FORMULÁRIO DE CONTATO

Envie-nos sua mensagem e entraremos
em contato o mais breve possível.


Nome 


Email 


Mensagem 





Instituto Ludwig von Mises Brasil
Fone: +(5511) 3704-3782
E-mail: contato@mises.org.br
Tem também esse aqui. Quatro anjos espancam uma senhora de idade pelo crime de ser dona de uma loja.

twitter.com/QTRResearch/status/1267213604228603904

Vamos aguardar o posicionamento dos "defensores da democracia".
"Exatamente desse jeito. No fundo a midia luta pela censura da internet porque sabem wue estao perdendo mercado e muitos querem o monopolio exclusivo da informaçao e noticia. A midia morre de medo da internet hoje poque ela superou a midia. ...."
Concordo plenamente com voce.
Foda são os esquerdopatas que não conseguem ver o óbvio
Vamos aguardar o tal Anonymous se manifestar sobre esse vídeo (a vítima era o dono de uma loja que apenas queria proteger sua propriedade contra esses seres angelicais):

twitter.com/stillgray/status/1266929563046576128
Nojentos demais...
É simplesmente inacreditável a hipocrisia desses esquerdopatas
Boa pergunta. Também queria saber se os incentivadores e os participantes dessas aglomerações serão chamados de "genocidas" pela mídia e pelo "beautiful people" do Twitter.

Devo esperar em que posição para que isso aconteça: deitado ou desmaiado?
Usando uma frase da própria esquerda, "estamos vivendo tempos sombrios".

Abrir o seu comércio e viver sua vida baseado nos lucros auferidos pelo mesmo? Não!

Assaltar, queimar, agredir e destruir tudo a sua volta? Perfeitamente aceitável sob qualquer circunstância!

Bizarro...
Porque nos EUA o setor energético é livre. Não só há uma intensa concorrência entre as várias refinarias do país (todas privadas), como também qualquer um pode entrar no ramo da distribuição e do varejo. Qualquer birosca de beira de estrada tem uma bomba de combustível.

Havendo tanta concorrência, qualquer queda no preço do barril de petróleo é imediatamente repassada. Quem não repassa a queda de preço perde clientela para a concorrência.
E a guerra de preços entre os postos é tão intensa, que os preços variam no diariamente. Li na Fox News que os preços da gasolina são mais baratos na segunda-feira de manhã, que é quando os postos têm de se livrar dos estoques não consumidos no fim de semana. Quem acorda mais cedo na segunda e sai pra abastecer se dá bem.

Aqui no Brasil, só a Petrobras detém as refinarias e ela faz o que quer. E há somente três grandes distribuidoras (a própria Petrobras, Shell e Ipiranga). Aí acabou.
Ignore essa gente. Para seu próprio bem. São completamente doentes, ano no sentido patológico quanto no sentido psicopático do termo.

Bolsonaro bebeu leite, junto a dois outros ministros, em uma live, como resposta a um desafio bem-humorado feito por representantes da agricultura.

revistagloborural.globo.com/Noticias/Criacao/Leite/noticia/2020/05/bolsonaro-e-tereza-cristina-participam-do-desafio-do-leite.html

Aí os doentes — comandados por Fernando Haddad, que felizmente não venceu as eleições (acordo de joelhos todos os dias em agradecimento a isso) — inventaram que beber leite é coisa de nazista! Juro que é verdade. Esse é o nível dessa gente. Aí eles são ridicularizados por serem esses imbecis que são, e aí ficam dodói e saem dizendo que isso é "discurso de ódio".

Nunca vi gente tão derrotada em meus 55 anos de vida. E olha que eu torço pro América-RJ…
Já abordado aqui:

www.mises.org.br/article/3214/para-que-serve-a-liberdade-de-expressao--e-quais-os-seus-limites

Se João jura Pedro de morte ou promete agredi-lo fisicamente, João está, de livre e espontânea vontade, deixando explícito que irá ou retirar a vida de Pedro ou atentar contra a propriedade de Pedro (seu corpo). João, o agressor, está de livre e espontânea vontade confessando sua intenção de matar ou agredir Pedro.
Sociedades decentes criminalizam tal ameaça. No entanto, vale dizer que, em legítima defesa, Pedro está liberado para se antecipar e fazer o mesmo com João.

