. Desde quando soltaram o Ladrão e começaram a censurar centenas de páginas na pandemia, chegando finalmente às maquininhas sagradas.
  • realista  03/11/2022 12:59
    Por incrivel que pareça penso que as urnas eletronicas sao seguras e o povo realmente elegeu o ex-presidiario.
    E pq acredito que as urnas sao seguras?

    1 - O congresso esta mais a direita. Se as urnas sao fraudadas por qual motivo deixaram o congresso dessa forma?
    2 - Houve segundo turno. Se as urnas sao fraudadas pq nao resolveram logo no primeiro turno?
    3 - Pq bolsonaro foi eleito? Se as urnas sao fraudadas pq nao elegeram o haddad em 2018?
    4 - Pq se dar ao trabalho de censurar imprensa e afins se tudo poderia ser resolvido com algumas linhas de codigo?

    É triste mas grande parte do povo, especialmente o nordestino, realmente quis eleger o larapio.
  • Revoltado  03/11/2022 19:25
    O que me faz ter uma ou duas pulgas atrás da orelha quanto a isto tem nome composto: Minas Gerais.

    Como o estado em tela elege um dos governadores mais apoiadores do Bolsonaro (o Zema), porém dá vitória simultaneamente ao Lula? Além disto, Minas Gerais é como a Flórida, nos EUA; é unidade federativa com muito poder decisório em pleitos.

    Que milhares têm caráter duvidoso e/ou são cegos ideológicos sabemos! Porém é difícil acreditar que, ao menos na questão do estado de capital BH não tenha havido manipulação e a indignação, para mim, procede.
  • Mineiro legítimo   04/11/2022 03:49
    Para nós em Minas Gerais tanto faz se Zema apoia Bolsonaro ou não. Sinceramente nunca ouvi nenhum de nós conversando sobre isso.
  • Robson Santos  04/11/2022 14:15
    A questão não é isso de apoiar Bolsonaro não.
    Acho o que mais o Revoltado quis dizer é um estado apoiar um candidato com ideias liberais, que já governa o estado, e ao mesmo apoiar outro candidato bem oposto a governar o país, que inclusive irá dificultar e se opor ao próprio governador que eles reelegeram, isso não faz sentido!! Os mineiros sabem, como qualquer
    outro brasileiro, que um é declaradamente socialista e simpatizante do comunismo e governos autoritários recém destruídos por essa ideologia, e o outro é da linha combatente a isso!
    Será que tem como dizer que seria apenas mais um caso de alguém (no caso a maioria de um estado inteiro) que sabe o que a esquerda é e fez e mesmo assim ignora por ideologia, sendo isso o PT também estaria eleito em Minas Gerais; teria como dizer que votaram no Lula por oposição a Bolsonaro, sendo isto o PT também estaria eleito em Minas Gerais já que o governador reeleito apoiou explicitamente Bolsonaro.
    Teria como dizer que Zema foi reeleito porque o consideraram ter feito um bom governo e elegeram Lula por que consideraram ruim o governo Bolsonaro. Fizeram isso conscientemente de que um, mais poderoso, irá sabotar o outro?

    As possibilidades são muitas.

    Eu acredito que o mineiro, por simples ignorância política, apenas votou no que acredita estar vendo e transmitido. A imensa maioria de nós não faz muito tempo pensávamos assim também quando a Internet e o zap ainda estavam se massificando. Sempre haverá pessoas assim, faz parte...
    Eles acreditam que só Lula, dane-se o PT e Dilma, fez um bom governo, por suas memórias afetivas de um tempo diferente, e a propaganda petista sempre faz sua parte. Assim como veem Zema atualmente.
    É a beleza da ignorância, ops, democracia...
  • Refugiado do esquerdismo  06/11/2022 15:57
    Na verdade a eleiçao do governador zema mostra muito do carater mineiro pois o governador so influi no estado e alem disso tudo nao se sabe a proposta de outros governadores. Quem sabe os outros nao sao tao ruim que os mineiros se obrigaram a eleger zema? Ate porque minas ja teve ha varios anos governos que so aumentaram consideravelmente a miseria e a fuga de mineiros do estado. Mais vc conversando com um mineiro é muito facil ver eles defendendo claramente e abertamente o socialismo e a raiva que eles tem de quem é rico especialmente bo Brasil. Moro no exterior ha mais de 3 anos e foi raro ver o pessoal de Minas para cima defendendo pautas de direita mais vc ve em grandes numeros esse pessoal defendendo e se declarando socialismo e ja vi varios defendendo expropriaçao de propriedade privada dos outros. É um povo ruim.
  • Refugiado do esquerdismo  06/11/2022 16:06
    Revoltado. Eu adoraria estar pregando que houve fraude,mais,infelizmente conversando com o povo o resultado das eleiçoes nao fogem muito disso. Eles mentem muito,ja vi mineiro se declarando de direita e defendendo socialismo,que o medico tem que ganhar salario igual de faxineiro,o governo tem que dar tudo de graça sem eles pagarem impostos(eles,os outros que se lasquem) . Voce nao sabe o que é lidar com esse povo,vc nao tem ideia. Uma semana antes das eleiçoes conversei com uns mineiros e todos declararam voto no lula falando que o lula foi um otimo presidente,deu dinheiro ao pobre,fez grandes obras no nordeste e que bolsonaro foi um facista,nao quis liberar vacina,é contra nordestinos e etc.
  • Revoltado  07/11/2022 17:28
    Revoltado. Eu adoraria estar pregando que houve fraude,mais,infelizmente conversando com o povo o resultado das eleiçoes nao fogem muito disso. Eles mentem muito,ja vi mineiro se declarando de direita e defendendo socialismo,que o medico tem que ganhar salario igual de faxineiro,o governo tem que dar tudo de graça sem eles pagarem impostos(eles,os outros que se lasquem) . Voce nao sabe o que é lidar com esse povo,vc nao tem ideia. Uma semana antes das eleiçoes conversei com uns mineiros e todos declararam voto no lula falando que o lula foi um otimo presidente,deu dinheiro ao pobre,fez grandes obras no nordeste e que bolsonaro foi um facista,nao quis liberar vacina,é contra nordestinos e etc.

