Uma organização criminosa chamada ANVISA
por , quarta-feira, 20 de maio de 2009

versão para impressão


 

vapor.JPG

No dia 5 de março de 2009 efetuei uma compra on-line em uma loja situada nos EUA.  Adquiri os produtos Nano Vapor, 3 lbs, sabor laranja e Syntha-6 Protein, 2.91 lbs, sabor baunilha. Preço total mais taxa de entrega, aproximadamente US$ 100,00.  Trata-se de dois suplementos alimentares para prática desportiva e aumento de desempenho e massa muscular. 

Ao se aproximar da data prevista para a entrega, comecei a checar ansioso diariamente se minha mercadoria havia sido entregue. 

Eis que um belo dia, ao invés de receber aquilo que havia comprado, chegou em minha residência um telegrama — minha entrega havia sido extraviada no meio do caminho, e o grupo que havia praticado este seqüestro de minha propriedade fazia uma série de exigências para que ela pudesse ser liberada. 

Segue abaixo o conteúdo deste telegrama e, na seqüência, da carta que enviei em resposta:

 

                      ———————————————————————————————————-

Foi destinada a V.Sª., através de remessa postal, Encomenda Internacional que, em virtude de seu conteúdo, foi inspecionada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA.

Para sua liberação, conforme Regulamento Técnico de Vigilância Sanitária de Mercadorias Importadas- Resolução RDC nº 81/08 é necessário que V.Sª. envie para ANVISA a seguinte documentação:

- Receita emitida por profissional médico contendo:

1) Nome e Endereço completo do paciente, Posologia ou Modo de Uso do produto com indicação da periodicidade do tratamento;

2) Data e assinatura do profissional, seu domicílio ou endereço profissional, e número de inscrição do profissional prescritor no seu respectivo Conselho Profissional.

Esclarecemos que até o momento não foram aprovados registros de alimentos (produtos acabados) contendo a substância "creatina", tendo em vista a não comprovação de eficácia e segurança de uso, portanto, é proibida a comercialização de produtos contendo essa substância, pois não possuem registro na ANVISA.  Na importação por pessoa física, destinada, exclusivamente para uso próprio ou individual, com receituário médico, é de total responsabilidade do profissional médico a prescrição de produtos ou substâncias ainda não aprovados por esta instituição, podendo esse responder por qualquer dano ocorrido ao paciente, conforme penalidades previstas pelos Conselhos de Medicina.

Obs. A receita ficará retida.

Informamos que a ANVISA não possui atendimento presencial nas Agências dos Correios.  Desta forma, a entrega dos documentos acima mencionados deverá ser feita via postal, acompanhada de uma cópia deste telegrama, endereçada para:

À Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Caixa Postal 66.300

CEP 05314-970

São Paulo-SP

DOCUMENTOS ENCAMINHADOS POR FAX E SUAS CÓPIAS, BEM COMO E-MAIL  NÃO SERÃO ACEITOS.

Havendo a liberação da remessa pela ANVISA, a encomenda será submetida aos procedimentos de desembaraço aduaneiro junto à Secretaria da Receita Federal.

Caso a documentação enviada por V.Sª. não atenda às exigências sanitárias, a ANVISA enviará um novo telegrama com orientações.

Importante: o prazo para cumprimento das exigências sanitárias será de 30 dias, ou seja, até 26/04/2009.

Caso haja necessidade da prorrogação do prazo, ou, não havendo interesse de V.Sª. no prosseguimento do Processo de Importação e deseje que a remessa postal internacional seja devolvida à origem, poderá efetuar a solicitação à ECT através do e-mail: importacaopm@correios.com.br

Findo o prazo acima mencionado e, não havendo o cumprimento das exigências sanitárias, a remessa postal internacional, conforme legislação postal será devolvida ao Correio de origem.

                          ——————————————————————————————————-

Sr. Ladrão,

Não o conheço, e nem pretendo, por isso não sei seu nome e me refiro a sua pessoa de acordo com sua atitude. Você está roubando minha propriedade, portanto é mais do que adequado ser chamado de ladrão.

Você exige que eu lhe entregue uma receita médica que prescreva a substância creatina, mas lhe digo que não tenho esta receita e nem pretendo obter.  Não considero necessária.  Você diz que o médico que emitisse a receita seria o responsável pela prescrição do produto, mas lhe digo que sou um indivíduo adulto, responsável por meus atos e escolhas, e eu mesmo me responsabilizo por qualquer efeito que esta substância possa causar.

Você me impõe com a força de sua arma este procedimento alegando que a substância creatina não teve sua eficácia comprovada pela ANVISA, mas eu jamais me filiei a esta tal de ANVISA, não conheço e nem quero conhecer quais são seus procedimentos e motivações, e não subordino minhas escolhas à opinião deste grupo. Não pedi e nem quero ter a aprovação ou reprovação daquilo que escolho livremente para meu próprio consumo por parte desta ANVISA.  É incrível que tenha que dizer isto, mas o meu corpo é minha propriedade inalienável, e ninguém a não ser eu mesmo pode decidir o que eu consumo ou deixo de consumir.

Isto não lhe diz respeito, mas morei nos EUA ano passado e comprei em uma loja e usei este produto, que ao contrário daqui é vendido e comprado livremente, e já comprovei sua eficácia e segurança de uso, mas mesmo que não tivesse ocorrido este teste empírico pessoal, lhe pergunto: com que direito você impede a comercialização de algo que eu queira comprar?  Não sou uma criança e você e esta ANVISA não são minha babá e nem meus pais.  Reitero, sou um adulto, e não escolhi vocês para serem meus médicos.  E mesmo que tivesse escolhido, o médico poderia no máximo recomendar ou contra-indicar o uso de uma substância, ele jamais poderia pegar um revólver e impedir através da ameaça a minha vida que eu comprasse e usasse a substância. Ele jamais poderia interceptar um produto contendo esta substância, que fosse minha propriedade, adquirida voluntariamente de um vendedor também voluntário.  Se assim o fizesse, ele seria um ladrão.  E vocês ainda praticam este roubo falando em nome de minha "segurança"! Pois bem, quem irá me dar segurança contra este roubo?  Isto sim que eu gostaria de saber.

