clube   |   doar   |   idiomas
O "short squeeze" do século: quando as sardinhas comem os tubarões
Mas todo o resto do cardume pode sair perdendo

Não é nenhum exagero dizer que o mundo financeiro está testemunhando, ao vivo, um fenômeno ao mesmo tempo inusitado e histórico.

Nos EUA, investidores pessoas físicas — popularmente conhecidos como "sardinhas" — não apenas fizeram com que grandes fundos de investimentos ("tubarões" conhecidos como "hedge funds") tivessem enormes prejuízos, como quase quebraram alguns deles, os quais tiveram de receber aportes externos de investidores (e, provavelmente, de cotistas) para continuarem existindo.

Toda a encrenca envolve jovens usuários do Reddit, fundos de investimentos que estavam apostando contra uma empresa que vende videogame e um 'short squeeze.

O que é um "short squeeze"

Para entender exatamente o que aconteceu, é necessário antes entender um aspecto técnico do mercado financeiro: a venda a descoberto.

Quando um investidor acredita que o preço das ações de uma determinada empresa está sobrevalorizado, e consequentemente acredita que o preço irá cair, ele pode lucrar com isso. Basta ele ficar vendido a descoberto. Em inglês, essa operação se chama "short selling".

De maneira resumida, para ficar "vendido a descoberto", você pega estas ações emprestadas junto à sua corretora (pagando a ela um aluguel para isso) e vende estas ações ao preço atual (que você julga estar sobrevalorizado). 

Caso seu julgamento esteja correto, o preço destas ações irá cair. Ao cair, você as recompra pelo preço agora menor e então as devolve para a corretora que a alugou para você.

Exemplo simples: as ações da empresas WXYZ3 estão valendo $10, mas você acredita que elas irão cair para, digamos, $8. Ato contínuo, você pega uma quantidade destas ações emprestadas junto à sua corretora e as vende por $ 10 (preço atual). Após algum tempo, quando o preço cair para próximo de $ 8 (ou qualquer outro valor que lha satisfaça), você compra estas ações e as devolve para a corretora que lhe emprestou. 

Perceba que você vendeu por $10 e recomprou por $8. Seu ganho será de $ 2, menos o custo do aluguel.

Ou seja, quando você fica vendido a descoberto em uma ação (no mercado financeiro diz-se que você fez um short), você pega emprestado um lote desta ação, vende e promete devolvê-lo mais tarde. Você tem de pagar uma taxa por esse aluguel das ações, tem de fazer um depósito de garantia (chamado de "colateral") baseado no valor destas ações, e (normalmente) tem de devolver as ações sempre que o emprestador (a corretora) pedir.

Até aí, tudo certo.

Mas e se, neste período, o preço das ações subir em vez de cair? Neste caso, você sofrerá um "aperto", que é o chamado squeeze

Ao pegar as ações emprestadas, você fez o depósito do colateral para garantir que pagaria à corretora o valor que eventualmente perdesse. Sendo assim, quando a ação sobe, a corretora faz a temida "chamada de margem" (margin call) exigindo que você deposite mais colateral. Quanto mais a ação sobe, mais você é obrigado a depositar para garantir que pagará o que está perdendo. Quanto mais a ação sobe, mais margem a corretora cobra, e mais os custos da sua operação aumentam.

Neste ponto, alguns vendidos a descoberto desistem e desmontam a posição. Ao fazerem isso, eles têm de recomprar as ações para devolvê-las à corretora. Ao comprarem as ações, o preço delas sobe mais ainda.

E isso vai gerando um ciclo retroalimentador: as ações sobem, o que faz com que outros vendidos a descoberto desistam, o que os leva a comprar as ações para devolver às corretoras, o que eleva ainda mais as os preços das ações, o que faz com que outros vendidos a descoberto desistam, e assim por diante.

Isto é um "short squeeze". Investidores que estavam vendidos a descoberto (short) nas ações de uma empresa vivenciam uma forte elevação nos preços destas ações, o que gera chamadas de margem, aumento de custos, liquidação de posições, compras destas ações e uma explosão nos preços.

Todo short squeeze sempre acaba em explosão dos preços.

Observe que, em uma operação normal de compra de ações, o potencial de lucro é infinito. Não há limite para o tanto que uma ação pode subir. Já o potencial de prejuízo é limitado. O máximo que pode acontecer é a ação ir para zero e você perder aquela dinheiro.

Já em uma operação de venda a descoberto, ocorre o contrário: o lucro máximo possível é o valor da venda (menos os custos de operação), e o investidor somente terá esse lucro máximo se o preço da ação cair a zero. Já o prejuízo potencial é infinito, exatamente porque não há limites para o tanto que a ação pode subir. 

Na teoria, o investidor vendido a descoberto pode ter um prejuízo infinito e ir à bancarrota, a menos que ele seja liquidado a tempo pela corretora (que é o que normalmente ocorre). 

Gamma Squeeze

Tendo entendido a explicação acima, você agora sabe qual é o maior temor de um investidor vendido a descoberto: outros investidores passarem a comprar as ações contra as quais ele está apostando.

No entanto, o maior pesadelo não é quando outros investidores compram as ações, mas sim quando eles utilizam "opções de compra" (call options) destas ações em simultâneo à compra de ações.

Está fora do escopo deste artigo detalhar o funcionamento do mercado de opções; basta apenas dizer que, por causa das particularidades de seu funcionamento, ele não apenas permite uma operação alavancada (ou seja, com muito menos dinheiro, é possível conseguir muito mais ganhos), como também intensifica a subida das ações (por meio da figura do formador de mercado). 

Se investidores estão exercendo opções de compra de uma ação ao mesmo tempo em que o preço desta ação está subindo por causa da compra normal de outros investidores, o efeito é uma subida muito mais acentuada desta ação, pois o formador de mercado que atua no mercado de opções é obrigado é comprar mais ações.

Consequentemente, por meio das opções de compra, um volume relativamente pequeno de dinheiro consegue fazer um estrago ainda mais intenso nas posições dos investidores vendidos a descoberto. 

Tudo o que foi descrito na seção acima ocorre com ainda mais intensidade, e com efeitos ainda mais devastadores, quando os vendidos a descoberto são atacados por investidores que recorrem a opções de compra em conjunto com a simples compra de ações.

Neste caso, diz-se que houve não apenas um short squeeze, mas sim um gamma squeeze.

Conhecendo estes dois fenômenos, podemos ir agora para as notícias.

Uma loja de videogames

Nos EUA, há uma famosa rede varejista de videogames chamada GameStop. Com sede em Dallas, possui 6700 lojas nos EUA, no Canadá e na Europa. 

Não é exagero dizer que "em cada esquina" dos EUA há uma loja da GameStop com milhares de jogos e novidades da tecnologia. 

Com a pandemia de Covid-19, no entanto, a rede teve muitos prejuízos e anunciou que iria fechar 450 lojas em 2021.

Em abril de 2020, no auge da quarentena, as ações da GameStop chegaram a valer apenas US$ 2,85. Mas na segunda metade do ano os papéis iniciaram uma reação espetacular. Ontem, dia 27/01/2021, as ações fecharam o dia em US$ 347, valorização de impressionantes 12.000%.

A causa dessa valorização? Pequenos investidores que se reuniram em fóruns de internet e combinaram de, por meio de short squeezes e gamma squeezes, arruinar grandes fundos de investimento (hedge funds) que estavam apostando contra a empresa — ou seja, que estavam vendidos a descoberto nas ações da empresa.

Tudo começou em setembro de 2020, quando Ryan Cohen — investidor e fundador da Chewy, uma gigante online de alimentos para animais de estimação — comprou uma participação de 13% na GameStop, tornou-se membro do conselho-diretor da empresa e começou a agitar para que ela começasse a investir mais em negócios online. 