    ====Lamento profundamente que Minas Gerais seja como descreveste, amigo. Não posso julgar o estado "in-loco", por jamais aí ter pisado, mas se o dizes, sendo mineiro, para mim vale tua informação. Ao menos aqui no Sul, a maioria é bolsonarista, embora haja um número maior de wokes do que se supõe. Posso garantir que uma imensa parte dos sulistas estão iradíssimos com a tragédia de domingo retrasado. Só quero ver como será a virada de ano, com a passagem da faixa presidencial ao Nine. Ao menos aqui a indignação será explícita.
  • Mamaco  03/11/2022 21:58
    Não se frauda uma eleição por inteiro, se frauda para certos candidatos.

    Maduro ganhou 3 eleições 100% fraudulentas, mas a oposição tomou e continuou com o controle das casas (o que foi inútil).

    Alguém realmente acredita que Renan Calheiros e Fernando Collor foram eleitos?

    Por isso o Centrão foi contra o voto impresso, porque eles SABEM que seus prefeitos e vereadores são eleitos via fraude.
  • Revoltado  03/11/2022 14:41
    Todo o processo eleitoral foi fraudulento. Desde quando soltaram o Ladrão e começaram a censurar centenas de páginas na pandemia, chegando finalmente às maquininhas sagradas.

    =====Lamentavelmente, não soltariam o Cachaceiro, sem a menor possibilidade de remanejá-lo ao Executivo. Todo o processo de censura das últimas semanas apenas agilizou a tramóia, somado à cegueira ideológica dos wokes, que desdenharam o quanto puderam de cada cerceamento à liberdade.

    Adoro comparar o que houve domingo com o inicio de uma tsunami: a eleição dominical foi o terremoto no leito do oceano; a maré começa a recuar mais lentamente a partir de então; o 1 de janeiro será o aumento da velocidade em que a maré se afasta, deixando uma faixa arenosa maior; e seis meses após (junho/julho de 2023), estaremos ouvindo o barulho da gigantesca onda de 130m aproximando-se, isto se não for a própria, varrendo com tudo e todos, arrastando para o leito do mar o que conseguir com sua força.

    Em suma, a destruição vai pegar os progressistas, apenas demorará um pouco mais.
  • Apren-diz  03/11/2022 16:53
    "Sendo assim, sempre foi um mistério para mim por que as pessoas que enxergaram e identificaram estes males – e, consequentemente, foram convocadas a combatê-lo – abandonam esta luta, aos poucos ou de uma vez. Como pode alguém enxergar a verdade, entender seu premente dever, e, então, simplesmente desistir e até mesmo ir além e trair a causa e seus companheiros de luta? "

    Porque a ideia de viver por uma causa e morrer por ela, como se lutassemos por um reino aqui, somente aqui, já tem um dono. O reacionarismo é algo quede eria está em prátics constante, já que a contância de ataque está ativa. Mas isso não ocorre porque conservadores/libertários, deseja realmente "uma vida tranquila, que só quer se sentar à frente da TV e não quer ouvir falar de nenhum problema" -um dos sentido REAIS da vida. Porém é preciso REALMENTE, que alguém o acorde, já que este é contra o afastamento da realidade, e a realidade é que o que ele pensa, sonha e almeja está sendo corroído e recodificado. Mesmo que se perceba a derrota iminente já escrita, proferida Gramnscistamente, ficar s"entado no trono de um apartamento com a boca escancarada, cheio de dentes, esperando a morte chegar", parece ser a batalha que mais se trava por um conservador hoje em dia. Medo? Derrota declarada? Descrença no DEUS VIVO? 58 MILHÕES PESSOAS DISSERAM "NÃO" AS IDEOLOGIAS, MAS DISSERAM "SIM" AO REACIONARISMO?

    É inevitável aos olhos dos homens a implantação do governo único das Américas. Aos que crêem: era inevitável a morte de Sadrack, Mesack e Abdinego na fornalha ardente.

    Um ponto de vista sobre o adiamento do inevitável e o abreviamento do por vir que a Bíblia nos trás:

    Teríamos adiado tal ditadura vermelha por bons anos aqui na América, se muitos não tivessem abandonado a "causa" reacionário, porém transformando-nos em militantes iguais ao que repudiamos. Logo, o encurtamento de todos esse processo deturpante, que as vezes nos impõe ou tenta nos impor uma postura vil, imoral afim de igualar , de balancear o jogo injusto praticado, em nome da manutenção da"causa", da qual, não existiria diferença entre esta ou aquela, que seríamos só maus dos mesmos, é o que nos resta,l. O abteviamento desses dias, ainda quexnão consigamos ficar somente de frebte a uma TV, mas nunca perder a permanencia da essência conservadora, alicerçada na fé do por vir. MARANATHA, ORA VÉM.

    Desculpem-me, minha ousadia frente a tamanhos pensadores aqui. Não tenho pretenção de alguma disputa ou distonância de ideias, só expondo a minha. SE ALGUÉM TIVER UMA OUTRA SOLUÇÃO DO INEVITÁVEL, por favor....
  • Apren-diz  03/11/2022 17:09
    2 Timóteo 4:1 Na presença de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos por sua manifestação e por seu Reino, eu o exorto solenemente: 2 Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina. 3 Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios desejos juntarão mestres para si mesmos. 4 Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos. 5 Você, porém, seja sóbrio em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério. 7 Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé.


