sexta-feira, 29 jun 2012
26º Podcast Mises Brasil - Fernando Ulrich

logo_baixa.jpgENTREVISTA  26 - FERNANDO ULRICH

Só a experiência como aluno de Jesús Huerta de Soto no mestrado de Economia Austríaca na Universidad Rey Juan Carlos (2009-2010), em Madri, já valeria este podcast. Mas Fernando Ulrich, formado em Administração de Empresas, associado do Instituto de Estudos Empresariais (IEE) e conselheiro do Mises Brasil, tem mais a dizer sobre economia e mercado financeiro numa perspectiva da Escola Austríaca.

Atualmente trabalhando numa boutique de investimentos na área de finanças corporativas, depois de 7 anos atuando no setor de elevadores, com experiência em Londres e Dubai, Fernando produz uma newsletter sobre cenários macroeconômicos completamente baseada nos ensinamentos da Escola Austríaca.

Neste podcast, Fernando fala sobre o mestrado, como chegou lá e qual era a rotina de estudos, fala como é o seu trabalho de aplicação do pensamento Austríaco na avaliação macroeconômica do mercado, explica qual o diferencial da EA para analisar o mercado financeiro, comenta se haveria benefícios econômicos imediatos para o país caso o mercado financeiro fosse desregulamentado, justifica sua posição sobre euro, levando em consideração as perspectivas expressas por Huerta de Soto, favorável ao euro, e Philipp Bagus, que não tem uma visão propriamente otimista com relação à moeda comum européia.

Na parte final do podcast, Fernando analisa a economia de Dubai antes e depois da moratória, diz que a cidade provavelmente não existiria como a conhecemos se não fosse a política econômica adotada pelo Banco Central dos Emirados Árabes Unidos, que atrelou a moeda ao dólar e buscou as mesmas políticas do Fed, distorcendo e desequilibrando a economia.




  • Ronei  29/06/2012 07:18
    Fernando,

    Parabéns pelo trabalho.

    Uma curiosidade,você teve dificuldade de revalidar seu título de mestre aqui no Brasil?
  • Erick Skrabe  29/06/2012 10:34
    Parabéns Fernando,

    Acho q todos nós gostaríamos de ter feito esse mestrado ! ! !


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.