Mas o que sei é que foi você quem interceptou minha mercadoria, e é a você que solicito que faça justiça, reparando este mal.  Peço que tire suas mãos de minha propriedade e não leve adiante este roubo.  Eu adquiri estes produtos de uma loja, que o comprou de um fabricante.  Eu paguei com meu dinheiro, fruto do meu trabalho, eles são minha propriedade.  Paguei pelos produtos e pelo serviço de entrega.  Portanto, saia do caminho e cuide de sua própria vida, deixando que eu siga cuidando da minha.  Respeite a vida dos outros, a propriedade privada dos outros e a propriedade sobre o próprio corpo dos outros. Só isso que lhe peço.  Espero nunca mais ter que entrar em contato com você.

Luis Almeida

                         ———————————————————————————————————-

Infelizmente meu apelo à moralidade do responsável direto por este roubo não surtiu o efeito desejado. Ao invés de receber minha propriedade, recebi outro telegrama, dizendo praticamente as mesmas coisas que dizia o primeiro, explicando um pouco mais detalhadamente os procedimentos que o grupo seguiu, como se eu não tivesse entendido aquilo que estava no primeiro telegrama ou como se eu tivesse qualquer interesse em conhecê-los mais à fundo.  Continuo sem minha propriedade, que foi impedida por homens armados de chegar até mim.  E esta sociedade extremamente doente em que vivemos permite que este crime ocorra livremente. Até quando?



Leia também: Luis Almeida venceu a batalha contra a Anvisa?

Luis Almeida é um brasileiro indignado.


122 comentários
Fernanda Couto 31/07/2009 18:13:46

Caro Luis. Entendo sua indignação pois acabo de receber um telegrama da Anvisa negando a importação de um medicamento necessário e obrigatório para tratamento da minha mãe. No entanto, temos que compreender que nossas atitudes são regidas por leis, normas, decretos, e entre outras, pela Anvisa. Se você lesse antecipadamente as normas da mesma, saberia que isto iria ocorrer, visto que, se você preenche todos os requisitos, sua encomenda seria liberada. Portanto, antes de gritar e esbravejar ao mundo seu descontentamento, informe-se. Vai passar menos estresse e pagar menos mico. Um abraço e boa sorte da proxima vez. Fernanda

Responder
Gil Rodrigues 26/01/2011 15:22:43

Fernanda,

Falo em defesa do lesado e de todos os cidadãos que neste país habitam. Somos dignos sim, pois vivemos, trabalhamos, pagamos impostos e agregamos valor. Discordo totalmente de você quando fala em relação aos procedimentos pré-estabelecidos pela ANVISA. Não há procedimento inteligível, não há critério. Se há procedimento, então como você explica o fato de solicitarem receita para produtos registrados na ANVISA/Min. da Saúde, que são comercializados livremente em qualquer loja de produtos naturais?

O Luís não pagou mico algum, e sim reivindicou seu direito de cidadão, de ter livre arbítrio e fazer suas próprias escolhas. Ou você acha que alguém da ANVISA iria no enterro do Luís se ele por um acaso morresse vítima do uso de suplementos? Você acha que alguém da ANVISA iria no enterro de sua mãe caso ela deixasse de fazer uso do produto que foi retido por eles? Caso você concorde com eles, bem... Cada cabeça uma sentença...

Gil.

Responder
Pérsio Menezes 27/03/2013 16:48:59

Lesada mesmo é essa Fernanda. Jesus!

Responder
zoot 02/08/2011 12:21:59

Fernado Couta

Eu dispenso a tutela do estado e sua pseudo preocupação comigo, porque dele eu só espero prejuízo e desserviço.

Responder
Fabiano 07/03/2013 01:26:32

Concordo com você, já que o ESTADO se preocupa tanto com você com ele e comigo, que me arrumem uns 10 milhões de reais, pra eu poder viver com segurança e qualidade de vida, pois assim, paro de trabalhar, não gero mais trânsito contribuindo com a natureza, construo uma academia em casa, evitando sair na rua, terei muitos empregados, jardineiros e afins, diminuindo assim o desemprego no NOSSO Brasil, e de quebra ainda prometo transformar uma chácara em lar para animais abandonados, e claro, criando assim mais empregos, e para funções básicas como caseiros e semelhantes, coloco alguns moradores de rua de são paulo, diminuindo assim o trabalho do governo com os milhares de moradores de rua que assustam as madames nos semáforos.
Até agora eu achei só ótimas soluções. só irá custar R$ 10.000.000,00, BEM MENOS DO QUE ESSES POLÍTICOS/LADRÕES/GOVERNO ROUBAM E NÃO AJUDAM NINGUÉM!

Responder
Rafael 31/03/2013 16:02:37

Dispensa a tutela é? Quando você se encher de porcaria no organismo e tiver uma doença renal grave e não tiver dinheiro para pagar o transplante e as diálises, vai correndo com esse seu rabinho metido entre as pernas chorar pelo SUS. O outro ignorante que falou de nazismo nem merece comentário de tão burro que deve ser .

Responder
Mestre 02/04/2013 21:03:26

Rafael, você é o único ignorante aqui. Mas é tão ignorante que ignora até que todo mundo aqui defende a liberdade e por isso é contra a existência da medicina socialista, onde uns são obrigados a pagar pelos cuidados de saúde de outros.

Tão burrinho, coitado.