    Irmãos a situação política é complicada e ficará cada vez pior. Não sejamos inocentes quanto ao que esta acontecendo. Esse tempo está previsto. Marata, ora vem Senhor Jesus!! Ele virá quando estiver pior do que o tempo atual, então façamos como o texto acima, sejamos sóbrios. Não adianta querer ver o reino de Deus se expandir sem grande tribulação e perseguição. O joio já praticamente está se revelando entre o trigo. Na grande colheta do Senhor serão lançados fora os impuros. E a grande apostasia? O que é senão o que já está acontecendo? Tudo está se cumprindo. Tenhamos paz ! Se o cristão tem repulsa das coisas desse tempo é porque não se amoldou às coisas desse mundo e mantém aceso o Espírito de Deus. O céu nos espera.

    Apocalipse 19:11 Vi o céu aberto e diante de mim um cavalo branco, cujo cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro. Ele julga e guerreia com justiça. 12 Seus olhos são como chamas de fogo, e em sua cabeça há muitas coroas e um nome que só ele conhece, e ninguém mais. 13 Está vestido com um manto tingido de sangue, e o seu nome é Palavra de Deus. 14 Os exércitos do céu o seguiam, vestidos de linho fino, branco e puro, e montados em cavalos brancos. 15 De sua boca sai uma espada afiada, com a qual ferirá as nações. "Ele as governará com cetro de ferro". Ele pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus todo-poderoso. 16 Em seu manto e em sua coxa está escrito este nome: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES.
  • Pessimista  04/11/2022 04:49
    Viralisou esse post, esta tudo certo nele? Brasil bem mais pobre o resto, inclusive nos ganhos de 2019 para ka.

    www.instagram.com/p/CkUu22ctNgq/
  • Leitor Atento  04/11/2022 13:00
  • Brasileiro frustrado  05/11/2022 05:39
    gostaria que fosse corrigido por algum especialista aqui complementando o colega la
  • Brasileiro frustrado   04/11/2022 06:00
    Pessoal, qual a opinião de vocês sobre a estratégia que devemos adotar:

    1 - Não deixar o Lula governar, qualquer medida ou proposta, sair as ruas e gritar para pressionar o congresso a não aprovar, fazer protesto ate mesmo por indicação de ministério e etc

    2 - Ficar em casa e deixar o parco afundar, quando der problema sair na rua igual foi com a Dilma, deu crise ou algum escandalozinho, sair na rua por IMPEACHMENT

    3- Sair na rua em prol de bandeiras de Direita como Privatização, Armamento e etc. Porém se isso é feito vai beneficiar Lula.

    Eai qual a estratégia? Eu acho que ele não sai mais, pelo simples motivo de que pegou a casa arrumada igual em 2003 e agora ta pisando em ovos, o congresso mais a direita e o povo rejeitando ele no nível atual, ele não vai ser louco de dar uma de Lula louco.
  • Bruno Souza   04/11/2022 13:06
    1 e 3. O 2 afeta pessoas trabalhadoras, pais de família que nada têm a ver com a eleição de um criminoso comparsa do PCC e do CV.
  • Cláudio   04/11/2022 13:14
    Qualquer um que esteja acompanhado as movimentações de bastidores já percebeu que Lula não governa e nem será presidente. Simplesmente não há clima e nem voto para isso.

    Estão discutindo se a saída será à la Dilma ou à la Tancredo.

    Alckmin, que já está no comando da cena, é quem será o próximo presidente. Com todo o apoio da mídia e das elites globalistas. Vocês acham que o chuchu destruiu sua biografia e se auto-humilhou daquela forma vexaminosa a troco de nada? Já estava tudo acertado.

    Aliás, Por que vocês acham que, mesmo em meio a toda essa bagunça, a bolsa está subindo e o dólar está desabando, mesmo com o PT prometendo destruir o Teto de Gastos e aparelhar as estatais?

    Só sei que irei rir demais da turma do "faz o L".
  • Victor   04/11/2022 13:24
    Faz sentido. Lembrando que xandin só é quem ele é hoje graças ao Alckmin. Foi o chuchu quem praticamente bancou toda a carreira de xandin, tirando-o do anonimato para a proeminência nacional.

    Xandin deve zero favores ao Barba. Deve zero lealdade a ele.

    O acordo sempre foi: tira o Barba da cadeia, coloca de vice o chuchu (que jamais ganharia uma eleição nacional), utiliza a popularidade do Barba para elegê-lo nacionalmente, tira o Barba e entrega para o chuchu (que tem tradição de ascender da vice para a liderança).
  • Artista Estatizado  04/11/2022 14:48
    Vem sendo a minha tese desde que o Alckmin foi anunciado como vice. O nine ganha a liberdade e o direito de usufruir tranquilo do dinheiro que roubou.
  • anônimo  05/11/2022 00:43
    Será que esse vídeo faz algum sentido ?

    www.youtube.com/watch?v=M-_fkSeJ1S8

  • Robson Santos  04/11/2022 13:22
    Também estou pessimista, a previsão é de que ano que vem o cenário global piora e o bostil sempre vai junto cedo ou tarde devido nossa vocação de auto sabotagem. A esquerda mais uma vez se arma para colher os louros dos outros e defenestrar os erros em cima dos outros.
    Estou pessimista principalmente pelo fato de que mais jovens doutrinados por essa gente serão eleitores, é o exército do Freixo, do Boulos, inclusive cantado por este último em sua derrota nas eleições municipais, é a única coisa que dou razão aquele terrorista...
  • Guilherme F  04/11/2022 14:08
    Ola Leandro,

    E sobre essa queda grande do dolar recentemente? Estou certo em dizer que tudo isso é graças do Chuchu? A sua possivel moderação (e até mesmo comando) da área economica do novo governo, que novamente vai ser "mais moderado" do que o socialista vermelho (como a carta escrita de sinalizacao ao mercado em 2002) e um possível nome mais tecnico pra Fazenda (Meirelles) estao ajudando a criar uma confiança no governo de que nao vai ser um ataque vermelho na economia? Pelo visto até mais moeda estrangeira está entrando no BR agora (pela queda do dolar). Falta algo?