Quanto ao exemplo prático que você citou da mulher espancada por populares em 2014, ué, isso ocorreu exatamente sob o arranjo atual, que tipifica a calúnia como crime. E aí, o que houve? O estado falhou? Tipificar a calúnia como crime não era exatamente para evitar esse tipo de coisa?

Defensores da supremacia do estado devem explicações.
"Só complementando, Vladmir: 1) Funcionários públicos ASSASSINARAM um indivíduo inocente, SÓ POR QUE ERA NEGRO"

Interessante. Eu visualizei o crime e o condenei veementemente. Já você visualizou apenas a cor do indivíduo, e já saiu fazendo perorações a respeito. Quem é o racista?

Em vez de enxergar e condenar o crime, você se preocupou apenas com a cor do cidadão. E se fosse um policial negro e a vítima branca? Você faria a mesma afirmação? Eu faria a minha mesmíssima afirmação. Já você iria antes se consultar com o que manda o manual do politicamente correto.

Que lástima de ser humano é você.

"Coloca-se uma normalidade a um crime absurdo que é deprimente"
Eu condenei veementemente. Já você apenas fez panfletagem por causa da cor da vítima, como se isso fosse mais importante do que o crime em si. Se a vítima fosse branca e o criminoso fosse negro — como, aliás, está ocorrendo exatamente agora nos EUA, com vários vídeos do YouTube mostrando negros espancando e chutando a cabeça de brancos inertes —, você estaria quieto, consultando o manual do politicamente correto para ver como se posicionar.

"Pra quem compara homossexuais à supremacistas brancos (só pra desenhar: um é criminoso asqueroso o outro não) não me impressiona em nada."

Comparar? Não sei onde você viu isso. Mas é normal essa sua calúnia. É coisa de covarde desesperado.

No mundo que eu defendo, um cristão tem o direito de não fazer bolo para um casamento gay, assim como um gay tem o direito de não fazer um bolo para um casamento de homofóbicos. A liberdade de associação deve ser plena.

E no seu mundo? Um barbeiro judeu deve ser obrigado a cortar o cabelo de um eventual skinhead que nunca agrediu ninguém? Você acha que sim.

"Parecem que não sabem que em 4 dos últimos cinco séculos vivemos um escravagismo negro nas Américas."

Nas Américas e também na própria África, onde negros comercializavam negros. Estude sua história direito.

"Em mais metade do século passado vivemos períodos de eugenia e segregação racial ratificada pelo Estado (ratificado não instituído). Preciso mesmo desenhar isso?"

Você corretamente condena o estado e o aponta como o sancionador da situação, e em seguida afirma que este mesmo estado tem o direito de punir associações voluntárias? É isso?

"Quando o vandalismo é pra destruir a propriedade de quem fez um vídeo inocente e de ficção e o nosso líder mor e então superministro se calam e deixam o autor crime fugir pra Rússia, aí não tem problema o vandalismo, é isso?"

Juro que não faço a mais mínima ideia do que você está falando. E nem sobre quem.
Eu também bebo leite. Alguém pode por favor parar o mundo e me explicar por que beber leite virou crime? Se eu beber leite amanhã de manhã serei um criminoso? É isso?

Máscaras? Sim, os antigas da Paulista estavam todos de máscaras e camisas pretas.

Ódio aos indígenas? Desconheço. Poste aqui links comprovando que está havendo ódio aos indígenas.

De resto, a única coisa anormal é a sua lógica.
Não é muito diferente do que ocorreu em 1992 em Los Angeles. Agora parece que milícias civis estão também se formando. Em Los Angeles, os sul-coreanos se armaram e mandaram esses bárbaros aos dejetos. Só os civis se armarem que esses bandidos saem correndo de medo.