Isso levou várias pessoas a acreditarem que as ações estavam subvalorizadas. Consequentemente, as ações começaram a subir à medida que pequenos investidores passaram a comprar ações por meio do aplicativo da corretora Robinhood, que se tornou extremamente popular por ser fácil e didático de ser usado.

Enquanto os pequenos investidores iam comprando as ações acreditando na revitalização da empresa, grandes fundos de Wall Street enxergaram o cenário oposto: por não acreditarem que a empresa tinha como se recuperar em meio à pandemia, e por considerarem o preço das ações já em níveis muito altos, descolado dos fundamentos do empresa, estes hedge funds viram aí uma chance de "vender a descoberto" as ações da GameStop. 

Vários gestores vieram a público e disseram que a empresa era ruim, que as ações não valiam tudo isso, e que, por isso, estavam abrindo posições vendidas a descoberto. Ou seja, anunciaram que estavam ficando "short" nas ações da empresa.

Ao que tudo indica, isso causou fúria e revolta em vários jovens gamers cujo ponto de encontro é em um fórum na rede social Reddit, intitulado Wall Street Bets. Lá, eles combinaram o ataque.

Um deles enviou uma carta aberta para a rede CNBC — voltada para o mercado financeiro — e disse:

"Eu fico pensando nesses fundos vendidos a descoberto na GameStop, como os seus comparsas da Melvin Capital [um famoso hedge fund], vejo a cobertura que vocês fazem, e vou ficando cada vez mais puto. […] Sério. Espero que sofram. Queremos ver perdas pornográficas".

carta.png

No dia 22 de janeiro de 2021, por meio da compra de ações e de opções de compra, estes usuários do fórum Wall Street Bets iniciaram um short squeeze e um gama squeeze na GameStop, elevando significativamente os preços das ações. Isso ocorreu logo após o gestor do fundo Citron Research anunciar que estava vendido a descoberto e afirmar que a ação estaria "de volta aos 20 dólares rapidamente". 

Até o dia 26 de janeiro, o preço da ação já havia aumentado mais de 600%, e a alta volatilidade fez com que a negociação fosse interrompida várias vezes.

Após ter subido 92,7% apenas no dia 26 de janeiro, Elon Musk tuitou o link desse grupo do Reddit. Aí as ações explodiram de vez. Na noite de quarta-feira, 27 de janeiro de 2021, as ações da GameStop estavam em US$ 347,51 (135 vezes seu mínimo histórico de US$ 2,57). Isso significa que a empresa vale hoje US$ 26,5 bilhões, mais do que muitas empresas do S&P 500.

Confira a evolução do preço das ações da GameStop, e veja o que é um short squeeze e um gama squeeze.

acao.png

Gráfico 1: evolução do preço das ações da GameStop

Imagine o desespero do vendido a descoberto…

Eis a comparação da valorização da GameStop com as valorizações de Tesla e Bitcoin.

comparativo.png

Gráfico 2: gráficos da valorização de Tesla, Bitcoin e GameStop

Uma das vítimas mais famosas foi deste short squeeze foi a Melvin Capital. Seu fundo de investimento perdeu 30% dos US$ 12,5 bilhões que estavam sob sua gestão. O fundo estava fortemente vendido a descoberto em várias ações, principalmente nas da da GameStop. O fundo acabou tendo de receber um aporte emergencial de US$ 2,75 bilhões dos hedge funds Citadel e Point72. O fundo afirmou à rede CNBC que liquidou sua posição de vendido a descoberto nas ações da GameStop e que não irá pedir falência.

O já citado hedge fund Citron Research também liquidou a posição com 100% de perda

Por outro lado, a BlackRock Inc, que é a maior gestora de ativos do mundo, possuía 9,2 milhões de ações da GameStop em sua carteira e com isso ganhou US$ 2,4 bilhões com toda essa atividade.

Gabando-se

Os responsáveis pelo ataque aos "shorteados" gabaram-se na internet tanto de seus ganhos quanto dos prejuízos infligidos.

O usuário anônimo que se auto-intitula "DeepFuckingValue" transformou US$ 50 mil em $13 milhões em 3 meses, ao mesmo tempo que se diverte com o fato de que a Melvin Capital perdeu mais de US$ 2 bilhões em duas semanas.

ganhos.png


melvin.png

Ao passo que Keynes dizia que "os mercados podem se manter irracionais por mais tempo do que você é capaz de se manter solvente", o grito de guerra dos membros do Wall Street Bets passou a ser:

"Conseguimos nos manter retardados por mais tempo do que eles conseguem se manter solventes".

retard.png

Os reais causadores 

Não é o objetivo deste artigo fazer pontificações morais ou éticas a respeito do ocorrido. Isso fica a cargo do leitor. Vale apenas ressaltar que, ao menos até onde se sabe, tudo foi feito dentro das regras do jogo. Assim como não há nada de errado em especular contra uma ação (ficar vendido a descoberto nela), também não há nada de errado em apostar em uma ação e, consequentemente, ficar contra os vendidos a descoberto.

O que realmente está bastante óbvio é que o real causador de tudo isso é o Federal Reserve (o Banco Central americano): com sua política monetária extremamente frouxa adotada em 2020 em resposta à pandemia de Covid-19, o mercado foi inundado com trilhões em liquidez (um pacote estímulos de US$ 2 trilhões e linhas de crédito de US$ 6 trilhões), o que possibilitou os auxílios emergenciais que chegaram a US$ 2 mil por pessoa.

Eis a evolução dos ativos em posse do Federal Reserve. Ele teve literalmente de imprimir dólares para adquiri-los:

Fed.png

Gráfico 3: evolução dos ativos em posse do Federal Reserve

Com tamanha expansão monetária, de quase 80% em um ano,  é óbvio que haveria distorções em vários setores da economia. Não fosse esta injeção de liquidez, não seria possível pequenos investidores se unirem para atacar e quebrar grandes fundos de investimento (sempre lembrando que estes fundos de investimento carregam a pensão de vários cidadãos americanos).

Vale também ressaltar que os lockdowns, que obrigaram todo mundo a ficar em casa, acabaram por impulsionar as pessoas a buscarem alguma atividade para "matar o tédio". Quando dezenas de milhões de pessoas estão desempregadas ou sub-empregadas, e proibidas de fazer atividades ao ar livre, "brincar de especulador" por meio de aplicativos como Robinhood utilizando o dinheiro do auxílio governamental acaba se tornando uma válvula de escape.

Este fenômeno da ascensão dos "day traders" em decorrência da expansão monetária causada pelos lockdowns foi abordado em detalhes aqui.

O principal problema

Por fim, o que é realmente interessante é que, se essa prática de atacar todas as posições vendidas a descoberto dos grandes fundos realmente se massificar, todo o sistema de preços será profundamente afetado.

Investidores montam posições vendidas a descoberto exatamente porque acreditam que os fundamentos dos preços estão descolados. Ao agirem assim, eles ajudam a trazer racionalidade aos mercados. Eles impedem que os preços das ações (e também das commodities) permanecem em níveis irracionalmente altos. 

Ao reduzirem a volatilidade do preço das ações (e das commodities), os especuladores são cruciais ao processo de descoberta de preços em todo o mercado. Ao passo que ninguém gosta de ver ações caindo, todos gostamos de ver petróleo e alimentos mais baratos. Um dos grandes responsáveis por isso é o especulador que vende a descoberto.

No entanto, se os investidores passarem a temer serem punidos simplesmente por estarem vendidos a descoberto (ou mesmo se a prática de vender a descoberto for proibida), adeus a todo o processo de formação de preços. Ações ficarão em níveis permanentemente altos. No extremo, empresas ruins e mal administradas terão uma valoração de mercado (valuation) semelhante à de empresas boas e bem administradas. E aí tudo se perde.