    Obrigado
  • Trader  04/11/2022 22:44
    Sim.
  • Kennedy  04/11/2022 15:48
    Belo e moral:

    i.imgur.com/EjzstJb.jpg

    Só me incomoda ainda ter tanta empresa contratando eleitor do candidato do PCC.
  • Felipe  05/11/2022 16:50
    A pessoa que tem uma pequena empresa e vota em quem vai acabar com a economia não tem coerência.

    Ué, os Sleeping Giants promovem isso (boicote social), por que o pessoal não-esquerdista não pode também?
  • Barbara  08/11/2022 12:35
    Porque muitos empreendedores tem sim cabeça de socialista, ué?

    Acha mesmo que muitos empregos são dados por conta da qualificação que a pessoa possui? Fosse assim, não empregariam gente que assina apenas o nome a pau e corda, ex-presidiário ou mulher que enche a casa de rebentos pra viver de esmola de governo nesses empregos como caixa de supermercado, faxineiro e tantos outros do tipo.

    O empreendedor tupiniquim cismou que suas empresas tem que agir como ONG, isto é, empregar pessoa porque tem dívida impagável, porque a mãe tá doente, porque tem 20 mil filhos pra sustentar, porque mora num barraco, etc. Julgam que essa mão de obra é "barata", sendo que é justamente as rescisões e processos movidos por esse tipo de gente um dos principais fatores responsáveis por levar empresas pro buraco, pois os filhotes de jumento não percebem que pagar um salário de marajá, adiantamentos+encargos pra uma camarilha de asnos de puxar carroça sob essa filosofia idiota de "emprego rotativo pra quem precisa" é muito mais caro que pagar esse dinheiro para uma única pessoa qualificada que possa ficar no mínimo uns 3 anos ali aprendendo, se especializando e subindo na hierarquia cada vez mais. Ah, mas pra que contratar um solteirão qualificado que quer apenas viver com algum conforto e dignidade se eu posso contratar uma tilanga que engravidou cedo que tem trocentos catarrentos pra cuidar?

    A dica que dou é: Se quer preservar sua moralidade e não ir para o serviço público, a única opção realmente viável aqui no Império Corno-Banárnio é criar seu próprio negócio e NÃO CONTRATAR funcionário, faça tudo você mesmo ou no máximo conte com ajuda de esposa, filho, pai, mãe e derivados. Eu fui uma que cansei de ficar me humilhando pra vaga de garçonete, vendedora de loja, caixa de supermercado e ser trocada por gente sem instrução nenhuma, mesmo tendo um bom currículo porque não adianta, esses jumentos com mentalidade de que empresa deve ser ONG pra desdentado não vão deixar de pegar o assaltante que saiu da cadeia pra essas vagas, pra poder me contratar. Fiz eu mesma um negócio que no máximo, só meu marido e meu pai me ajudam e vivo com relativo conforto e adivinha? Passo menos estresse que ficar mendigando emprego pra "empreendedor" com mentalidade de "estado de bem estar social europeu" e ademais keynesianos.
  • Revoltado  08/11/2022 18:32
    Ah, mas pra que contratar um solteirão qualificado que quer apenas viver com algum conforto e dignidade se eu posso contratar uma tilanga que engravidou cedo que tem trocentos catarrentos pra cuidar?

    =====Fora que a mesma "tilanga" guerreira (pois ser mãe solteira no Brasil é indicativo de bravura) teve a sorte de cruzar com um empresário dementalidade totalmente "mangina" e a mesma, astutamente, compareceu à entrevista vestida como secretária de filmes adultos e mostrou suas especialidades orais e manuais, em muitos desses casos, literalmente em um sofá com capacidade para três pessoas. Quem mais se prejudica? O solteiro mais bem qualificado...
  • Pobre Mineiro  09/11/2022 02:02
    ...muitos empreendedores tem sim cabeça de socialista

    Na minha família tem empreendedores lulistas ultra radicais.
    Eles votam no Lula só porque durante o primeiro governo do Lula os pobres consumiam muito os seus produtos; a empresa deles cresceu muito naquela época, eles viram dinheiro entrando igual nunca imaginaram...

    Da Dilma em diante só amargaram prejuízos, demissões, processos e retrações.

    Estão sonhando com a volta daqueles tempos áureos para a partir de 2023...

    Obs: são pessoas que adoram sinalizar virtude mas como eu os conheço muito bem, sei que são pessoas ultra egoístas e materialistas; do tipo que pensam lá no íntimo: "se eu estou bem, o resto do país que se foda, cada um que defenda os seus interesses..."
  • Kennedy  09/11/2022 14:16
    Os comentários recentes da Barbara trouxeram alguns insights que acredito que de fato representem a mentalidade de uma parcela considerável da população.

    Esses problemas que ela citou vem de uma cultura que se retroalimenta: os políticos vem de uma população com essa mentalidade, e mesmo com consciência da responsabilidade que eles carregam, eles não a abandonam (e é responsabilidade deles, pois não tem obrigação de ser assim). E a população não é muito diferente, já vi pessoas inclusive justificando alguma má conduta delas próprias usando os políticos como exemplo (como uma forma forma de "inspiração" ou revanchismo cego, por falta de uma palavra melhor).

    Já é fato conhecido entre os leitores desse site as distorções e prejuízos econômicos que um estado inchado e corporativista causam, mas no momento não me recordo se existe algum artigo daqui que toque diretamente nos prejuízos de caráter ou morais que um estado assim gera. E não me refiro nem à cultura woke, e sim em aspectos até mais básicos do indvíduo..

    A responsabilidade tem seu valor subestimado e ela é a fundação de qualquer civilização minimamente desenvolvida. Se um ser humano que comete um erro não é responsabilizado, cobrado ou boicotado por isso, que incentivos existem nessa sociedade para que os cidadãos respeitem contratos, corrijam seus erros e melhorem como pessoa (nem que seja por boicote, e não por boas intenções)?

