clube   |   doar   |   idiomas
sexta-feira, 27 nov 2015
Podcast 197 - João Pereira Coutinho

logo_baixa.jpgPODCAST 197 - JOÃO PEREIRA COUTINHO

 

A liberdade é um tema recorrente nos textos do português João Pereira Coutinho, doutor em Ciência Política, professor da Universidade Católica Portuguesa (em Lisboa) e colunista da Folha de S. Paulo. No seu recém-lançado livro “Vamos ao que interessa” (Editora Três Estrelas), uma coletânea de crônicas publicadas no jornal, a reflexão sobre as liberdades está presente na maioria dos artigos.

 

Nesta segunda entrevista ao Podcast do Instituto Mises Brasil (a primeira pode ser ouvida aqui), João fala sobre o livro, analisa qual é hoje o grande desafio das sociedades em relação às liberdades, discute a liberdade como valor, elenca os principais inimigos da liberdade, explica a ameaça representada pelo terrorismo islâmico e a impossibilidade de conciliação do respeito às liberdades com a guerra contra terror, aponta aquela que continua a ser a grande traição dos intelectuais e a necessidade do bom humor nos textos e na vida.

 

***

 

A música da vinheta de abertura é o Cânone do compositor alemão Johann Pachelbel executada pelo guitarrista Lai Youttitham.

 

***

 

Todos os Podcasts podem ser baixados e ouvidos pelo site, pela iTunes Store e pelo YouTube.

 

E se você gostou deste e/ou dos podcasts anteriores, visite o nosso espaço na  iTunes Store, faça a avaliação e deixe um comentário.




  • Gislaine Americo  29/11/2015 01:53
    Agradeço os esclarecimentos. continuem nos alimentando com bons conteúdos e novas ideias.
  • Juliana  29/11/2015 16:26
    Gostaria muito de cumprimentar os dois pela entrevista. Ouvi-la foi uma experiência muito enriquecedora e agradável.

    Eu costumava reclamar, aqui comigo mesma, que nós ouvintes precisamos de mais; que precisamos saber mais o que pensam, o que querem, o que esperam as pessoas que fazem e/ou difundem as ideias da liberdade no Brasil. Que o Garschagen deveria inquirir mais os seus entrevistados, investigar mais profundamente, colocá-los contra a parede, tentar influenciar mais, etc. Mas depois desta entrevista fui obrigada a rever os meus anseios. Mesmo que alguns pontos "merecessem" uma exploração melhor, a entrevista foi excelente. Então, não há necessidade nenhuma de mudar o que já está perfeito. Parabéns e muito obrigada!

    Abraços!


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.