Com empresas boas e ruins sendo semelhantemente valoradas, torna-se impossível distingui-las. Uma das consequências graves é que todo o mercado de crédito ficará congelado. Óbvio: se você não consegue distinguir o bom do ruim, porque o valor das ações está falsificado, então você não emprestará para ninguém. 

Com o sistema de descoberta de preços quebrado, os pequenos são os que mais sairão perdendo (exatamente o contrário do que queriam os "agressores").

Para concluir

Provavelmente, e infelizmente, haverá retaliações por parte dos reguladores. É provável que fóruns de discussão sejam fechados. Não é implausível que criem alguma restrição a vendas a descoberto em determinadas ações. E um aumento do número de ações judiciais envolvendo investidores e administradores de fundos de investimento é praticamente garantido.

Porém, em última instância, a culpa não está nem nos investidores institucionais (tubarões) e nem nos investidores pessoas físicas (sardinhas). Estes apenas reagem ao arranjo.

O grande culpado é a aquela instituição estatal e monopolista que cria enormes disfunções no mercado e no sistema de preços ao inundar a economia com trilhões em liquidez. Você realmente acredita que tudo isso seria possível caso ainda estivéssemos no padrão-ouro?


autor

Anthony P. Geller
é formado em economia pela Universidade de Illinois, possui mestrado pela Columbia University em Nova York e é Chartered Financial Analyst credenciado pelo CFA Institute.


  • Trader  28/01/2021 16:16
    Espetacular artigo. Hoje, várias plataformas, inclusive a Robinhood, bloquearam negociações com a Gamestop para tentar frear o squeeze. Isso está derrubando as ações. O establishment, no fim, sempre vence.
  • Rafael  28/01/2021 16:20
    Isso vai apenas aumentar a pressão compradora. Tem muita gente que ainda não stopou.
  • Vladimir  28/01/2021 17:13
    Exato, vai aumentar a pressão compradora. Afinal, todo short seller também é, por definição, um comprador. Ele sempre tem de recomprar a ação em algum momento. Se a ação foi banida da Robinhood, isso significa que apenas o hedge funds agora podem operar para cobrir seus shorts (e investidor pessoa física não mais pode vender).

    Haverá pressão altista nos preços.
  • Bitcoiner  28/01/2021 16:33
    Começaram banindo tuítes. Agora estão banindo trades. Por causa diss, a ação está caindo 55% agora. Puta ajuda aos tubarões.

    Qualquer jovem com um teclado está puto. É por isso que a revolução descentralizada será inevitavel.
  • Imperion  28/01/2021 19:52
    Sim, mas não tinha sentido essa ação ficar valendo mais que a Tesla. Fizeram isso combinado. Mas ela não vai ficar nesse valor. Os pequenos que fizeram isso sabem a hora de sair?
  • Meirelles  28/01/2021 17:09
    Já anunciaram que vão entrar com um processo fodido contra a Robinhood. Está certo. É quebra de contrato.
  • Vijay  28/01/2021 18:28
    Os caras querem "protestar contra o sistema" comprando ação! Hahaha...

    Você protesta contra o sistema comprando Bitcoin ou outras criptos. Todo o resto é poser.
  • alex  29/01/2021 14:52
    Dinheiro é ação fiduciaria que todo governo imprime.
    Só bitcoin mesmo é a revolta contra o sistema
  • Rip van Winkle  31/01/2021 05:22
    Eu adoro o Anthony P. Geller, mas como CFA acho que ele cometeu um erro crasso ao falar que as distorções de preços causadas por esses movimentos irracionais de grupos contra o status quo de wall street, prejudicaria uma real avaliação de a empresa ser eficiente e boa, em relação a uma ineficiente e ruim, segundo ele seria difícil detectar boas empresas e empresas ruins com essa sobrevalorização. Isso não é uma verdade, e provo isso simplesmente com análise fundamentalista dos que fazem Buy and Hold. A GameStop continua uma empresa horrível, pode custar 1 BILHÃO por ação, mas continua horrível. O balanço dela é calamitoso, a empresa não tem lucro consistente, não tem margem boa, EBITDA dela é horrível, ROE negativo. Não tem nada a ver preço com valor, foi feito uma confusão tremenda aí. Primeiro que valuation leva fatores diversos e normalmente o valuation é utilizado para trade de valor, o que normalmente leva em consideração empresas sem dívidas, ou com no mínimo dívidas controladas (não é o caso da GameStop). Eu não esperava isso de um CFA, sendo bem sincero, porque confundir cotação com valor é um erro bem primário, eu não sei se por ele ser estrangeiro talvez tenha se atrapalhou nos termos -- eu como falo 4 línguas tenho esse problema e sei como é duro -- mas eu achei um erro bem primário.
  • Trader  31/01/2021 14:56
    Ele não disse isso. Releia. Com mais calma. O que ele disse é que se os short sellers forem proibidos (como defendeu Elon Musk em seu Twitter) ou mesmo intimidados (como estão fazendo os adolescentes short squeezers), todo o sistema de formação de preços estará em risco.

    E isso é totalmente verídico: se você proíbe um determinado movimento de venda de preços, é óbvio que ações (e commodities) ficarão inflacionadas.

    Apenas isso.

    Quanto à diferença entre preço e valor, uma empresa vale a cotação de sua ação. Enquanto sua ação estiver em uma determinada cotação, este é o valor de mercado dela. Todo o resto é apenas filosofia. Tem gente dizendo, desde 2018, que Tesla é bolha. Desde então a ação já subiu mais de 1.000%. Musk consegue financiamento de acordo com o valor da ação, e não de acordo com o que teóricos dizem que realmente vale a empresa. Enquanto filósofos dizem que o preço divergiu do valor, os acionistas e o proprietário da empresa seguem enriquecendo e conseguindo crédito. No fim, é isso o que conta.
  • Meirelles  31/01/2021 15:13
    Rip, não entendi muito bem seu comentário. Se o preço das ações não serve para nada e não tem importância nenhuma, então por que empresas vivem adulando acionistas? Entre no site de qualquer empresa negociada em bolsa e você verá uma seção voltada exclusivamente para acionistas. Se você se disser acionista de uma empresa, você prontamente consegue uma visita guiada aos bastidores.

    Se ações não têm importância nenhuma, então por que empresas vivem fazendo buyback para tentar aumentar o valor das ações? Estariam queimando dinheiro à toa?

    O preço das ações são tudo para uma empresa. No mínimo, é assim que elas conseguem acesso mais facilitado a crédito. De nada adianta "especialista" ficar gritando e alertando que "o preço está errado!" (como fazem aqui no Brasil com as ações do Banco Inter). No fim, o que conta, é a cotação do preço na tela. O resto é puro achismo.
  • Sérgio  28/01/2021 16:17
    A melhor manchete do dia:

    Wall Street Opens Higher as Brokers Squeeze the Squeezers

    www.investing.com/news/stock-market-news/wall-street-opens-higher-as-brokers-squeeze-the-squeezers-dow-up-250-pts-2401985
  • Erick Skrabe  28/01/2021 23:22
    Sensacional manchete
  • Renato  28/01/2021 16:19
    Esses short squeezes coordenados ainda poderão virar armas terroristas de militância contra e a favor de alguma empresa. Bem ao estilo Sleeping Giants.

    É óbvio que o mundo logo irá regular e punir isso.
  • Vinícius  28/01/2021 16:24
    E quando irão regular e punir os Bancos Centrais e suas criminosas expansões monetárias, que são os reais causadores de tudo?
  • Trader  28/01/2021 16:45
    A presença de short sellers no mercado é o que garante que muitas pessoas, principalmente sardinhas, não comprem ações ruins e caras.

    Com efeito, short sellers têm um papel importante em prevenir bolhas.