    Conheço uma pessoa com mais que o dobro de idade que eu e que já vivenciou experiências no mercado de trabalho que demonstram bem o que estou falando. Houve uma época que essa pessoa (uma trabalhadora eficiente) trabalhou em uma empresa que é um monopólio em seu ramo, e após um bom tempo na empresa (com alguns colegas de trabalho inclusive elogiando seu desempenho), a supervisora do setor dessa pessoa entrou de licença e no lugar entrou uma inútil (não consigo pensar em um termo mais educado) que para mostrar serviço para seu chefe e puxar saco, começou a perseguir e arrumar problemas com essa pessoa que eu conheço. O resultado? essa pessoa que eu conheço foi demitida mesmo que provavelmente fosse a mais eficiente ali. Por essa empresa ser um monopólio, os superiores em grande parte do tempo ficavam encostados sem se preocupar muito com a produtividade da empresa em si, e sim em manter a sua panelinha de amigos e bajuladores.

    Esse caso que citei é um exemplo clássico de como o intervencionismo e os monopólios gerados por ele criam pessoas menos produtivas, de mau caráter e irresponsáveis. Haviam superiores nessa empresa que faziam diversas besteiras e um que inclusive faltou quase 1 mês sem justificativa e não foi demitido porque era amiguinho do chefe. Esse ocorrido com essa pessoa que citei é bem comum – um superior quer tirar um dos funcionários para colocar um pelego no lugar, ou "provar" que faz algum trabalho, então o que ele faz? ele elege um dos funcionários como a representação de Lúcifer na empresa e persegue essa pessoa para inventar uma demissão ou forçar a demissão voluntária do indivíduo.

    Como resolver esse problema cultural? atualmente eu acredito que apenas com uma força maior (de cima pra baixo) e intolerante. Por isso eu passei a defender um boicote (não abrindo exceção nem pra parentes) desse tipo de pessoa. E não me importa nem se o sujeito que mora ao meu lado é progressista (inclusive já conheci alguns poucos de boa índole) ou conservador, e sim se ele tem palavra, responsabilidade e boa vontade.
  • Artista Estatizado  09/11/2022 19:19
    "Já é fato conhecido entre os leitores desse site as distorções e prejuízos econômicos que um estado inchado e corporativista causam, mas no momento não me recordo se existe algum artigo daqui que toque diretamente nos prejuízos de caráter ou morais que um estado assim gera"

    Kennedy, de cabeça eu lembro do artigo abaixo, que vai bem em linha com essa sua indagação.

    www.mises.org.br/article/1510/como-o-estado-deforma-a-etica-e-introduz-dois-parametros-de-moralidade

    Particularmente, eu costumo dizer: a única diferença entre um pivete que te assalta com um revólver e um petista, é que o primeiro tem coragem de pegar em armas para tomar o que é seu, enquanto o segundo é frouxo, e quer executar o esbulho através da estrutura do estado.
  • anônimo  10/11/2022 10:22
    Após o comentário do Kennedy, lembrei de uma estória famosa lá pela virada do milênio, o que é ainda comum nas empresas da Banânia e mostra a realidade da índole de algumas pessoas:


    "Conta a história que em 1994 houve uma competição entre as equipes de remo do Brasil e do Japão. Logo no início da competição, a equipe japonesa se distanciou e completou o percurso trinta minutos antes da brasileira.

    De volta ao Brasil, o Comitê Executivo de Remo se reuniu para avaliar o fracasso e verificou que a equipe japonesa era formada por um chefe de equipe e dez remadores. A equipe brasileira era formada por um remador e dez chefes. O problema passou para a esfera do Planejamento Estratégico visando à reestruturação da equipe para o ano seguinte.

    Em 1995, novamente, o Japão venceu e desta vez a equipe brasileira chegou com uma hora de atraso. Foi feita nova análise do fracasso que mostrou o seguinte:

    1) a equipe japonesa continuava com um chefe e dez remadores;

    2) a equipe brasileira, após as mudanças sugeridas pelo Planejamento Estratégico, era formada por:

    a) um chefe de equipe;
    b) dois assistentes de chefia;
    c) sete chefes de departamento;
    d) um remador.

    A conclusão do Comitê que analisou as causas do novo fracasso foi unânime: o remador era incompetente!

    Em 1996, nova competição. O Departamento de Tecnologia e Negócios colocou em ação um plano para vencer os japoneses, baseado nas mais modernas técnicas de gestão. Os brasileiros, desta vez, iriam humilhar os japoneses.

    O resultado foi catastrófico. O Brasil chegou com três horas de atraso! As conclusões do Comitê desta vez revelaram o seguinte:

    1) a equipe japonesa continuava com um chefe de equipe e dez remadores;

    2) a equipe brasileira utilizou a seguinte composição vanguardista:

    a) um chefe de equipe;
    b) dois auditores de Qualidade Total;
    c) um assessor de empowerment;
    d) um supervisor de downsizing;
    e) um analista de procedimentos e não-conformidades;
    f) um analista de sistemas;
    g) um controller;
    h) um chefe de departamento;
    i) um controlador de tempo;
    j) um remador.

    Depois de vários dias de análise, o Comitê resolveu castigar o remador e, para isso, aboliu "todos os benefícios e incentivos em função do fracasso". Depois resolveu trocar de remador, utilizando um terceirizado, para não terem mais despesas com pessoas porque "o projeto estava ficando num custo abusivo e não estava dando os resultados esperados".

    Qualquer semelhança com alguma instituição, empresa ou país que você conheça, evidentemente é mera coincidência!"