Responder
Leonardo 14/01/2014 17:45:24

A ANVISA quer proteger minha saúde?
Por que não proíbem venda de CIGARROS e BEBIDAS ALCOÓLICAS?
E mais: Quem disse a ela que vou ingerir o produto?
O produto é minha propriedade, posso até lavar o chão com ele.
No Máximo, a ANVISA poderia anexar um alerta ao produto. Nada mais.

Responder
Fumante Inveterado 14/01/2014 18:27:25

Proibir cigarro e bebida alcoólica? Nem dá ideia, Leonardo, pelo amor de toda e qualquer deidade.

Responder
Silvia 04/08/2009 12:18:21

Luis< acabo de passar pela mesma situação. Eu e meu marido temos intolerancia à lactose.Usamos uma enzima, Digestive Advantage, importada dos EUA. Já comprei uma caixa com 12 embalagens, por duas vezes. Agora a tal da ANVISA saqueou minha encomenda(já paga emU$) e recebi o mesmo telegrama. No Brasil não existe essa enzima, as que são vendidas aqui a cada porção de derivados de leite tenho que tomar um comprimido e com essa um comprimido ao dia basta. Mas, como deve haver algum interesse escuso por traz disso tenho que fornecer "declaração de uso". Só que não sei que declaração é essa, o telefone da ANVISA toca até cair a linha, acho que a ANVISA é VIRTUAL!

Responder
Daniel 12/09/2011 13:39:07

tente 0800 6429782, falo neste telefone quase todos os dias...
att,

Responder
Luis Almeida 01/09/2009 19:13:25

Fernanda Couto, quem está pagando mico aqui é você com este seu comentário ridiculo, que revela que ou (1) vc não entendeu a mensagem do artigo ou (2) vc compactua com atitudes criminosas. Ou ambos.\nÉ a MESMA coisa que se uma gangue cheia de procedimentos internos assaltasse minha casa, eu "gritasse e esbravejasse ao mundo o meu descontentamento" por este roubo e vc viesse dizer que eu deveria compreender que estes criminosos existem e eles tem suas regras, como por exemplo, assaltar casas de pessoas que não lhe deram presente de Natal (este é o requisito arbitrário deles que deveria ter sido preenchido), e que por isto a culpa foi minha por não ter me informado disto antes.\nSimplesmente patética sua declaração. Vc defendeu os criminosos e atribui culpa a vítima. \nMelhor sorte da proxima vez que tentar comentar qualquer outra coisa e emitir sua nojenta opinião.\n

Responder
rafael 11/01/2011 14:32:19

Precisa ser grosso desse jeito? Vc não precisa atacar as pessoas, ataque os argumentos. Eu concordo com sua opinião, mas vc pode se fazer entender sem ofender os outros.

Responder
Gil Rodrigues 26/01/2011 15:33:29

Ué, estranho... Ela não disse primeiramente que o Luís estava "pagando mico"?... Vc não acha isso contundente?

Gil

Responder
Persio Menezes 27/03/2013 16:59:22

Sim! Precisa ser grosso desse jeito mesmo. Quando está desenhado e a pessoa não entende, tem que dar uns esporros pra ver se acorda.

Responder
mariana 27/03/2013 17:26:20

Se você não quer a tutela do estado, saia do país. o Brasil tem suas leis e regras e você não pode dizer que não concorda com elas e fica por isso mesmo. Posso dizer que não concordo em ser presa por homicídio, mas isso não anula as leis do país em que vivo. Você é agressivo e ignorante, falhou em se informar sobre as leis de importação impostas pela anvisa, agora lide com seus problemas sem agredit os outros. Logo se vê que é mesmo um usuário de creatina, deve ser um playboyzinho pitbull de academia que acha que seus desejos devem ser atendidos só porque fez beicinho.

Responder
Fernando Chiocca 27/03/2013 20:16:16

Huhuhuhauhauhauhauhauhaauhuahua

Imagina essa nefanda desta mariana respondendo a um judeu que está reclamando de ser morto num campo de concentração do estado nazista:

Se você não quer a tutela do estado, saia do país. A Alemanha Nacional Socialista tem suas leis e regras e você não pode dizer que não concorda com elas e fica por isso mesmo. Posso dizer que não concordo em ser presa por homicídio, mas isso não anula as leis do país em que vivo. Você é agressivo e ignorante, falhou em se informar sobre as leis de extermínio impostas pela gestapo, agora lide com seus problemas sem agredit os outros. Logo se vê que é mesmo um usuário de hanukkah, deve ser um playboyzinho riquinho de comércio que acha que seus desejos devem ser atendidos só porque fez beicinho.



Responder
Neto 27/03/2013 21:18:10

'Se você não quer a tutela do estado, saia do país.'

Mas um monte fez isso mesmo, o próprio Eintein notou que o negócio ia ficar ruim e fugiu pros states

Responder
Rafael 31/03/2013 16:09:00

Poxaaaaaa Eu nao acreditei nesse seu comentário caraaaa!!! O mais engraçado é que voce realmente acredita que ele tem lógica. Kkkkkkkkkkkkk

Responder
Anton Baumegger 05/09/2013 15:44:40

Embora ainda existam muitas organizações que professam esta ideologia por todo o mundo, o Nacional-Socialismo, ou seja, a ideologia na que se sustentou o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (NSDAP) guiado por um dos maiores canalhas da história da humanidade e da Alemanha em particular, Adolf Hitler, existiu desde 30 de janeiro de 1933 até 20 de maio de 1945.
A "Alemanha Nacional Socialista" não existe há mais de 60 anos, e aRepública Federal da Alemanha(Bundesrepublik Deutschland) é hoje uma federação democrática e parlamentar, cujo sistema político é definido num documento constitucional - a Grundgesetz-lei fundamental - de 1949.
Por favor, não julgue a história do meu país pelo passado obscuro de um assassino!

Responder
anônimo 27/03/2013 21:45:17

Dá pra imaginar a Mariana dizendo: "Corrupção existe, se você não concorda com ela, saia do país."