    E é exatamente por isso que políticos não gostam deles. Chegaram a banir short selling após a crise de 2008 (exatamente porque foram os short sellers que estouraram a bolha).
  • Eu Já Pensei Isso  29/01/2021 00:39
    neofeed.com.br/blog/home/a-cvm-entre-os-tubaroes-e-as-sardinhas/
  • Imperion  29/01/2021 01:57
    Com esses grupelhos descobrindo que têm poder de tornar empresa quase falida em "grande de bolsa", agora o militantismo chega a um novo patamar.

    E como eles usam dinheiro dado pelo estado, não é o dimdim deles que eles arriscam. Já recebem fundos e fundos tirado dos impostos. Agora é só arruinar as empresas ou não. 
  • Conservatário  31/01/2021 15:15
    Pelo contrário. Sleeping Giants são os idiotas úteis do sistema. vão favorecer os "cronies" do sistema sem nem perceber, ou seja, as grandes empresas mancomunadas com o Estado para ferrar com os pequenos negócios, como foi com essa palhaçada de lockdown.
  • Daniel  28/01/2021 16:35
    Pô, bem que esses short squeezers podiam atacar tubarões vendidos em real, hein? O dólar iria cair tranquilamente pra uns R$ 4,00. Essa sim seria uma bela justiça social…
  • anônimo  28/01/2021 17:41
    Muito difícil, além de investidores institucionais, há bancos envolvidos, é um dos maiores mercados (se não o maior, do mundo), montantes trilionários são movimentados;
    Se muitas sardinhas são necessárias para mudar o rumo dos tubarões em ações, no mercado cambial, onde há banco central, bancos instituicionais, diria que é o moby dick contra sardinhas..
    Além do mais, a volatilidade cambial não é nada boa para a economia. Pode cair temporariamente, mas com esses juros suíços, difícil se manter em 4 R$
  • anônimo  28/01/2021 23:33
    O mercado de moedas é o mais movimentado no mundo, trilhões de dólares são movimentados todos os dias pelo Forex, por milhões de indivíduos e bancos apostando pra moeda cair ou crescer, ou seja, um mero grupo de investidores movimentando milhões não ira fazer nenhuma mudança significativa.
  • Strauss  28/01/2021 16:39
    Eu sou da época que 'short squeeze' era o que acontecia quando o João Dória se vestia para malhar.

  • Victor  28/01/2021 16:47
    A questão é: como é que esses sardinhas que compraram ações para gerar o short squeeze irão sair de suas posições?

    Compraram a ação a valores caríssimos. Para quem irão vendê-las agora?
  • Trader  28/01/2021 16:50
    Os espertos já caíram fora (como o cara que transformou 50K em 13 milhões). Os bobos ficarão com a trolha na mão.

    Se bem que como esse pessoal tá operando com dinheiro de auxílio estatal (são adolescentes ricos e entediados), perder essa grana não os afetará muito. Mês que vem tem mais auxílio e tudo recomeça.
  • anônimo  28/01/2021 23:39
    Pelo que eu vi no Reddit, o cara que transformou 50K em 12M esperou por mais uns dias e acabou ficando em 22M, ele disse ainda que ainda vai esperar mais ainda, pois ainda ve esperança que mais pessoas vão comprar, daqui a pouco tá em uns 30M.
  • Guilherme  29/01/2021 20:17
    Os hedge funds e investidores institucionais que estão short no papel, em algum momento vão ter que recomprar essas ações a valores astronômicos, assim fazendo com que o preço suba cada vez mais e os investidores pessoa física realizem o lucro. Mas a grande sacada é de que o short ratio de GME estava em 126% pouco antes de começar o gama squeeze, ou seja, tem mais shorts do que ações, a história vai longe ainda
  • Trader  28/01/2021 17:15
    O short squeeze foi tão forte que a GameStop temporariamente se tornou a empresa mais valorizada do índice Russell 2000.

    finance.yahoo.com/news/gamestop-boom-briefly-vaults-stock-152115970.html
  • Chat Noir  28/01/2021 17:48
    Nesse caso o 'tuíte' de Elon Musk, foi a favor dos ataques aos caras? GAMESTONKS?

    Ou foi só reafirmando outras coisas?
  • Trader  28/01/2021 18:07
    Ele deixou as pessoas ainda mais a par da situação, o que estimulou mais compras da ação, intensificando o squeeze.

    Quanto ao Stonks, você tem de conhecer a história, começa em 1:40:


  • Chat Noir  28/01/2021 20:01
    Engraçado que essa ideia toda parte daquela ideia de "espoliar os ricos" porque eles são os 1% que concentram os 90%.

    Dado que eles estão 'moralmente certos' por estarem espoliando das pessoas que 'injustamente' concentram a renda e não redistribuem para transformar a sociedade mais justa e igualitária.

    Porém, deixando essa parte de redistribuição de lado. Alguns apontaram os efeitos negativos (que alias já estão acontecendo), como as atenções que vem chamando os reguladores...

    Mas sem uma resposta do estado, para prever um controle e regulação desse setor. Como o mercado organizaria essa situação? Ou é estritamente o estado (governo) que tem que rever as políticas monetárias para fazer um reajuste o mais rápido possível?
  • Petri  28/01/2021 20:15
    Sim, é o estado que tem de rever sua política monetária. O que causa isso tudo é cheap money. É dinheiro fácil e abundante a juro zero, e agora disponível para todos via auxílio emergencial.

    Em um arranjo de moeda sólida, por definição, isso é impossível de ocorrer. Por exemplo, você consegue imaginar nêgo fazendo isso com Bitcoin em vez de dólar? Nêgo comprando ações a rodo com Bitcoin, sem medo de perdas? Chance zero.

    Dito isso, não há nada de errado no que está sendo feito. Está tudo absolutamente dentro das regras do jogo.
  • Chat Noir  28/01/2021 20:30
    Entendi! Minha duvida geralmente é em relação as "regras do jogo", o artigo já havia sinalizado isso, porém eu gosto de discutir pontos que ficam em duvidas na minha cabeça na sessão de comentários.

    E seu exemplo do Bitcoin fez mais sentido, muito a perder os operados tem.

    Quanto ao cheap money; "O Fed (Federal Reserve, banco central norte-americano) decidiu manter a taxa de juros na faixa de 0% a 0,25% nesta 4ª feira (27.jan.2021). O intervalo foi definido em março de 2020".

    Ouvi dizer que são juros suíços, quando falaram dos juros brasileiros, que não estão muito saudáveis. Porém a economia americana parece um tanto mais sólida que a brasileira.

    Ai nesse caso, seria tranquilo deixar os juros como os que mostrei acima, ou a revisão da política monetária teria que também rever as taxas de juros. Para minimamente segurar possiveis problemas similares a esse do artigo?
  • Constatação  28/01/2021 18:26
    Cada um que arrume a sarna do tamanho que está a fim de coçar
  • Giuseppe  28/01/2021 18:40
    "Você realmente acredita que tudo isso seria possível caso ainda estivéssemos no padrão-ouro?"

    Seria mais raro e menos intenso, mas sim.

    Harlem Railroad, 1862
    Piggly Wiggly, 1922
  • Petri  28/01/2021 19:04
    No caso da Piggly Wiggly, o dono da empresa, um empreendedor extremamente rico e bem sucedido, pegou vários empréstimos, em vários bancos, utilizando como colateral a própria empresa, e então usou esse dinheiro para dar um squeeze nos especuladores que estavam shorteando a empresa.

    Isso não tem absolutamente nada a ver com um bando de adolescentes utilizado cheap money e auxilio emergencial para comprar ações.

    Ou seja, no caso da Piggly Wiggly, o cara colocou todo o patrimônio em jogo. Completamente diferente da atual situação dos adolescentes, que praticamente não arriscaram nada.

    Essa é exatamente a diferença entre os sistemas monetários.