    Fonte: fabricioperuzzo.com.br/2005/10/03/remador-incompetente/

  • Revoltado  10/11/2022 14:33
    Particularmente, eu costumo dizer: a única diferença entre um pivete que te assalta com um revólver e um petista, é que o primeiro tem coragem de pegar em armas para tomar o que é seu, enquanto o segundo é frouxo, e quer executar o esbulho através da estrutura do estado.

    ====Isto enquanto deseja ardentemente que você, a real vítima, sequer tenha o direito de autodefesa, portando uma arma de fogo. Afinal de contas, armas matam. Fico até imaginando como tais efeminados se defenderiam perante uma situação horrenda como essa recorrendo às práticas de yoga. Sempre insisto na tecla que se China e Rússia combinassem um ataque massivo contra o Ocidente, seria o fim desta porção do planeta.
  • Kennedy  10/11/2022 23:01
    Agradeço pela indicação do artigo, que inclusive já li. Ele tem alguns pontos interessantes que servem de argumento para tocar em feridas profundas da galera que ainda defende o nacional-desenvolvimentismo.

    A "desvantagem" dele, no entanto, é bater na tecla do libertarianismo. Não que o libertarianismo esteja errado (não sou adepto, mas tenho apreço pela causa), porém por experiência própria, eu percebi que infelizmente é impossível estabelecer uma linha de contato com a "massa" quando se realiza certas críticas ao estado no tocante à cobrança de impostos e educação pública por exemplo.

    Já nesse exemplo da educação pública, o artigo também traz luz a um insight interessante que pelo menos eu, no meu círculo social, percebo (naquela mesma questão da responsabilidade): hoje, os pais se abdicam de eles mesmos criarem seus filhos da forma que acham melhor para serem agentes passivos, deixando professores educarem o caráter do seus filhos com filosofias nocivas.

    Hoje, parece que os pais veem a ideia de ter um filho como adotar um bichinho de estimação e achá-lo uma gracinha. Não se dão ao trabalho (responsabilidade) de impor limites, punir comportamentos ruins e recompensar os bons, de fazê-lo compreender como as regras da casa funcionam e perceberem o motivo de serem justas, etc. Basicamente, toda criança atualmente sai do útero com um celular na mão e é educado por conteúdos do youtube que muitas vezes desconhecem. É justamente essa galera que tá crescendo e votando no candidato do PCC com força.

    Parece estranho falar disso aqui porque o que mais é discutido no Mises Brasil são os danos que o estado e políticas econômicas desastrosas causam na economia, mas o arranjo estatal também pode causar danos equiparáveis no caráter das pessoas. Um artigo muito bom desse site sobre educação de crianças é esse aqui.
  • Analista de Risco  11/11/2022 16:32
  • Kennedy  12/11/2022 20:16
    Esse é até recente e eu não tinha visto. Agradeço a indicação.
  • Revoltado  11/11/2022 18:39
    Kennedy,

    Não sei se conheces o pastor Rodrigo Mocellin. Este, há cinco dias, publicou um vídeo no YouTube sobre como será perigoso enviar as crianças à escola a partir de 2023, por motivos que bem aqui sabemos. Procure e encontrarás, se desejares. O mesmo até oferece um curso sobre o homeschooling, inclusive.
  • Kennedy  12/11/2022 19:57
    Vi o vídeo e é assustador que uma professora enxergue o objetivo da sua profissão como formar pessoas com a mesma ideologia que elas ao invés de ensinar o conteúdo da sua matéria.

    Já fui aluno de escolas públicas e as matérias de filosofia, sociologia, história e geografia estão maculadas por professores desse tipo. É perfeitamente possível ter um ensino imparcial dessas matérias. Em filosofia por exemplo, o professor poderia se ater a ensinar para um aluno o que são argumentos dedutivos e indutivos, o que são e como identificar falácias e apresentar todas as visões de filósofos de cada ideologia com o mesmo grau de profundidade.

    Ao invés disso, eles vomitam a esparrela de que "é impossível ter um ensino 100% imparcial, logo, o ensino deve ser 100% parcial", que nada mais é do que uma falácia de nirvana disfarçada. Ou seja, falta de boa vontade.

    Sobre o homeschooling, pode ser uma boa iniciativa caso os pais tenham tempo hábil e boa vontade. Mas infelizmente é inviável sendo fora da lei. Na pior das hipóteses, os pais podem ser enquadrados por abandono intelectual e a pessoa pode não conseguir ter acesso ao ensino superior caso deseje.
  • anônimo  14/11/2022 03:38
    "a pessoa pode não conseguir ter acesso ao ensino superior caso deseje"

    é só fazer o encceja, tem a prova que dá o diploma do fundamental e a que dá o diploma do médio

    mas do que adianta criar alternativas e soluções se o povão nem se informa ? e se não se informa, nunca irão atrás, estão fadados a apanhar de docente militante pra eternidade ...
  • Artista Estatizado  11/11/2022 19:41
    Kennedy, não é necessário ser libertário/anarcocapitalista para argumentar que o estado introduz dois parâmetros de moralidade.

    Eu particularmente costumo perguntar: você tentaria, através da força, se tivesse coragem e meios adequados, impor um determinado comportamento a um indivíduo? Caso positivo, não é de todo o mal o estado realizar a mesma ação.

    Por exemplo: você pararia um assaltante em fuga? A maioria sim (menos os membros do PCC), então não tem problema um policial fazer isso. Você tomaria dinheiro de alguém que deu calote em um aluguel? A maioria sim.

    Outro exemplo: você tomaria dinheiro à força de uma pessoa para pagar a educação de outra? A maioria não faria isso, então não cabe ao estado fazer isso. Você prenderia alguém que está vendendo geladinho sem autorização do estado? A maioria não faria (e compraria o produto).

    A maioria das pessoas já vive a vida de forma libertária. Elas apenas precisam enxergar o duplo padrão moral que adotam sem perceber.

