clube   |   doar   |   idiomas
sexta-feira, 28 fev 2014
113º Podcast Mises Brasil - Eduardo Cesar Maia

logo_baixa.jpgPODCAST 113 – EDUARDO CESAR MAIA

 

A cada dia se esvazia a crítica de que os defensores das ideias da liberdade se limitam a considerar, analisar e divulgar os seus aspectos políticos e econômicos. Tem crescido o número de liberais, libertários e Austríacos preocupados em trabalhá-las sob os primas históricos, jurídicos, filosóficos, de relações internacionais e culturais. Um bom exemplo disso são os estudos literários do jornalista, mestre em Filosofia da Estética pela Universidade de Salamanca e doutor em Teoria Literária pela Universidade Federal de Pernambuco, Eduardo Cesar Maia.

 

Em sua tese de doutorado Crítica e Contingência, Eduardo empreendeu uma abordagem liberal acerca das possíveis contribuições da tradição intelectual humanista e de seus valores para a crítica literária contemporânea alicerçadas nas obras do espanhol José Ortega y Gasset e do brasileiro Álvaro Lins. Ambos os intelectuais foram defensores da liberdade e críticos do estado.

 

Em entrevista a este Podcast, Eduardo, colaborador da revista Continente e produtor do programa Café Colombo, enquadra teoricamente a tradição humanista e opina sobre a possibilidade de verificar se houve uma influência cultural negativa da literatura e das principais correntes de teoria literária, que, segundo ele mostrou na tese, estariam contaminadas pelasmentalidades cientificista, racionalista, positivista e das mais diversas formas de radicalismo ideológico.

 

A conversa também abordou o problema do uso ideológico da literatura, convertida em panfleto, e dos intelectuais que, em maior ou menor grau, utilizam seus talentos com uma finalidade política para defender a intervenção ou a servidão. Eduardo, organizador da coletânea Álvaro Lins - Sobre Crítica e Críticos, critica a literatura engajada, mas não tem dúvidas em afirmar que “o artista que não defende a liberdade é um antiartista”.





  • José Ricardo das Chagas Monteiro  01/03/2014 23:12
    Saudações, Bruno, gostei, liberdade como pano de fundo em tudo , sem amarras.
    Mandou bem.


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.