Mises Brasil Instituto Ludwig von Mises Brasil
http://www.mises.org.br


A teoria do capital e a estrutura produtiva da economia
por Equipe IMB, quarta-feira, 26 de junho de 2013

O conceito de estrutura produtiva é um conceito originado por Carl Menger e está relacionado aos tipos de bens que existem no mercado: bens de consumo, que satisfazem as necessidades humanas diretas; e bens de capital, ou fatores de produção, que são submetidos ao processo de transformação no tempo.  Uma teoria simples e autoevidente, que mais tarde viria a ser aperfeiçoada por Eugen von Böhm-Bawerk e consolidada por Friedrich Hayek.

A teoria, de forma resumida, afirma que o emprego de recursos na economia se dá em sucessivas etapas intermediárias de ação ao longo do tempo, sob ambiente de incerteza, na tentativa de alcançar o fim pretendido.  O emprego de recursos é uma conjunção acumulada de recursos naturais, de trabalho e de tempo, todos eles combinados ao longo de um processo de ação empresarial criado e empreendido pelo ser humano.

Essa teoria e representação tem como principal característica a desagregação (pressuposto de que os bens de capital são heterogêneos), o que torna claro tanto o problema da alocação intertemporal de recursos quanto a questão da solução de mercado para a poupança e para o investimento.  Evidencia, consequentemente, que esse aspecto da economia de mercado é particularmente sensível à manipulação dos juros feita pelos Bancos Centrais.

A teoria econômica dominante, que rege as medidas de intervencionismo e que é centrada no consumo e na expansão artificial do crédito, não somente está errada como também é contraproducente e causadora de dilapidação de capital e desaceleração e retração econômica.  

Diametralmente, somente a poupança voluntária prévia é capaz de proporcionar não somente o crescimento econômico, como também o crescimento de forma sustentável.

Todos estes tópicos, essenciais para se entender o atual momento da economia brasileira, serão cobertos em detalhes neste curso concedido exclusivamente ao IMB por Domingos Crosseti Branda.

_______________________________________

Domingos Crosseti Branda é pós-graduado em Economia de la Escuela Austriaca pela Universidad Rey Juan Carlos, em Madri.  Seu coordenador foi ninguém menos do que o professor Dr. Jesús Huerta de Soto.

Domingos é também graduado em Ciências Econômicas e em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria. 

Foi docente nos cursos de Administração, Ciências Econômicas e Ciências Contábeis, e atualmente trabalha como investidor autônomo no mercado de capitais.

 

Teoria do Capital e Estrutura Produtiva

Início: 27 de junho

Término: 27 de junho

Horário: 20h

Duração: 2h

Não perca esta oportunidade única.  Inscreva-se aqui.

 

Obs: A aula será gravada e ficará disponível para todos os matriculados assistirem quando quiserem.

Obs. 2: Veja passo-a-passo como fazer a inscrição e pagamento para um curso