    Sempre lembrar que legalidade não é igual a moralidade. A escravidão já foi legalizada.
  • Kennedy  12/11/2022 20:14
    Eu tenho consciência de que não é necessário ser libertário ou ancap para reconhecer isso, mas eu já tentei argumentar algo parecido com pessoas que representam bem essa fatia do brasileiro médio.

    O que elas diziam em resposta eram coisas mais ou menos como: o estado é diferente e ele tem que ser porque ele precisa ter uma força maior para impor (insira aqui igualdade social, código penal, etc.)

    Lembrar que legalidade não é igual moralidade é um ótimo ponto, mas infelizmente eu estou descrente sobre a possibilidade de converter o pensamento da massa através do diálogo.

    Durante essas eleições, conversei com várias pessoas e aparentemente havia conseguido convencê-las de que várias coisas nas quais elas acreditavam estavam erradas (com elas próprias dizendo que eu estava certo). Tudo isso para depois eu vê-las comemorando o resultado horrendo dessas eleições.

    Hoje eu acredito apenas no boicote. Na provável crise econômica que está por vir, infelizmente não vou prestar qualquer tipo de auxílio a esse tipo de gente. Sendo honesto, eu não me sinto bem em fazer isso, mas acredito que é um mal necessário.
  • Artista Estatizado  14/11/2022 11:17
    Sim, para a maioria das pessoas, o uso da razão é inútil. Seu papel é identificar se a pessoa quer realmente aprender ou não, e aí dedicar seu tempo a ela ou não. Normalmente não se leva muito tempo para chegar a essa conclusão.

    Existem várias pessoas de direita que, por exemplo, apoiaram o Guedes nas falas dele de desvalorizar o dólar. Acreditavam honestamente nas supostas vantagens da desvalorização.

    A essas, eu dediquei meu tempo para explicar porque isso estava errado.

    Outra situação em que você pode atuar, é quando um esquerdista está mentindo perante pessoas honestas. Seu papel é desmascarar as mentiras ditas pelos socialistas, para não deixar os mais vulneráveis serem afetados. Você não deve gritar, mas ser firme nas suas afirmações, identificando o tom adequado em função do ambiente (que recomendo seja com pessoas não totalmente desconhecidas, para você não apanhar)

    Abraços,
  • Artista Estatizado  14/11/2022 14:51
    Correção: desvalorizar o Real, não o Dólar.
  • Felipe  07/11/2022 22:25
    Relendo esse artigo, lembrei do seguinte: vejam o sacrifício e o parto que foi para fazer o impeachment da Dilma para, seis anos depois, elegerem o PT de novo para o Executivo federal, com a turma de sempre. E aí eu pergunto: no que adiantou?
  • Brasileiro frustrado  08/11/2022 00:42
    Leandro, você acha que teve fraude? O que achou das evidências apresentadas?
  • Leandro  08/11/2022 13:30
    Não é minha área. Mas que há coisas que desafiam a lógica e a estatística, isso há.
  • 4lex5andro  09/11/2022 12:00
    Comparado com o seg. turno de 2018, o de 2022 teve um acréscimo de 15 milhões de votos válidos.
    Se considerar que os dois pólos antagônicos da disputa permaneceram com suas bases estáveis, desde a eleição anterior, segue que ...
    Dos novos votos (quase 15 milhões), pra dar o resultado que foi ''apurado'' na noite do dia 30/10, seria necessário que a repartição de votos entre os candidatos fosse na proporção de 9 para 1, ou seja, que foram dados 9 votos para um condenado por corrupção e ex-presidiário, para cada voto concedido na reeleição do ''bozo''.
    Repetindo... 9/1.
    Muito ''normal'', jura o establishment.

    Pobre Brasil.
  • anônimo  14/11/2022 14:46
    Se esses "novos votos" são os jovens que não tinham idade para votar quatro anos atrás, 9 para 1 é até pouco.

    Se juntar toda a população na faixa 16~20 anos, em 99% deles o QI tende a zero.
  • ed  08/11/2022 01:12
    Alguém pode me explicar essa historia do bolsonaro deixar um rom de 400bi? Fake news ou nao?
  • Bruno Souza  08/11/2022 13:21
    Déficit nominal? O menor valor desde 2014:

    ibb.co/ZX77Jsq

    Curiosamente, até então ninguém nunca deu pelota para isso.


    Aliás, em relação ao PIB (que é o que interessa), mesmo valor de 2009:

    ibb.co/9q1yfqL

    Dados. Apenas dados.

    O resto é narrativa.
  • anônimo  08/11/2022 13:43
    Ocorreu mudanças de regras fiscais.. Como estouro do teto de gastos (Agora o PT pode dizer que o Guedes fez).. Tentativas de mudanças da regra de ouro(agora o PT pode dizer que o Guedes tentou).. Aquela ideia de fazer uma moeda latinoamericana (Agora o PT pode dizer que até o Guedes queria)..

    Parte do orçamento desse ano se deve a dividendos da petrobras(alguns antecipados) sobre uma alta global do petróleo, o congelamento salarial do funcionalismo público sobre uma inflação elevada (acaba ano que vem).. Uma pedalada nos precatórios (aumenta a insegurança jurídica)

    Por isso falam em bomba fiscal, são conjecturas que não se mantem para o próximo ano... Sim, esse ano não tem bomba fiscal.. Mas manter auxílio de 600 R$, voltar a dar reajuste ao funcionalismo, etc.. Tudo isso piora o fiscal para 2023.. Ambos promessas do Bolsonaro e do Lula

    E agora o Lula promete a mesma coisa, mas sem contrapartida (prefere o deficit).. Ainda votei no bolsonaro porque sabia que haveria esforço para diminuir o deficit cortando de outros setores.