Responder
Gilles suly 26/05/2013 01:25:21

Interessante as trocas de farpas, mas o foco é outro. No caso da melatonina,que é um fitoterápico auxiliar do sono e recaptador de serotonina in natura, a ANVISA, atualmente "ocupada" por gente que não compreende o assunto, mantém em vigor a proibição da importação de MELATONINA para consumo, priorizando desta forma os laboratórios que inundam o mercado com HIPNÓTICOS que devastam pessoas com problemas no sono, tendo em vista seus efeitos colaterais. Portanto, o "brasil" contínua sendo um país rídiculo e medieval comandado por pessoas incompetentes. MELATONINA é extraída de plantas, totalmente NATURAL e extremamente benéfico para a saúde do sono. Mas lamentávelmente vivemos na "baixa idade média" com gestores públicos ignorantes e segmentados ideológicamente.

Responder
anônimo 26/05/2013 02:46:46

Olha, Gilles, é mil vezes preferível ter gestores incompetentes do que iluminados bem-intencionados. A capacidade de fazer estrago dos primeiros é bem menor.

Responder
Helio 20/11/2009 15:21:25

Caro Luis Almeida, parabéns pelo desabafo e pela enorme repercussão desse artigo, até fora da Web. Esperemos mais valiosas contribuições!

Responder
Gustavo 20/11/2009 17:22:48

Caro Luis Almeida. Como médico, informo que realmente não comprovação pela ciência médica de eficácia anabolizante da creatina oral. Refiro a estudos médicos sérios! Agora também não há estudos mostrando efeitos deletérios, por esse motivo é encontrado nas farmácias dos EUA. Compartilho de que estas portarias da ANVISA são generalizadas, partindo do princípio de que não tendo comprovação de benefício não justifica seu uso (do ponto de vista médico). Voce pode questionar, bem utilizei antes e senti bem, mas será que foi somente pela creatina? e as outras variáveis? Na medicina séria não existe "achismos" mas estudos científicos bem documentados para termos boa credibilidade de uma nova droga ou terapia. Abraços.

Responder
rafael 11/01/2011 14:38:05

Não estamos discutindo a eficacia ou efeitos colaterais desses produtos, estamos discutindo a liberdade que cada um tem de comprar os produtos que quiser. Se vc acha q não é seguro ingerir um produto, ok, mas impedir que uma pessoa as ingira é outra coisa, qm lhe deu este direito? Qm vc acha q é para decidir oq os outros devem ou não fazer com seus próprios corpos?

Responder
Celi 03/02/2012 06:40:35

Caro Gustavo (que declarou ser médico), eu, por exemplo, gosto de tomar sorvete!! Entretanto, não há nenhum benefício nisso(além, é claro, de ser algum que me traz satisfação, mas que não prejudica ninguém!), assim a "medicina não recomendaria o uso de sorvete", então por isso vou ser proibida de consumir tal produto?? \r
\r
Se os benefícios da creatina não estão comprovados, mas não se comprovou tb que traz algum malefício, então que cada um seja livre para decidir se vai consumir ou não tal produto! Afinal, o corpo é dele e o dinheiro é dele também. \r
\r
E como já que a medicina não comprovou benefícios, não se deve recomendar o uso, então é provável que nenhum médico queira receitar o consumo dessa substância (até pq o médico é q vai ser o "responsável" se algo acontecer), o Luís vai perder a sua propriedade e entraremos em um "loop": não se comprovou benefícios, a ANVISA não libera, nenhum médico receita, então ninguém consume, nunca saberemos se o consumo seria benéfico, porque ninguém consome. Isso até que alguém finalize um estudo daqui a uns 10 anos e, se comprovar que existe benefícios, nós perdemos muito tempo!! É por isso que vamos continuar a ser essa nação ATRASADA!!!\r
\r
Sinceramente, não faz sentido proibir o consumo de algo dessa maneira. Outro dia vi uma reportagem sobre o "tratamente de escova alisante" para cabelos com formol. Uma mulher disse que sabia que era proibido e que fazia mal, mas mesmo assim usava, pq funciona (o produto realmente alisa o cabelo). Ocorre a mesma coisa com a sibutramina (usada para emagrecer, que tb foi proibida pela ANVISA). Ou seja, se existe consumidor, vai existir fornecedor, então não adianta proibir, porque só vamos aumentar o lucro dos fornecedores do "mercado negro". Lembrem-se que o famoso mafioso Al Capone contrabandeava bebida alcoólica na época da Lei Seca nos EUA.\r
\r
Formol e sibutramina fazem mal e foram proibidos (mas, quem quer, consegue comprar). Álcool e cigarro fazem mal, mas são liberados. Quanto a creatina, não há comprovação de nada, mas não pode ser comercializada. Qual a lógica usada? Não há!!\r
\r
Repito: proibir o consumo de um produto desejado por consumidores só irá aumentar o lucro dos fornecedores do "mercado negro". Lembrem-se do famoso mafioso Al Capone, que contrabandeava bebida alcoólica na época da Lei Seca nos EUA.\r
\r
Chega dessa ideia absurda (propagada por alguém aqui nos comentários que se identificou como "EU") de "governo decidir por nós". Cada um que tome suas decisões e sofra as consequências delas!! \r

Responder
Anton Baumegger 05/09/2013 16:02:41

Concordo com a maioria dos comentários a respeito da liberdade de consumo de artigos e mesmo substâncias, porém há de se ter em mente que há interesses maiores, MUITO maiores regendo o comportamento autocrático e ditatorial da ANVISA.
Já notaram que a maioria dos produtos "proibidos" pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária possuem patente em outros países?
O caso dos cigarros eletrônicos proibidos desde 2009 é emblemático!
Proibido pelo princípio do "desconhecimento de efeitos colaterais", sob a alegação absurda de que podem ser prejudiciais à saúde da população, foram simplesmente proibidos, por não haverem estudos sobre sua nocividade.
E OS CIGARROS CONVENCIONAIS??? Estes sim, podem ser livremente comercializados no país, ainda que seja o responsável por milhares de mortes por infarto, tumores e lesões pancreáticas.
Por que?
A resposta é simples: 80% do valor de um maço de cigarro é I.P.I.
Não há a necessidade de ser tão genial para perceber que lobbies das indústrias tabagistas, destilarias e farmacêuticas protegem com armamento pesado seu "investimento", pouco importando se há ou não dano à saúde, desde que as duas partes recebam o seu "bocado".
A população apenas observa, grita e esperneia, enquanto continua a alimentar esta indústria, senhoras e senhores.