    Quanto à Harlem Railroad, nada sei sobre ela.
  • Erick Skrabe  28/01/2021 23:33
    Sou da mesma opinião. Talvez fosse mais raro mas o mecanismo em sí não tem nada a ver com o lastro.

    No fim do dia o short consiste em vender algo que o investidor não tem. Como as ações em geral caem muito mais rápido do que sobem, quando dá certo é uma beleza.

    O problema é que o investidor parte do princípio que sempre haverá muita liquidez e que os stops irão protege-lo, se a ação subir. So que de tempos em tempos...
  • Flavio Moramgo  29/01/2021 03:29
    Fed is gonna Fed. Tá no preço, deal with it.
    A culpa do que aconteceu com o Melvin é só do Melvin.
  • Brasileiro Medroso  28/01/2021 19:28
    essa década sera a década de Bolhas, ou estou errado? Um próximo 2008 vira e não só no setor imobiliário, mas também de big techs.
  • Trader  28/01/2021 19:48
    Bolhas são inerentes ao sistema monetário baseado em papel-moeda estatal e de curso forçado. É uma inevitabilidade.

    A questão é que, se você souber surfar bem, consegue se aposentar.
  • Foi o Lockdown e não a pandemia  28/01/2021 19:29
    CORREÇÃO PARA O ARTIGO: Não foi a pandemia que gerou prejuizos foi o LOCKDOWN, o fechamento a curso forçado

    ''Com a pandemia de Covid-19, no entanto, a rede teve muitos prejuízos e anunciou que iria fechar 450 lojas em 2021''

    Correto:

    ''Com o LOCKDOWN imposto por governo durante a pandemia de Covid-19, a rede teve muitos prejuízos e anunciou que iria fechar 450 lojas em 2021''
  • Sardinha  28/01/2021 19:39
    Pessoal, tenho 20 mil reais pra investir, posso esperar entre 1 a dois anos para resgate (talvez mais mas so esperando pra ver). Quero resguardar o dinheiro, risco mediano estou disposto a correr, não quero ser corroido por inflação. Aonde eu surfo? Bolsa eu sou meio contra, CDB e LCI com juros compostos dão pouco pra 20k apenas....

    O que fariam?
  • Gustavo  28/01/2021 21:13
    Dois anos, com risco mediano? Compre IMA-B ou IMA-B 5+.

    Trata-se de uma cesta contendo todos os títulos públicos atrelados ao IPCA.

    São fundos de investimento negociados em bolsa (ETFs).

    Ticker:

    IMAB11
    IB5M11
  • Erick Skrabe  28/01/2021 23:27
    Bitcoin. E tá subindo de novo. Corre que ainda dá tempo.
  • anônimo  28/01/2021 23:43
    Uma galera do Wallstreetbets tá planejando fazer outro short squeeze, dessa vez no SLV, não custa nada ficar de olho nas ações.

    www.reddit.com/r/wallstreetbets/comments/l6novm/the_real_dd_on_slv_the_worlds_biggest_short/
  • anônimo  28/01/2021 19:59
    Tanto o short seller e short squeeze são consequências do excesso de liquidez. Apostar 130% contra uma empresa, é porque você está seguro que não vai quebrar. E está seguro que não vai quebrar porque tem alguém para te empresar, esse consegue cobrir porque o mercado está inundado de liquidez..

    Virou uma briga de quem infla mais; Não acho que tenha lado com fundamentos
  • Felipe  28/01/2021 20:33
    Artigo interessante.

    Isso que ocorreu com a Game Stop possui alguma similaridade com ataques especulativos, como os que ocorreram em moedas atreladas na década de 1990?

    O Peter fez uma análise boa:



    Recomendo verem também esse vídeo:

  • Ricardo Canan  28/01/2021 20:48
    Excelente artigo.

    Todavia, a parte final parte de um pressuposto que pode não se revelar verdadeiro.

    Não há certeza (portanto, há apenas suposição) de que investidores não saberão diferenciar empresar boas e ruins e que, por este motivo as ações se manterão altas.

    Limitar a atividade especulativa pode ser uma ótima oportunidade para verificar se os investidores são capazes de dar valor a empresas sérias, comprometidas com direitos das pessoas, do meio ambiente, e que atuam com responsabilidade social. É uma oportunidade, enfim, de verificar se somos capazes, enquanto humanos, de dar valor a quem nos respeita, ao invés de nos orientarmos pelo lucro fácil. Seria contrariar um dogma de Adam Smith. Há quem, como Amartya Sen, acredite possível.

    A testar.

    Grande abraço.
  • Meirelles  28/01/2021 21:14
    O que dá valuation às empresas é o sistema de preços livres, e não estes meros sentimentalismos que você elencou.

    Se o sistema de livre precificação (que envolve vendidos e comprados) for adulterado, então não há como corretamente se valorar as empresas.

    Todo o resto, aí sim, é mero achismo.
  • Ricardo Canan  28/01/2021 21:23
    Pode-se chamar "livre" um sistema altamente especulativo?

    Em tempo, o que mencionei não são "meros sentimentalismos". Integram cadeias de valor empresarial e sérias políticas de compliance. Muitas instituições financeiras liberam crédito somente quando respeitados e praticados estes "sentimentalismos".

    É preciso ter cuidado com as palavras e não esquecer que o que vale, no fundo, ainda é o mundo real, onde as coisas efetivamente acontecem. Não se regula o mundo pelo mercado, mas o mercado pelo mundo real, das pessoas.

    A atuação conjunta das "sardinhas" é prova disto.

    Grande abraço.
  • Meirelles  28/01/2021 21:51
    Meu caro, como você estima, avalia e precifica coisas sem o sistema de preços livres?

    Dica: se você souber uma resposta lógica e coesa, o Nobel de economia lhe espera.
  • Ex-microempresario  28/01/2021 22:42
    Corro o risco de ser injusto, estou fazendo uma suposição baseada na experiência:

    O Ricardo diz que " o que vale, no fundo, ainda é o mundo real, onde as coisas efetivamente acontecem"

    Para mim, isso significa que o valor da empresa vêm de produzir aquilo que os consumidores desejam.

    Mas algo me diz que para ele isso significa valorizar empresas que fazem propagandas politicamente corretas, tem cotas raciais e sexuais para contratar funcionários, dão dinheiro para ONGs falarem bem delas e mantêm estreitas relações com deputados e senadores que dizem que o estado é indispensável para "regulamentar" e "controlar" o mercado.
  • WMZ  28/01/2021 23:13
    Os grandes bancos fazem isso frequentemente.

    Quão grande é a dominância do capital bancário na Bovespa e qual é o nível de descolamento da realidade que o dinheiro dos bancos proporciona?

    Será que temos, na Bovespa, "vendedores de velas" (algo obsoleto) se passando por uma empresa produtiva qualquer por causa dos bancos? Se sim, tudo não passa de especulação.

    E quais são os impactos de termos o setor bancário, afiliado aos governos e repletos de dinheiro fácil, dominando as bolsas?
  • Ricardo Canan  29/01/2021 16:09

    O que quis dizer é que, para além de produzir o que os consumidores desejam, o valor da empresa também decorre de "como" são feitas os produtos que os consumidores desejam.

    Os casos de rápida desvalorização acionária de empresas que utilizam trabalho escravo (quando descoberto, claro), por exemplo, é uma prova.

    E não, não suponho haver publicidade enganosa de ações politicamente corretas ou "acertos" com políticos. Suponho que estas ações sejam reais e integrem a política das empresas.

    Agora, aproveitando o gancho, há que se ressaltar que a publicidade também serve para criar desejo, levando o consumidor a adquirir o que, em verdade, não precisa. A economia comportamental explica bem este fato que os publicitários já sabem de longa data.

    É uma equação difícil, esta de encontrar o valor real de uma empresa mas, repito, não é com a atividade especulativa que se encontrará.

