clube   |   doar   |   idiomas
Mercado melhora projeções para alta do PIB em 2019 e 2020

Os economistas das instituições financeiras elevaram a expectativa para o crescimento do PIB em 2019, de 1,10% para 1,12%. A perspectiva para a inflação (IPCA) no final do ano subiu de 3,84% para 3,86%. Já a estimativa para a cotação do dólar foi mantida em R$ 4,15.

Nas projeções para 2020, o mercado subiu a expectativa de alta do PIB de 2,24% para 2,25%. A perspectiva para a inflação permaneceu em 3,60%. Já a taxa básica de juros (Selic) deve ficar em 4,5% ao ano e o dólar cotado a R$ 4,10.

As informações constam no boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (16) pelo Banco Central.

https://www.moneyreport.com.br/economia/mercado-melhora-previsoes-para-alta-do-pib-em-2019-e-2020/


autor

Money Report
Money Report é uma plataforma de comunicação que envolve Portal de notícias.

Do ponto de vista editorial, Money Report defende a redução do tamanho do estado, o livre mercado, a democracia e o estado de direito.



  • Alcides Menegatti  16/12/2019 18:55
    Engraçado como nesse site existem artigos que demonstram que o PIB é, sem dúvida, um dos piores indicadores econômicos utilizados ao redor do mundo, por governos que pretendem elevar a expectativa do povo e assim reforçar sua "legitimidade" e mesmo assim o próprio Mises Brasil o divulga de certa forma de maneira positiva. (www.mises.org.br/article/2783/os-cinco-graves-problemas-com-o-pib)
  • Ombud  16/12/2019 19:23
    Prezado, o texto acima é simplesmente uma notícia de um site jornalístico (Money Report) com o qual o IMB tem uma parceria de divulgação. O Instituto não tem, e nem quer ter, qualquer influência sobre a linha editorial dele. Assim como ele não tem nenhuma sobre a nossa.

    Como dizem vários leitores aqui, mais atenção na próxima.
  • Pobre Paulista  17/12/2019 01:30
    Adiciono que essas duas colocações não são contraditórias. Dado que o mercado aceita o PIB como mensuração de riqueza, e o mesmo mercado diz que espera um aumento do PIB, a mensagem que se passa é que existe um otimismo do mercado em relação ao Brasil. Esse otimismo independe de como o PIB é mensurado ou de sua eficácia em representar a riqueza.
  • Alcides Menegatti  18/12/2019 18:25
    Não tinha conhecimento que o Money Report era outro site separado, por isso achei estranho o texto e admito o erro de relacioná-lo ao IMB.

    Mas, não se atendo a isso, acredito que utilizar o PIB para demonstrar que o mercado está favorável, é forçar o contexto. O percentual de uma região pode aumentar se por exemplo, o governo injetar dinheiro no mercado, o que todos sabemos que não chega a lugar algum, ou ainda aumentaria a inflação e por consequência, prejudicaria o mercado.


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.