Responder
RHu 28/11/2009 22:03:18

Caro Luis Almeida,\nSolidarizo-me com você e compartilho o seu sentimento de indignação.\nAlguns comentários postados aqui revelam total ignorância quanto à questão das liberdades individuais, e indicam a que ponto chegou o conformismo e a adaptação ao jugo bovino que os governos totalitários conseguiram colocar na grande maioria da população.\nO mito do Estado "protetor" está mais vivo do que nunca.\nMises & Rothbard neles!!!!!\nAbraços,\nRHu\nEngº Mecânico\nRio de Janeiro

Responder
Gil Rodrigues 26/01/2011 15:38:03

A questão aqui tb não é filosofar, amigo...

Gil

Responder
ZILMAR 10/12/2009 23:51:22

http://www.dzai.com.br/zilmarww/noticia/montanoticia?tv_ntc_id=28106

Responder
Darlan 15/01/2010 19:54:59

Encomende Cocaina da Bolivia e espere chegar em casa..\nse voce conhece os suplementos deveria saber que a Creatina esta proibida no Brasill se quer pagar barato compre no cambio negro... ou algum estabelecimento que faça contrabando..\neu tbm gosto de tomar creatina, mais tbm conheço a ANVISA.. é um Orgão do Governo!!!ele fiscaliza remedios e outras coisas deste tipo que voce comprou...\n\nEstou com um problema parecido com o seu por ter comprado um Whey protein ... que ridiculo né... mais se não tivessemos regras ... viria maconha, cocaina, viagra... e outras coisas atraves dos correios...\n\ntive um amigo que teve o Tribulus retido e apresentou a receita medica e foi liberado... basta vc ir em um postinho de saude do seu bairro e conversar com o medico, mostre a ele o telegrama.. ou faça uma consulta com um especialista particular...\n\nsó não em venho com ignoranciar mencionar o Art. 5º da constituição!!!\n\n

Responder
Fernando 15/01/2010 21:50:04

Darlan, parece que vc está ameaçando entender, mas ainda não entendeu.
É isso mesmo, se encomendarmos cocaina da Bolivia e a ANVISA, a Polícia, a alfandega ou quem quer que seja interceptar e reter o produto, será um roubo como o descrito no relato acima.

E sinto muito ouvir sobre o crime de roubo de Whey que vc foi vítima.

Nos resta fazer coro com o Luis: "Até quando?"

Responder
Bruno 15/01/2010 23:17:35

" É isso mesmo, se encomendarmos cocaina da Bolivia e a ANVISA, a Polícia, a alfandega ou quem quer que seja interceptar e reter o produto, será um roubo como o descrito no relato acima. "\n\nSanto Deus... Qual é o limite?

Responder
Fernando 15/01/2010 23:34:05

O limite foi o próprio Santo Deus quem colocou: "Não roubarás!", já ouviu falar?\n\n

Responder
Eu 23/02/2010 00:28:21

Fernando, o seu comentário desviou-se de uma retórica apreciável, tornando-se falácia. O argumento aqui é: com que direito a ANVISA proibiu se não possui dados que a deem o direito para tal?\n\nÉ preciso haver um estudo científico nacional? Talvez. Mas o governo deveria ter estudado todos os papers (e são muitos) publicados e, com tal embasamento, tomar uma atitude. Determinar um regulamento sem nenhum fundamento é, antes de tudo, autoritarismo e, em segundo plano, "burrocratismo" e abuso de poder público. É sempre interessante observar como algumas medidas políticas proibitivas surgem num dado momento, sem aparente sentido. Mas por que só agora foi tomada tal atitude? Por que não antes ou depois? Alguém deixou de receber? Algum lobbista de uma farmácia multinacional? Proprina? Decisão interna de uma pessoa só? A máquina pública é tosca. A máquina pública já está sem condutor há muito...\n\n

Responder
CR 23/02/2010 09:58:08

Os médicos precisam ficar em dia com a própria saúde. Pesquisa do Conselho Federal de Medicina (CFM), realizada com 7.700 profissionais, revela que quase metade deles apresenta quadro preocupante de transtornos psicológicos. Quarenta e quatro por cento sofrem de depressão ou ansiedade. E a grande maioria, 57%, tem estafa e desânimo com o emprego.\nEstadão, 21/5/2008

Responder
Luis 23/02/2010 10:29:00

É incrivel como este "Eu" não conseguiu entender nem o elementar do argumento, mesmo estando tão claro e direto no artigo e na discussão subsequente. Se não fosse um fake eu estaria com vergonha alheia.

"Dados que deem direitos"? Dados técnicos a respeito de um produto não dão direito a nada. Não é daí que surgem ou deixam de surgir direitos.

As pessoas possuem um direito de propriedade inalienável sobre o próprio corpo e sobre bens que obtenham legitimamente através de trocas voluntárias e/ou da apropriação original. E ninguém tem o direito de dizer nada a respeito sobre o corpo dos outros ou sobre suas outras propriedades.

Mesmo se existissem "dados", "estudos científicos nacionais", "papers" etc, que comprovassem por A+B que um produto é prejudicial a saúde, nem assim poderiam proibir a comercialização deste produto.