    Abraços.
  • Estado o Defensor do Povo  29/01/2021 16:43
    Não foi o que ele falou, na verdade ele foi bem amplo nas suas sentenças, eu concordo com ele, mas acho que não é preciso ter cotas raciais e ser politicamente correto para ser uma empresa que "valoriza os direitos das pessoas".
  • EUGENIO  30/01/2021 16:21
    Se considerarmo riqueza, produtos e serviços desejáveis, desejados por consumidores e considerarmos meio ambiente e relacionamento social como uma forma de riqueza, NÃO CONTRARIA ADAM SMITH DE FORMA ALGUMA!
    O ponto chave é caracterizar o que considerar riqueza.

    Meio ambiente ecológico e meio ambiente social , se for desejável é uma forma de riqueza e como tal valorado e influi na valorização de bens ,ex uma mesma casa em lugar ecologicamente degradado e em embiente zelado e com cuidados tem valorizações diferentes!

    Um" clube social" de maconheiros esquerdistas , e outro de "gente fina" com as mesmas estruturas físicas e equipamentos,localização, tem valoração diferente.

    Não precisa explicar mais, certo?
  • EUGENIO  30/01/2021 16:30
    Impressionaaaante"

    Nos mostra o quão importantes são as sardinhas e tubarões, UNS NÃO VIVEM SEM OUTROS,mas a recíproca pode não ser verdadeira,pode alterar a existencia lógica da "cadeia alimentar",tanto no meio ambiente como na Bolsa.
  • Imperion  28/01/2021 22:39
    Não é motivo de orgulho. Enganaram muitos investidores pra fazer uma ação que não vale nada valer bilhões. E eles saíram ganhando. Vendem no topo. Só descobriram como fazer trapaça em grupo. Antes eram só os concentrados. E sabemos que quando se faz algo em grupo, se dilui a culpa.

    De novo tudo legalizado. Mas como se defender, do que parece algo ético, já que a maioria aprova?
  • WMZ  28/01/2021 22:48
    Engraçado, verifiquei vários comentários condenando a prática. Acusam de "especulação", de que é "cassino" etc

    Mas e quando o Estado faz políticas desenvolvimentistas, que falham,nas quais ele aposta a riqueza da nação em Novas Matrizes Econômicas, em PAC's, em "Campeãs Nacionais", em guerras, em 50 anos em 5 etc? Sendo que o prejuízo dessas políticas são socializados por anos de hiperinflação enquanto os lucros vão para políticos, funcionários públicos e empresários nababos?

    Ninguém fala nada!
  • Imperion  28/01/2021 23:40
    Infelizmente quem fala contra tudo isso nao detem a caneta
  • Erick Skrabe  28/01/2021 23:20
    Que artigo, Senhores, que artigo !
  • anônimo  28/01/2021 23:29
    Se bem que, quando o crescimento frear, eles não irão começar á vender? É apenas questão de tempo até quê o valor da ação despenque.
  • Dória  29/01/2021 00:11
    O site vai fazer um artigo sobre a nova burrice da greve dos caminhoneiros?
  • Leitor Antigo  29/01/2021 01:59
    Tudo aconteceu exatamente como foi previsto neste artigo:

    mises.org.br/article/2900/autoengano-por-que-as-medidas-adotadas-pelo-governo-nao-ajudarao-os-caminhoneiros

    E é exatamente disso que eles estão reclamando.
  • Lucas  30/01/2021 01:42
    O que os caminhoneiros querem, mas não têm a hombridade de assumir, é dificultar as coisas para os novatos e não perder privilégios. Aquela velha história de exigir regulamentações para se livrar da concorrência. Eu acompanho vários canais de caminhoneiros no YouTube e isso fica bem claro no discurso deles.

    Lembro-me que, há poucos anos eles viviam reclamando da falta de pavimentação da BR-163. Agora que asfaltaram lá, vi eles reclamando que o valor do frete caiu depois que a rodovia foi asfaltada. Segundo eles, antes da rodovia ser asfaltada, era possível cobrar mais caro, pois eram poucos os caminhoneiros que aceitavam enfrentar aquelas condições. Normalmente só os mais experientes que aceitavam. Agora que foi asfaltada, praticamente "qualquer um" consegue passar por ali sem problemas e a oferta naquela região explodiu. Aí eles estavam reclamando do pessoal jovem e mais inexperiente, que estavam cobrando muito mais barato pelo frete e tomando o espaço dos mais velhos e mais experientes. Obviamente, o pessoal mais novo consegue cobrar mais barato porque, geralmente, têm um custo de vida mais baixo. Já o pessoal mais velho, com família para criar e outras despesas têm um custo maior e não conseguem viver com o que os mais jovens vivem. Daí a exigência de coisas como o tabelamento do frete.

    No final das contas, quem faz esses protestos todos é só uma meia-dúzia que não aceita ser passado para trás por caminhoneiros mais novos e mais eficientes, que conseguiram diminuir os seus custos e operar por um preço mais significativo. Prova disso foi que, em 2018, não somente fizeram greve como também não deixaram os outros trabalharem, bloqueando rodovias e ameaçando de violência aqueles que queria continuar trabalhando. Ora, se fosse a "classe" inteira que estivesse insatisfeita, não seria necessário forçar os outros pararem, pois, se estes estivessem insatisfeitos também, adeririam à greve voluntariamente.

    Outra prova de que é só uma pequena parcela que está insatisfeita é uma informação que o ministro Tarcísio trouxe em uma live do Bolsonaro. Ele conta que, recentemente, os caminhoneiros fizeram uma enquete para discutir o tabelamento do frete. Segundo ele, 80% dos caminhoneiros que responderam à enquete se posicionaram contra a tabela de frete! De início até fiquei surpreso com esse resultado, mas, no fim fica claro que essa tabela prejudicou a maioria dos caminhoneiros e só veio para beneficiar uma minoria.

    Diante disso, como vi comentarem em outro lugar, no fim das contas isso tem tudo para ser uma "greve" que só existirá nas redes sociais.
  • Gustavo Henrique  01/02/2021 14:26
    Foram os únicos a se manifestarem de maneira contrária na última greve. Um grande erro da sociedade civil apoiar a greve.
  • Anti-BC  29/01/2021 00:53
    Leiam este artigo:

    mises.org/wire/gamestop-market-distortions-and-manipulations

    O que permitiu essa enorme exposição dos "tubarões" foi a gigantesca liquidez criada pelo banco central.
    O artigo aqui deveria ter tocado nesse ponto também.
  • Leitor Atento  29/01/2021 01:54
    Tipo assim, você pulou a seção "Os reais causadores" neste artigo? Viu aquele gráfico mostrando a expansão dos ativos do Fed e tudo mais? Pulou a parte em que o autor falou explicitamente sobre isso?

    O que mais faltou?
  • Anti-BC  29/01/2021 19:08
    O autor não disse que essa gigantesca exposição dos "tubarões" a elevados riscos foi propiciada pela enorme liquidez criada pelo banco central.
    Se não fosse essa gigantesca exposição dos "tubarões" a elevados riscos, nada disso teria ocorrido (ou isso, pelo menos, teria ocorrido numa dimensão muito menor).
  • Trader  29/01/2021 20:16
    Aí, nesse caso, você demonstra desconhecimento da teoria.

    Em um cenário de ampla liquidez monetária, ações tendem a subir. Logo, ficar "short" (como fizeram os tubarões) em um cenário de alta liquidez e com ações com tendência de alta não faria sentido.

    Os tubarões ficaram short nas ações porque entenderam que, mesmo com tamanha liquidez, a empresa ainda assim era ruim e estava com um valuation elevado e fora da realidade. Ficar short em uma empresa é a antítese da liquidez. Tal postura não tem nada a ver com liquidez.

