clube   |   doar   |   idiomas
sexta-feira, 31 jan 2014
109º Podcast Mises Brasil - Roberto Lacerda Barricelli

logo_baixa.jpgPODCAST 109 - ROBERTO LACERDA BARRICELLI

 

À medida em que conhecia autores liberais e lia o site do Instituto Mises Brasil, o jornalista Roberto Barricelli percebia o quanto as ideias da liberdade e a Escola Austríaca eram os instrumentos mais adequados para analisar a situação política e econômica brasileira. De posse das teorias adequadas, passou a coletar informações que serviram de base para a elaboração do livro O Estado Intervencionista Brasileiro, um esforço para apresentar de maneira clara e informativa as diversas intervenções estatais e as consequências para a sociedade brasileira. Ao longo de 15 capítulos, Roberto também aborda temas como dívida pública, impacto dos impostos no PIB, monopólio, protecionismo, subsídios, livre mercado, funcionalismo público, censura, Petrobras, assistencialismo eleitoral, proibicionismo.

 

Neste Podcast, o jornalista fala sobre a ideia central do livro, cita as intervenções que considera mais nefastas, aborda a influência das ingerências estatais e dos consequentes incentivos desse ambiente econômico no comportamento anticapitalista de uma parcela dos empresários brasileiros, aponta os segmentos econômicos mais privilegiados com subsídios no Brasil e de que forma essa política prejudica os brasileiros com a justificativa furada de proteção à economia nacional e explica por qual razão afirma que o PT está conduzindo o país rumo a uma versão atualizada do comunismo.







  • Bruno D  31/01/2014 16:02
    Se 1% dos Jornalistas fossem que nem ele acho que já estava bom, hoje o Jornalista não sabe nem escrever imaginem pesquisar, estudar, comparar dados etc.

    O Brasil já é comunista meus caros...
  • Pedro Ivo  03/02/2014 12:27
    Um por cento ?!?!?!Sinto muito, mas você está simplesmente errado. O fato é estarmos tão acostumados com 'ruimdade' que aceitamos nos contentar com qualquer esmola, que é justamente o que significa 1%. É de tanto nos contentarmos com migalhas e fazermos recuos táticos que chegamos nesta maldita situação global de pobreza conceitual. Vide Em defesa do idealismo radical .


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.