O mais engraçado é vc reclamando de autoritarismo quando vc evoca um autoritarismo nefasto sobre a propriedade do corpo de outras pessoas.
Deixe-me dizer uma coisa: vc não tem nada a ver com a vida dos outros e oq eles fazem sem prejudicar diretamente a propriedade de terceiros. Se eles quiserem se matar ou consumir algo que vc ache que faz mal, vc não tem nada a ver com isso.

Enfim, deixo um dito popular pra encerrar: "Deus deu a vida, para cada um cuidar da sua".

Responder
Eu 23/02/2010 17:46:19

Luis, primeiramenete você tem que aceitar o fato que vive numa sociedade regida por leis e órgãos burocráticos específicos.\n\nConcordo com o fato de seu corpo é seu bem próprio e cabe a você decidir como tratá-lo. Chegando no ponto em discussão: é óbvio que se um produto farmacêutico (e a creatina o é, já que é sintetizada em laboratório) passa a ser considerada, após vários ensaios clínicos, danosa à saúde, cabe ao órgão burocrático que regulariza tais tipos de produtos retirá-la imediatamente ao mercado. Esse é apenas um lado da moeda. Imagine que o produto comprovadamente faz mal. 10 milhões de pessoas não o sabem e a utilizam, fazendo com que suas saúdes sejam abaladas permanentemente e por outro lado, você sabe que faz mal e ainda assim decide tomar. Qual a posição que você acha que o governo irá tomar? O governo, a priori, deverá ter os meios científicos de estudar e tomar decisões pela maior parte da população que não tem condições ou conhecimento para tal. O governo está lá eleito para isso. Para tomar decisões por você. Quantos remédios foram retirados do mercado, por, tardiamente, apresentarem efeitos nocivos inesperados? O que você acharia de um membro de sua família tomar tal remédio por não saber de tal informação e sofrer consequências em sua saúde? Mas, agora, se o governo retira tal produto de circulação não haverá tal problema. Inclusive o embargo de determinados fármacos é motivo de mais pesquisa e melhor desenvolvimento. A creatina que hoje está no mercado é bem diferente da que antes era extraída diretamente da carne. As coisas evoluem e tem um processo legal esperado. Você pode se indignar, mas não trazer para a esfera pessoal. O seu argumento de que o corpo é seu não se sobressai sobre o do governo: o de que muitas pessoas podem sofrer por ignorância. Você ou milhões? Por isso falei da prova e do método científico. Ademais, todas as outras abordagens são tendenciosas e são do âmbito dos achismos e gostos pessoais. Se você sabe que faz mal e quer se sentir mal porque é seu direito, existem muito outras formas de se sentir mal. Você pode quebrar seu próprio dedo, jogar-se de uma altura considerável. Porque você decidiu por essa? Se você utiliza o argumento de que o corpo é seu, não importa se a substância foi retida. Você deveria sentir-se assim há muito. Antes de seu produto ser retido. Você deveria já se sentir assim por ser parte e fazer a máquina pública operar quer queira ou não. Mas você não fez nenhuma dessas coisas. Foi uma questão PESSOAL que o levou a discutir o formato atual do sistema. \n\nOutra coisa: não defendo a máquina burocrática, nem o autoritarismo. Mas, você há de convir que qualquer decisão de governo é decisão generalizada e, portanto, autoritária para determinados grupos. Como você mesmo gosta de ditos populares: "Nem Jesus agradou a todos". \n\nQuando você diz: "as pessoas possuem um direito de propriedade inalienável sobre o próprio corpo e sobre bens que obtenham legitimamente através de trocas voluntárias e/ou da apropriação original" o que você quer dizer com legitimamente? Aparado em quais leis? De quais países? É acordado por vários legisladores que o Brasil possui um dos melhores códigos de leis do mundo. Aplicabilidade e obediência são outra história.\n\n\nReitero que o argumento válido é: não é sensato proibir sem base científica.\n\n\nUm último argumento: a AVNISA autoritaria e deliberadamente retirou produtos vencidos e mal conservados de supermercados para você, retirou e apreendeu fármacos proibidos, alterados ou vencidos das farmácias para você, dentre outros. Ou você vai insistir no argumento tosco de que tem o direito de importar cocaína da Bolívia porque o corpo é seu? Tente atravessar a fronteira México-EUA porque o corpo é seu. Espere o Brasil entrar uma guerra para você ver se o corpo é mesmo seu. Aí sim podemos entrar numa discussão acerca da liberdade humana. Dos direitos verdadeiros. Da sociedade e da utopia. Mas em outros termos. Não em termos de um suplemento alimentar ainda em estudo...

Responder
Ulisses 23/02/2010 20:14:20

Eu, nao temos as melhores leis do mundo. Veja a legislaçao tributária. Fato é que se as pessoas nao possuem informaçao suficiente o melhor é dar a informaçao e deixá-las decidir. Ou mesmo nao dar a informaçao e deixar que as pessoas pesquisem o quanto acharem necessário (através de papers, instituiçoes reconhecidas, etc.). Continuando assim o governo vai querer dizer com quem podemos ou nao nos casar. Somos tratados como idiotas. E tem gente que gosta.

Responder
Fernando 26/02/2010 12:19:42

É Luis, vc atentou para a ironia desse "Eu" ser autoritário e reclamar de autoritarismo e ele na sequencia veio a confirmar seu total apoio ao autoritarismo, negando inclusive o direito de propriedade sobre o próprio corpo.
O corpo não é seu, o corpo pertence ao estado!

Veja como "funciona" a mente do ditadorzinho: Se o estado tem o PODER de sequestrar seu corpo através do alistamento militar obrigatório, logo ele tem o DIREITO de propriedade sobre seu corpo!