    A liquidez fez diferença, aí sim, no comportamento dos squeezers. Não houvesse tamanha liquidez, os adolescentes não teriam dinheiro para ficar comprando ações e opções e, com isso, provocar um squeeze.

    Ou seja, a liquidez afetou o comportamento dos squeezers (os adolescentes) e não dos "shortistas" (tubarões). Os tubarões, aliás, adotaram uma postura que mais coerente com um ambiente de baixa liquidez. Eles ficaram short apesar da liquidez, e não por causa dela. Não houvesse a liquidez, certamente estariam ainda mais short.

    A liquidez, em suma, gerou o short squeeze, e não o short.

    Você, em suma, errou na teoria e está exigindo que o autor fizesse o mesmo.
  • anônimo  29/01/2021 20:19
    Prezado Anti-BC, tudo o mais constante, em cenário de expansão monetária e alta liquidez, você não faz short.

    Você só fará short, aí sim, se a empresa realmente for muito ruim e estiver extremamente sobrevalorizada. Aí sim vale a pena o risco.

    Mas o observe que, nesse caso, o short seria apesar da liquidez e não por causa dela.

    A liquidez causa o short squeeze (porque estimula alta de ações) e não o short per se.
  • Anti-BC  02/02/2021 18:51
    Mas, com essa liquidez toda, os "tubarões" sabem que podem arriscar muito além do razoável. Sabem que serão socorridos com "mais liquidez" advinda do banco central.
  • Estado máximo, cidadão mínimo.  29/01/2021 11:55
    Quando o governo faz de tudo e mais um pouco para transformar a moeda em algo descartável os resultados não tardam em aparecer. De qualquer forma, o beautiful people está provando de seu próprio veneno.
  • Guilherme  29/01/2021 18:36
    "É provável que fóruns de discussão sejam fechados"

    Além de terem banido o grupo do Reddit, saiu agora:

    Facebook remove temporariamente grupo que debatia sobre ações da GameStop

    Já nem disfarçam mais.
  • Imperion  29/01/2021 19:24
    O jeito é ir pra deep web. A surface web ta se tornando o clube do bolinha.
  • anônimo  29/01/2021 22:39
    reddit é uma plataforma como qualquer outra
    existe uma indústria muito forte que advoga nas plataformas mais populares e não é todo lugar que você pode discutir o que bem entender sem ser banido ou retaliado
    a novidade é a turma que tá sendo alvo
    essa é a beleza das redes p2p, não fica alguém de trás das cortinas com uma tesoura
  • anônimo  30/01/2021 05:19
    Como assim baniram o grupo do Reddit? Até agora aquele grupo permanece intacto. www.reddit.com/r/wallstreetbets/
  • Guilherme  30/01/2021 15:52
    Ali foi engano meu. O fórum ficou chegou a ficar modo privado para que reguladores não pudessem ler (e eu achei que tivesse sido banimento). Foi uma medida inteligente, mas que reduziu enormemente o alcance da coordenação para um novo squeeze. Em todo caso, bom saber que ao menos ali ainda existe liberdade.
  • Carol Medina  29/01/2021 20:11
    Não há e nunca houve mecanismo melhor que o tempo para mostrar empresas boas ou ruins; Esqueçam os shorts. Cotações acompanham resultados.
  • Ninguém Apenas  29/01/2021 22:16
    Concordo com você, mas a manipulação monetária pode fazer a irracionalidade durar um tempo um tantinho grande. Alguns casos será necessário mais de 20 anos para que isso aconteça.

    Tudo depende da intensidade e o período de duração de uma política insensata.
  • Carol Medina  30/01/2021 12:00
    Concordo. E também, se a pessoa depende dos rendimentos dos investimentos em ações para pagar as contas, sim é complicado.
  • Josão  29/01/2021 23:46
    Somente seremos livres quando tivermos uma economia inteira rodando em blockchains descentralizados
  • Gustavo Henrique  01/02/2021 13:43
    Uma dúvida meio idiota:

    Obviamente a loja de games tá fadada ao fracasso... nas gerações mais recentes de video games a tendência é a compra dos jogos virtualmente e não fisicamente. Aqueles que gostam da mídia física conseguem comprar em sites como da Amazon, que entrega em poucas horas nos EUA.

    Sem haver uma intervenção estatal, seria questão de tempo para que as ações voltem a cair certo? Em tese, essas pessoas não tem motivos para tomar prejuízos para se manter na briga por uma empresa "quebrada".
  • Fernando  01/02/2021 14:58
    "Sem haver uma intervenção estatal, seria questão de tempo para que as ações voltem a cair certo?"

    Sim, mas até lá muito fundão quebra (com a pensão de vários cidadãos comuns). E não se esqueça: quem está short em algum momento terá necessariamente de recomprar a ação. Isso faz com que a queda possa demorar bastante.

    "Em tese, essas pessoas não tem motivos para tomar prejuízos para se manter na briga por uma empresa "quebrada"."

    Fundão já levou prejuízo. Já os causadores do squeeze estão nessa por pura diversão, consequência da expansão monetária, do cheap money e do auxílio emergencial de 2 mil dólares. Eles não têm nada a perder e estão jogando com o dinheiro gratuito que receberam do governo.

    Começou a entender uma das consequências da expansão monetária?
  • Imperion  01/02/2021 17:49
    Subiu porque compraram. A demanda faz subir os preços. Vai cair quando venderem. A questão é que os EUA imprimiram mais dólares no ano passado que em 50 anos. Mas esse dinheiro todo não vazou pra economia (senão teria inflação), porque o Fed paga juros para os bancos deixarem o dinheiro parado.

    E nos últimos anos o BC tá comprando títulos com os dólares. 42 por cento da bolsa americana foi já comprado. Por isso falam que a economia americana tá japonificando.

    Então: imprime dinheiro pra estimular a economia, mas esse dinheiro vai pra títulos, imprime mais, vai pra títulos. Parece que armaram um novo esquema pra comprar as bolsas e estimular sua subida.

    Como a valorização é por impressão de dinheiro, mais pra frente, pela teoria do ciclo econômico, vai ocorrer queda. Principalmente nessa ação da Gamestop , que fundamentalmente não vale o preço da valorização.
  • Sadib  01/02/2021 19:15
    Imperion, podemos dizer realmente que esse dinheiro não vazou na pra economia?

    Quando vemos o money supply em 2020, ele cresceu absurdamente, diferente de 2008.

    tradingeconomics.com/united-states/money-supply-m2

    Dessa vez será diferente?
  • Imperion  02/02/2021 03:30
    Se tivesse vazado, a inflação do dólar seria grande. Fique de olho nas reservas dos bancos (se o Fed zerar a taxa de juros paga pra ficar tudo parado nos bancos, estes não terão motivos pra segurar. Essa atualmente é a taxa que tem mais peso na economia americana.) E de lá pra cá é tanto dinheiro impresso que o dólar é uma represa abarrotada e essa taxa é a comporta.

    O que eu vejo: eles não param impressão, então pra não vazar pra economia, cada vez mais eles aumentarão a taxa.

    O esquema é imprimir muito e comprar título. Bolsa batendo recorde e tudo indo pras mãos do fed. Japanificação em grande escala da América.
  • EUGENIO  03/02/2021 16:20
    "......a inflação do dólar seria grande..."

    quer dizer se houvesse vazado ,haveria INFLAÇÃO DO DOLAR, e o valor do dolar seria menor,muita oferta..., é isso?
  • Imperion  01/02/2021 18:56
  • anônimo  01/02/2021 21:43
    Eu já sabia que isso ia acontecer, a galera do Wallstreetbets já estava planejando isso desde á quinta-feira passada, só não participei pra ganhar uma grana por motivos pessoais, mas eu até avisei aqui:


    anônimo 28/01/2021 23:43
    Uma galera do Wallstreetbets tá planejando fazer outro short squeeze, dessa vez no SLV, não custa nada ficar de olho nas ações.

    www.reddit.com/r/wallstreetbets/comments/l6novm/the_real_dd_on_slv_the_worlds_biggest_short/
  • Adikson  04/02/2021 12:41
    Me pareceu o artigo menos liberal do site.