    Você tem uma crise econômica externa (inversão completa da curva de juros americanas).. O que afeta o crescimento Brasileiro e a arrecadação.. Como essa métrica nunca falhou antes, coloque isso no risco fiscal


  • Carlos Brodowski   08/11/2022 13:29
    Imprensa com Bolsonaro / Imprensa com Lula

    Orçamento Secreto = Emendas do Relator

    PEC Kamikaze = PEC da Transição

    Estouro do Teto = Waiver

    Mentira = Gafe

    Mentira = Escorregão


    A mídia fez um escarcéu quando Guedes, sob lockdown e pandemia, pediu para adiar 50 bilhões em precatório. Agora, essa mesma mídia chama de waiver 200 bilhões fora do teto.
  • Revoltado  08/11/2022 19:07
    Não tem havido chefe de estado mais espezinhado e cuspido por essa mídia asquerosa que o presidente Bolsonaro! Até me questiono se não seria um tremendo bem que certos veículos fossem cassados pelo mal que causam na sociedade. O que temos é somente publicidade progressista e globalista. Os verdadeiros disseminadores de notícias falsas e que no íntimo regozijam com a censura sofrida por quem não "faz o L"; mas, como escrevo, se um lado bom da regulação existe, é que eventualmente a serpente que chocam hoje os consumirá em algum momento e ninguém se lamentará por eles. Muitos, até comemorarão, quando beberem do próprio veneno.
  • Lucas  11/11/2022 21:07
    Alguém pode me explicar essa historia do bolsonaro deixar um rombo de 400bi? Fake news ou nao?

    Aqui:

    Não, o Brasil não quebrou! Entenda o que é o 'rombo' de 430 bi
  • iniciant  08/11/2022 03:02
    Quais ações, empresas e fundos vocês recomendam para a recessão de 2023?

    Em resumo, 2023 recession starter pack, qual é?
  • Richard  08/11/2022 17:42
    LIGT3 está com pvp 0,25 kkk, é uma insanidade qualquer empresa que ainda dê lucro custar isso.
  • apropriado  09/11/2022 03:37
    Honestamente, acho que teremos uma queda do dólar no período de lua de mel com o novo desgoverno. Nessa hora acho que vale a pena - para quem já não fez - ir dolarizando o patrimônio aos poucos, aproveitando os juros altos lá fora e o desconto nas ações (que devem cair ainda mais).

    ninguém em sã consciência deveria ter 100% do seu patrimônio em reais.
  • anônimo  09/11/2022 12:42
    Ooo boca , hein!
    Dxy caindo ta 109 hoje.
    Tava dando 114 ha semanas
  • rraphael  08/11/2022 15:21
    ja dizia miltão fridimão : nao existe petista gratis
  • Fugitivo do comunismo  08/11/2022 22:49
    Alguém aqui vai sair do país? Alguém pode sair mas não vai por simplesmente NÃO QUERER? Me explica porque não queres...

    E eu não tenho cidadania nem nada, qual país eu poderia ir? Ganho em Dolar e tenho pelo menos 200k vendendo tudo. Tenho 27 anos, preciso de bons conselhos. To muito preocupado com esse continente vermelho que não tem uma década de sossego cara. E o pior pra mim é a violência, o resto a gente se vira né, mas o foda é a violência que não tem como.

  • Aluno  09/11/2022 15:07
    Nos EUA tem mta gente fazendo processo eb2 niw pra pegar green card. Mas esse processo depende da sua qualificação. Dito isso, tenho um amigo advogado que disse já ter visto até revendedora Avon ser aprovada.

    Acho que custa em torno de uns 20k pra fazer com escritório grande
  • Paulo Oliveira  09/11/2022 15:22
    Eu discordo completamente do autor neste artigo, antes devo dizer que chamar outras pessoas que pensem diferentes ou contrárias ao suas ideias de "O Inimigo" um tanto perversa. Neste âmbito devemos lutar contra ideias e não contra pessoas. É obvio que, pessoas mal intencionadas podem usar essas ideias para benefício próprio ou maléficos, sim, estas pessoas existem em Ambos os lados.

    Agora o que o autor diz no artigo sobre o abandono a causa. As pessoas são livres para aderir ou desligar-se de quaisquer grupo político, filosófico, religioso, econômico, esportista, musical e etc.; quando alguém aderi a um destes grupos, ela o faz por gostar ou simpatizar com as ideias, ela não precisa estar na linha de frente defendendo a causa para pertencer ao grupo, e se, de fato o abandonar, ela é livre para faze-lo.

    Sobre as pessoas que se corrompem, como eu disse antes existem pessoa egoístas, mal intencionadas e maléficas em todos os lugares, elas podem se corromper por benéficos próprios ou poder, essas pessoas devem ser condenadas pelo mal que fazem. Porém existem pessoas que mudam de lado por simpatizarem com as ideias contrárias, e isso não a fazem corruptas ou maléficas, grandes políticos e filósofos já mudaram de lado.

    É um erro achar que nossa causa e ideias são inexoravelmente corretas e boas, devemos sempre avaliar nossas ideias e compreender se podemos melhora-las ou evoluí-las, por isso ideias devem ser discutidas em um ambiente saudável e pacífico se possível, devemos combater ideias e não pessoas. Você pode defender sua causa e ideias na linha de frente se preferir, e isso é uma escolha de cada um.
  • Nikus Janestus   10/11/2022 13:56
    Ótimo comentário. Sempre estive com o pé na orelha quando se trata desse papo de taxar pessoas que pensam diferente de "inimigos". Bom ver alguém que pensa de uma forma bem semelhante.
  • Imperion  10/11/2022 17:03
    Risco Lula já inverte a deflação atual para um cenário inflacionário. Com a certeza da PEC de transição aprovada, o mercado já espera inflação com expectativa que o Auxílio Brasil de temporário seja política de estado. Afinal é por esse meio que o dinheiro novo vai entrar na economia, driblando os juros altos atuais

    O sessentão agora é o renda mínima universal com a diferença que uns só vão entrar na roda pra pagar


    www.google.com.br/amp/s/g1.globo.com/google/amp/economia/noticia/2022/11/10/dolar.ghtml?espv=1


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.