Na cabeça dele, um assaltante que aponta uma arma para sua cabeça e leva seu carro tem o DIREITO de propriedade sobre sua vida e seu carro.

A origem desse forma de "pensar" fica clara quando ele demonstra não saber de onde vem os direitos questionando em "que leis eles estão parados", "de que país". Encara as leis como algo vertical, ditado e imposto de cima para baixo. Desconhece totalmente os direitos naturais dos seres humanos.

Remedios falsos? Produtos vencidos? A lei contra fraude é o suficiente para combater tudo isto.

Existem muitos "dados", "estudos científicos nacionais", "papers" etc que mostram que cigarro, bebida alcoolica e gordura fazem "mal a saude". Muitas pessoas não sabem disso, não tem capacidade para analisar os riscos à suas saudes e consomem estes produtos assim mesmo. "Mas, agora, se o governo retira tal produto de circulação não haverá tal problema."
E pensar que um ser desses teve a cara de pau de reclamar de "autoritarismo"!!

E quanto a débil contradição dele: "O governo está lá eleito para isso. Para tomar decisões por você."
E quem tomou a decição de eleger esse governo? Quer dizer, as pessoas são imbecis para decidirem o que é bom para elas, mas são totalmente capazes de decidir quem pode decidir o que é bom para elas. hehehhehe Viva a democracia! (sic)
De fato ele até defendeu a nefasta criminalização das drogas!

Por fim, imagino o "Eu" antes da abolição da escravidão dizeno: "Kunta Kin Tê, primeiramenete você tem que aceitar o fato que vive numa sociedade regida por leis e órgãos burocráticos. Vc não pode fugir da senzala!"

Responder
Luis 26/02/2010 12:20:07

"muitas pessoas podem sofrer por ignorância"

Ô! Que bom que vc está aqui defendendo estas ideias fascistas! Que bom que temos uma pessoa com inteligência superior as demais para protegê-las de suas próprias ignorâncias! Que bom que o estado é composto por uma raça de seres superiores! Que bom que vc existe e me protege baseado em seus estudos, caso contrário eu e milhões poderiámos estar consumindo veneno de rato, detergente e até creatina!

"Of all tyrannies, a tyranny exercised for the good of its victims may be the most oppressive. It may be better to live under robber barons than under omnipotent moral busybodies. The robber baron's cruelty may sometimes sleep, his cupidity may at some point be satiated; but those who torment us for our own good will torment us without end, for they do so with the approval of their own conscience. - C. S. Lewis"

Responder
Eu 15/03/2010 16:49:32

Parece que vocês não leram o que escrevi. Terminei o texto falando que a liberdade humana é tema para outra discussão. O nosso corpo sendo propriedade do Estado. Claro que é errado. Facista? Cara, o Estado atual deveria priori deveria zelar pela maioria. Não estou dizendo que o faz. E não vejo um sistema social fechado exercendo tal zelo. O ser humano é vário, heterogêneo e amplamente imaturo. Um sistema de governo nunca irá melhorar as coisas. Como se zela, sem autoritarismo por milhões de desconhecidos? Estamos longe da revolução proposta em Zeitgeist porque o homem não evoluiu sua consciência a ponto de pensar em prol de todos. É muito bonito pensar em todas as possibildiades disponíves, sem controle autoritário, com distribuição de bens, com direitos garantidos. Se assim fôssemos, não haveria de existir sequer um sistema fechado, nem líderes, nem oposição. Seria o homem pelo bem do homem. A ciência pelo bem do homem.

Voltando ao assunto, se um pesquisador da área tem motivos para não dar aval a determinado produto algo deve estar errado. Não tenho culpa do autor do texto ter perdido o dinheiro dele. Coisas do sistema capitalista. Você utiliza, você sofre as consequências. Você insiste em um ponto que o corpo é seu e você faz o que você quiser. Parece-me uma opinião muito simplista e infantil: achar que tem o direito de usar algo que faz mal só porque o corpo é seu. Seu corpo é seu templo. É sua saúde. Você deveria ter a consciência disso e tratá-lo com cuidado. Não posso te impor isso, de fato. Não é justo e é opressor. Mas acredito que seres humanos ditos "evoluídos" não precisam mudar estado de consciência com drogas por motivos torpes, nem patrocinar a Ambev com seu salário suado, nem patrocinar a indústria do carnaval burguês, nem utilizar algo que faz mal Pa saúde porque pode fazer o que quiser com o corpo. Mas o homem atual é subproduto do termo humanidade. Nenhum governo conserta isso. Os indivíduos que consertam a si próprios. Quanto tempo para tal evolução? Não sei.

Mas, como já disse, estou discutindo nos termos da sociedade brasileira atual.
Fernando, você é totalmente falacioso. O problema da creatina é um e do cigarro outro. Estou discutindo com argumentos de um tema. Você vem rebater com um argumento tosco como o do cigarro? Cigarro é lobby puro. E se a creatina também fosse defendida por tais lobbys estaria liberada. Mas não está. Ou falta lobby ou realmente algum engenheiro químico não deu aval.

"A lei contra fraude é o suficiente para combater tudo isto." A ANVISA é uma agência de VIGILÂNCIA. A polícia irá nos supermercados e nas farmácias? A polícia irá avaliar a composição de cada produto e fazer os relatórios técnicos? A pesquisa? Tudo?