    Que diferença faz se os especuladores estão usando padrão-ouro, dólar ou sacas de sal?

    Pra mim, parece estar pedindo mais regulação ao mercado, mas não teve coragem de escrever as palavras (pra não deixar de ser "o liberal").

    Essa defesa do Melvin, dizendo que os short sellers são "os grandes formadores de preço do mercado", não colou.

    O mercado não precisa de fundos bilionários shorteando 140% do volume das ações pra poder formar preços.

    Fora isso, excelente artigo!!!

  • Trader  04/02/2021 14:18
    "Que diferença faz se os especuladores estão usando padrão-ouro, dólar ou sacas de sal?"

    Frase esquisita, sem nexo e sem contexto. Em algum ponto foi dito algo a esse respeito?

    "Pra mim, parece estar pedindo mais regulação ao mercado, mas não teve coragem de escrever as palavras (pra não deixar de ser "o liberal")."

    O artigo inteiro é uma defesa da liberdade de mercado e um ataque às pessoas que querem proibir short selling e short squeeze. Se você entendeu o oposto, então está com sérios problemas de interpretação de texto.

    "Essa defesa do Melvin,"

    Gentileza apontar onde houve defesa da Melvin.

    "dizendo que os short sellers são "os grandes formadores de preço do mercado", não colou."

    Short seller dá liquidez ao mercado. Não é a Melvin, é qualquer investidor que faz short. Fazer short reduz o risco das carteiras, traz liquidez aos mercados e permite estratégias eficientes. Esses arbitradores trazem liquidez e, no geral, conduzem o mercado ao equilíbrio.

    Aliás, lendo a sua frase acima, dá a impressão de que é você quem quer regular o mercado e proibir o short seller, o que o torna um tanto bipolar.

    "O mercado não precisa de fundos bilionários shorteando 140% do volume das ações pra poder formar preços."

    Diga de novo: quem realmente é o não-liberal aqui, que está pedindo mais regulação?

    Se a sua frase acima não é uma defesa da regulação, passou raspando…
  • Ricardo Rocha  04/02/2021 14:28
    Duas coisas:

    1º Se os tubarões apostaram na queda das ações e essa sua aposta gerou uma oportunidade para outros apostarem na alta, os tubarões que paguem a conta. É da natureza das apostas que elas podem ser perdidas. Isso talvez seja um incentivo para os especuladores fazerem movimentos menos arriscados.

    2º Não existe a possibilidade dos fundos também manipularem os preços, forçando a baixa nas ações e, assim, obterem o lucro esperado? Por exemplo, quando um figurão vai à imprensa e fala que o preço de uma ação vai cair, isso não é um movimento calculado para fazer com que muitas pessoas vendam as ações que possuem, forçando a baixa dos preços? Se isso é possível e for de fato feito, é manipulação tanto quanto o movimento das sardinhas o foi.

    O que acham?
  • Trader  04/02/2021 15:09
    1) Correto.

    2) Isso acontece diariamente. Todos os dias, a "imprensa especializada" solta uma lista das "ações que irão subir". Bancos fazem a mesmíssima coisa. É óbvio que já estão comprados nestas ações, e esperam que a sardinhada toda compre para que então os tubarões possam vender.

    Mas como essa é uma "manipulação de alta", ninguém liga. As pessoas só ficam putas quando as ações caem.
  • Ricardo Athyla  05/02/2021 16:30
    Trader,

    1)O que significa a Melvin operar "acima do Float"?

    2)Existe algum curso "simples e objetivo" sob Trader que vc conheça?

    Abraços.
  • Trader  05/02/2021 18:46
    1) No caso, a Melvin tinha vendido mais ações do que as que existiam e estavam "flutuando" no mercado (floating é a quantidade de ações em circulação). Que é o que chamam de "naked short selling". Tentam criminalizar isso, mas é absolutamente normal.

    2) Eu poderia citar os básicos, como "Candlestick: um Método Para Ampliar Lucros na Bolsa de Valores" e "Análise técnica dos mercados financeiros", mas nada substitui a prática.
  • anônimo  05/02/2021 20:40
    Trader.

    Boa tarde.

    Quando você diz "imprensa especializada solta uma lista das ações que irão subir" qual a imprensa que você refere ?

    Digo isso pois sempre recebo e-mails de casa de análises (ou research) com esses títulos no corpo do e-mail (ações que irão subir, fundos de investimentos, etc).

    OBS: Alguém utiliza esses serviços de casas de análises e se são confiáveis ?

    Desde já agradeço.
  • Trader  05/02/2021 21:00
    Bancos e casas de análise soltam a lista e a imprensa repercute.

    Ou então veículos especializados (como Infomoney, Money Times, Seu Dinheiro, Exame, IstoÉ Dinheiro) entrevistam "especialistas" (que já estão comprados) e soltam a lista.


    P.S.: não acho que isso deva ser considerado crime. Estou apenas apontando o duplo padrão moral de alguns.
  • anônimo  07/02/2021 10:16
    Trader.

    última dúvida: Já que o Bitcoin está na faixa de R$ 200 mil (há especialistas dizendo que pode valorizar ainda mais em 2021), há outra criptomoeda que pode ser valorizada nos próximos anos ?

    Digo isso para reserva futura (conforme citado em outros comentários).

    Desde já agradeço sua resposta e sua atenção.
  • Isabella  08/02/2021 14:10
    Olá Trader, a alta do Bitcoin foi surreal, confesso que temi uma queda na mesma proporção, astronômica.

    De qualquer forma, sobre sua pergunta, outra criptomoeda é a Ethereum ou Ether que teve uma alta de cerca de 28% só no começo de 2021 segundo a blog.bitpreco.com/criador-do-ethereum/ e pelo que venho acompanhando ela está próxima de bater a alta histórica de R$ 10 mil.

    Vale a pena pesquisar um pouco mais, ao que tudo indica que será uma das maiores criptos. :)
  • Matheus  08/02/2021 10:16
    Tem uma matéria do estadão dizendo que no Brasil short squeexe é crime com pena de um a oito anos.
    Tentaram fazer isso com a IRB seguros.
    Eu não tenho dúvidas que o cartel dos 5 bancos faz isso de manipular os preços o tempo todo mas em segredo...
    Se as sardinha quiserem fazer isso no Brasil pode dar cadeia.
    Link da matéria: einvestidor.estadao.com.br/comportamento/advogados-explicam-por-que-short-squeeze-e-ilegal/
    No final do dia é um jogo injusto que só os tubarões ganham.
  • Trader  08/02/2021 14:36
    Não tem nada disso de "short squeeze" ser ilegal. Até porque seria uma completa insanidade.

    O que a reportagem diz é que atuações deliberadas e orquestradas para manipular preços são ilegais. É também um absurdo, mas é um tanto diferente de dizer que "short squeeze" é ilegal.

    Não confunda as coisas.

    P.S.: short squeezes acontecem frequentemente na B3. Se fossem proibidos, então shortear ações seria uma atividade de risco zero.
  • Ex-microempresario  08/02/2021 16:06
    No Brasil, qualquer coisa que alguém fizer pode ser proibida, porque certamente haverá uma lei com as palavras mágicas "a critério da autoridade competente".

    Se for do interesse de algum funça importante, você pode ser processado até por respirar. Só precisa um pouquinho de imaginação para interpretar o seu consumo de oxigênio como algo que é regulamentado pelo governo e portanto necessita de carimbos, autorizações, cadastros e alvarás.
  • Eduardo Mendes  09/02/2021 15:54
    Bitcoins também podem ser controlados pelo sistema, certo?


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.