rss Assine o RSS de Artigos da Mises.org.br
As causas do Brexit, a história da União Europeia e suas duas ideologias conflitantes
por , sexta-feira, 24 de junho de 2016
baloon.jpegCom a saída do Reino Unido da União Europeia, os britânicos têm em mãos uma oportunidade de frustrar o rolo compressor de Bruxelas, pelo menos por algum tempo, e decidirem com mais autonomia sobre o que realmente querem.  No fundo, tudo se resume a esse pergunta: "quem deve decidir por nós?"

É verdade que os libertários não deveriam se preocupar com o conceito político "soberania nacional".  Governos, em qualquer nível, não são regentes soberanos e jamais deveriam ser considerados dignos de determinar o curso de nossas vidas.  No entanto, também é verdade que, quanto mais enfraquecido o elo entre o indivíduo e o corpo político que pretende lhe governar, maior a autonomia e o poder desse indivíduo.

Em última instância, o Brexit não foi um referendo sobre livre comércio, imigração, ou regras burocráticas impostas pelo (pavoroso) Parlamento Europeu e pela (pavorosa) Comissão Europeia.  Foi, isso sim, um referendo sobre uma maior autonomia individual e sobre um menor poder a entidades políticas globalistas.

leia mais...

rss Assine o RSS de Artigos da Mises.org.br
A descentralização chegou: qualquer um pode ser empreendedor sem ter de pedir autorização ao estado
por , quinta-feira, 23 de junho de 2016

africanmarket.jpgEle se chama OpenBazaar e seu endereço é OpenBazaar.org. Seu slogan é "Livre mercado para todos. Sem taxas. Sem restrições."

Qualquer pessoa pode baixar o aplicativo, fazer compras e montar seu próprio empreendimento, sem taxas, sem ter de recorrer a extensões, sem ter de instalar recursos adicionais (os famigerados plugins) e sem ser submetido a nenhuma outra exigência irritante.  O sistema de pagamento é a moeda digital internacional, o Bitcoin, que não depende de nenhum sistema financeiro e monetário nacional.

A plataforma do OpenBazaar, assim como a plataforma do Bitcoin, não possui um ponto central de falha, de modo que é impossível ele ser perseguido, fechado e destruído pelos governos.

A plataforma opera sob o sistema peer-to-peer (arquitetura de redes de computadores em que cada um dos pontos ou nós da rede funciona tanto como cliente quanto como servidor, permitindo compartilhamentos de serviços e dados sem a necessidade de um servidor central), de modo que não é necessário pedir nenhuma permissão para terceiros.

leia mais...

Artigos anteriores

veja mais...


Mais acessados








Multimídia   
  Podcast Mises Brasil
        por Bruno Garschagen - 06/01/2019
  Conferência de Escola Austríaca 2014
        por Diversos - 23/10/2014
  Fraude - Explicando a grande recessão
        por Equipe IMB - 31/10/2012
veja mais...



Instituto Ludwig von Mises Brasil



contato@mises.org.br      formulário de contato           Google+
Desenvolvido por Ativata Software