No Brasil é claro que fazer isso é pedir para ter dor de cabeça jurídica (isso se não for preso).
São nojentos. É assim mesmo.
Só complementando, Vladmir:
"1) Funcionários públicos ASSASSINARAM um indivíduo inocente, SÓ POR QUE ERA NEGRO

2) O estado PROTEGEU E ACOBERTOU esses funcionários públicos. "

Coloca-se uma normalidade a um crime absurdo que é deprimente
Pra quem compara homossexuais à supremacistas brancos (só pra desenhar: um é criminoso asqueroso o outro não) não me impressiona em nada.
Parecem que não sabem que em 4 dos últimos cinco séculos vivemos um escravagismo negro nas Américas. Em mais metade do século passado vivemos períodos de eugenia e segregação racial ratificada pelo Estado (ratificado não instituído). Preciso mesmo desenhar isso?

Ps: Quando o vandalismo é pra destruir a propriedade de quem fez um vídeo inocente e de ficção e o nosso líder mor e então superministro se calam e deixam o autor crime fugir pra Rússia, aí não tem problema o vandalismo, é isso?
"O menino que descobriu o vento"
Esse filme é sensacional. Todos deveriam assisti-lo.
Tenho algumas ressalvas a este tema:

Discursos que contenham ameças físicas para outros indivíduos devem ser permitidos? Eu acho que ninguém deve ter o direito de ser ameaçado fisicamente.

Em relação a questão da calúnia e difamação, acredito que deve haver punição sim. Pois muito dessas discursos podem gerar consequências gravíssimas para as vítimas. Um exemplo que ocorreu em 2014: Uma mulher foi espancada por populares e acabou falecendo, pois se espalhou boatos na internet de que ela sequestrava crianças e fazia magia negra. Ficou comprovado que isso tudo era falso. (O fato de "sequestrar as crianças" se enquadraria como uma calúnia, e "fazer magia negra" como difamação).


É mesmo, seu Drink Coke?

Você prefere a imprensa que faz fake news a um youtuber que mostra suas fontes?

Dá aqui uma olhada na diferença...

www.youtube.com/watch?v=Cs3LpbBJeuI&t=613s
Acabou a pandemia, senhores. Como podemos ver (aqui, aqui, aqui e aqui) não existe mais apelo para o "distanciamento social". Como num passe de mágica, todos que estavam, de forma radical, defendendo que todos ficassem em casa agora defendem manifestação de "antifas".

Cadê as manchetes pedindo distanciamento social, chamando os "manifestantes" de "genocidas" por se aglomerarem no meio da pandemia?

Não tem, né? Pelo contrário, passam pano para tais manifestações. O negócio está escancarado mesmo e nem escondem mais.
Interessante isso. Por que os preços da gasolina nos EUA oscilam o tempo todo nos postos? Isso se deve ao fato de a cadeia produtiva do petróleo ser distinta? Porque essa fenômeno não acontece nos preços das coisas no supermercado, por exemplo.

Interessante que onde eu morava, tinha gás encanado em toda a casa, às vezes aparecia gente para fazer manutenção no encanamento de gás. Chuveiro era a gás, esquentava sem birra mesmo no frio. Agora o fogão era elétrico mesmo, muito melhor que o fogão a gás daqui. Botijão de gás eu já vi em farmácias e supermercados, mas nunca em residências.

Um absurdo, Brasil ter uma matriz de energia hidrelétrica com alto potencial, e a gente pagar caro nas tarifas. Com certeza Bolsonaro seria reeleito se ele desburocratizasse esse setor. Ainda mais que as casas brasileiras não consomem tanta energia quanto as americanas.
Infelizmente os comentários deste artigo mostram que muitos brasileiros ainda acham que a moral é propriedade dos políticos, e que são as leis e decretos feitos por eles que determinam o que é certo e o que é errado.