clube   |   doar   |   idiomas

Obra magna de Ludwig von Mises, um dos maiores economistas da História, A ação humana pode ser considerado um dos pilares da ciência econômica do século XX. O livro, um tratado econômico, centra-se na refutação das teorias que excluem a participação humana dos processos econômicos. O núcleo do pensamento do autor é a Teoria da Ação Humana, ou Praxiologia, a ciência geral que ele busca explicar. Para ele, tudo que procuramos estudar em economia origina-se da escolha individual. O homem não escolhe apenas entre diversos bens e serviços, todos os valores humanos lhe são oferecidos como opção e submetidos às decisões individuais: o princípio da responsabilidade. Portanto, a teoria da escolha é muito mais do que o lado “econômico” do empreendimento humano – é central a toda a ação humana: a ação dos indivíduos. A ação humana é uma obra-prima da filosofia econômica, podendo ser lido tanto por acadêmicos quanto por cidadãos comuns que busquem entender o fenômeno dos preços, da inflação, da livre iniciativa, do Mercado como um todo: nada escapa à lente de von Mises.

Baixar PDF.png



Sobre o autor

Ludwig von Mises  foi o reconhecido líder da Escola Austríaca de pensamento econômico, um prodigioso originador na teoria econômica e um autor prolífico.  Os escritos e palestras de Mises abarcavam teoria econômica, história, epistemologia, governo e filosofia política.  Suas contribuições à teoria econômica incluem elucidações importantes sobre a teoria quantitativa de moeda, a teoria dos ciclos econômicos, a integração da teoria monetária à teoria econômica geral, e uma demonstração de que o socialismo necessariamente é insustentável, pois é incapaz de resolver o problema do cálculo econômico.  Mises foi o primeiro estudioso a reconhecer que a economia faz parte de uma ciência maior dentro da ação humana, uma ciência que Mises chamou de "praxeologia".


ADICIONAR À MINHA BIBLIOTECA