clube   |   doar   |   idiomas

14/08/2019 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

Em junho, foi revelado mais um tombo que os contribuintes tomaram. Descobrimos que o BNDES possui um crédito de R$10 bilhões a receber da Odebrecht, que protocolou pedido de recuperação judicial — eufemismo para "não tenho como pagar o que devo".

É mais um insulto ao brasileiro, cujo bolso financiou "campeões nacionais", amigos do poder, política industrial disfarçada, e um oceano de investimentos de viabilidade duvidosa.


14/08/2019 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

Juros negativos desafiam 5.000 anos de mercado financeiro, que sempre premiou a espera e a postergação do consumo. A poupança tem sido impiedosamente corroída pela inflação no mundo desenvolvido devido aos juros negativos. Estão em xeque a viabilidade dos fundos de pensão e dos sistemas de previdência e a rentabilidade dos bancos.
Todo cuidado é pouco nos investimentos.

05/08/2019 00:00  por  Equipe IMB \  economia

O Instituto Mises Brasil está à procura de um candidato para a vaga de assistente acadêmico. 

Confira os detalhes no link.



05/07/2019 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

O establishment financeiro-governamental buscará regular a libra por todos os lados. Mas é inevitável uma eventual disrupção dos bancos. A próxima geração possivelmente não terá contas em banco como hoje concebemos e quem sabe usará uma moeda voluntária, sem fronteiras e independente de governos.

21/05/2019 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

É legítima a ação policial que dá rajadas de tiros a partir de um helicóptero em uma lona não-identificada, como no recente caso do sobrevoo do governador do Rio de Janeiro em Angra dos Reis?

Para responder, devemos revisitar as bases filosóficas do Direito.


15/05/2019 00:00  por  Equipe IMB \  economia

O Mises Brasil Winter School pretende superar os paradigmas dos eventos acadêmicos libertários no Brasil. Será uma grande oportunidade para aqueles que querem seguir ou já seguem carreira acadêmica de terem contato com os melhores professores de Escola Austríaca do Brasil, enquanto trocam experiências e ideias com seus pares.

Em 2019, o tema será a Teoria Austríaca dos Ciclos Econômicos (TACE).

Eis o essencial. 


09/05/2019 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

Entre outras disposições, a MP 881 estabelece a liberdade de empreender para sustento próprio, e elimina as autorizações do estado para atividades de baixo risco. Caem, portanto, os alvarás de funcionamento, sanitário, dos bombeiros, e ambiental. São beneficiados, entre outros, as costureiras, escritórios de TI, bancas de jornal, food trucks, sapateiros, e quiosques em shoppings.

Adicionalmente, no caso de empreendimentos em que esteja prevista autorização prévia pelo estado, estabelece um prazo-limite após o qual o licenciamento será concedido automaticamente. Estão vedadas, portanto, protelações indevidas pelo órgão público.


02/01/2019 00:00  por  Helio Beltrão \  economia

No início de novembro, provocado anteriormente pelo ministro Paulo Guedes, submeti um Programa de Desburocratização a ser implantado pelo novo governo. Nas linhas do programa implantado com êxito por meu pai nos anos 1980, sugeri que uma pequena equipe independente de 10 a 12 pessoas com respaldo político fosse responsável por concentrar os esforços de descentralização administrativa e humanização do serviço prestado ao usuário — em particular, o pequeno cidadão e o empreendedor —, ocupando-se do "varejo da liberdade do pequeno" no seu dia-a-dia.

Abaixo o resumo bastante sintetizado do Programa.


27/09/2018 00:00  por  Bruno Garschagen \  economia

Muito se fala sobre o suposto perigo representando por Jair Bolsonaro, mas é praticamente inexistente na grande imprensa e televisão qualquer alerta sobre o risco para o país de um eventual governo de Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência.

Se ele for eleito, será o primeiro intelectual declaradamente marxista a ser presidente do país. 


18/09/2018 00:00  por  Leandro Narloch \  economia

"Saúde não é mercadoria. Vida não é negócio. Dignidade não é lucro", afirmou, em julho passado, a ministra Cármen Lúcia, quando ainda presidia o STF, ao suspender a resolução da ANS sobre coparticipação em novos contratos de planos de saúde. 

É nisso que dá ministros do STF se tornarem celebridades da TV. Começam a falar banalidades fofas e frases de efeito só para fortalecer a aura de santidade e ganharem elogios na internet.




CATEGORIA
  
POST POR DATA