Cansei de discutir. E creio que a discussão não irá evoluir pois:

a) Você confunde direito supremo de inclusive fazer mal ao seu corpo com a ideia de que precisamos de uma sociedade livre onde todos tem direito de obter os que lhes é por direito. Mas é contraditório querer tal sociedade "evoluída" se você não é evoluído ao ponto de não querer fazer mal ao seu corpo só porque o quer.

b) Discuto nos termos da sociedade atual brasileira. Proponho os argumentos nos limites legais atuais. Você discute nos termos filosóficos obtidos pelo estudo pessoal. Não há como cruzar o que você crê filosoficamente com o que é praticado atualmente. Se você não concorda com o sistema atual você pode tentar alterá-lo, destrui-lo de alguma forma ou mudar de país. Mas não fazer nada disso e só reclamar querendo que ele se encaixe nos seus moldes não funciona.

c) Sempre que tento explicar o motivo pelo qual o governo fez tal coisa com seu produto sou denominado facista. Estou mostrando o que o governo pensa. Se o governo está para governar para a maioria ignorante, quais decisões ele deverá tomar? A sociedade está muito longe de ser evoluída para não precisar de um governo, nem de tiranos, nem de futilidades. Basta ir ao carnaval, basta ligar na globo, basta ouvir música. Achei Zeitgeist bastante interessante, mas revolução humana, a revolução interior proposta pro Krishnamurti está longe de ocorrer porque ela é individual e atemporal. Acontece em cada um, em épocas diferentes. Eu desprezo quaisquer formas de governo. Tento fazer meu melhor. Como ente, não como cidadão...

Responder
rafael 11/01/2011 17:12:28

> Mas é contraditório querer tal sociedade "evoluída" se você não é evoluído ao ponto de não querer fazer mal ao seu corpo só porque o quer.

Qm é vc para comparar o nivel de "evolução" das pessoas? Só pq as pessoas possuem vontades diferentes das duas vc as cosidera menos evoluidas?
Não existe nenhuma obrigação na vida de sermos qualquer coisa, cada um é oq quiser ser, se alguem não quiser estudar e ser ignorante pela sua vida inteira, qm é vc para dizer que ela esta errada? Qm é vc para dizer como cada um de nós devemos viver nossas vidas? Vc esta muito preso aos seus próprios valores, sua própria moral. Ninguem é obrigado a compartilhar os seus valores.

Responder
Paulo Sergio 08/02/2012 03:29:56

Como alguém disse por aqui, um argumento auto contraditório só serve pra ser jogado no lixo.Um 'espírito evoluído' que quer a liberdade dele pra se matar, vai acabar com a própria vida e com a própria liberdade,ou seja, jogar ela no lixo, junto com a própria vida.

Responder
Nelson de Freitas Neto 05/05/2010 16:59:39

Parabéns ANVISA and keep up the good work!

Responder
Gustavo Vilela 21/06/2010 22:45:19

Tenho a felicidade de ser médico e poder receitar o que bem entender para mim, para meus pacientes e familiares.
Acho que a ANVISA tem um papel a cumprir. Mas é uma agência castradora.
Nivela por baixo, nivela pela ignorância da maioria.
Vem de um governo populista, paternalista e que quer proteger. Protege a massa, mas aqueles que têm bom senso, que poderiam gozar de livre arbítrio responsável, como eu, você, e muitos desta página, sofrem as consequencias.
O problema mais sério da ANVISA é o comportamento radical, autoritário, muitas vezes sem lógica, e muito mais vezes pautado por interesses políticos e financeiros.
Cedem à indústria farmacêutica (bloqueando o registro de suplementos que SÓ TRAZEM BENEFÍCIO, conforme mostram estudos clínicos).
A maior fonte de renda da ANVISA é a Big Farma. Suplementos ficam à deriva.
Se existisse uma Pfizer da vida por trás da creatina, haveria vários trabalhos científicos favoráveis, seria feita uma propaganda em massa para os médicos e o produto estaria a venda. Infelizmente é assim que funciona. Mas já que a creatina, a melatonina, o DHEA não tem dono, são tratados como lixo.
E as coisas vão piorar...
Já ouvi de pessoas da própria ANVISA que: "a ANVISA é PT, quer cada vez mais coibir o uso de suplementos e martelar na cabeça das pessoas que o pratinho com arroz e feijão é suficiente para que todos sejam felizes." Um discurso chavista, mascarado, mentiroso, interesseiro e dissimulado.
Por fim, alguém aí me responda: que tal o Sr vice presidente entrar no país com a mala lotada de medicamentos experimentais? Será que ele precisou fazer uma declaração de uso e finalidade para a ANVISA?

Responder
Tiago RC 22/06/2010 06:01:45

Gustavo Vilela,

Bem legal o seu comentário, alguém "de dentro" expondo o que nós aqui sempre imaginamos: toda agência reguladora coerciva termina completamente corrupta. É natural que isso aconteça, não há incentivos para combater tal coisa.

Só uma discordância: o problema mais sério da ANVISA não é seu radicalismo ou outras coisas que você menciona. O principal problema, que o autor do texto quis ressaltar, é o fato de ela ter poder coercivo. Ela deveria se limitar a recomendar certos produtos e não recomendar outros, mas jamais usar de força pra proibir. Aqueles que confiarem na ANVISA, seguirão sua recomendações. Os que preferirem correr riscos ou confiarem mais em outras agências, ignorariam a ANVISA.
Isso seria uma regulamentação de livre mercado, muito mais eficiente aliás.

Responder
Fernando Chiocca 22/06/2010 13:29:32

Gustavo Vilela

If you are not free to choose wrongly and irresponsibly, you are not free at all. - Jacob Hornberger (1995)

Você acha que atacar violentamente alguém que realiza uma troca voluntária é uma maneira de proteger esta pessoa?
Atacar e proteger, opostos, se tornaram sinônimos para você?
A Anvisa não tem papel nenhum a cumprir, a não ser que você ache que criminosos têm papel a cumprir. Ela deve ser extinta.
Se quiser existir pode ser apenas com o papel de aconselhar, jamais de proibir através do uso da força.
Seu comentário foi um tanto quanto preconceituoso. Mas mesmo que "as massas" não possuam discernimento para escolher e não sejam capazes nem de escolher qual pessoa ou agência de aconselhamento escolher ( oque é um contrasenso, já que são as massas que escolhem e aprovam a existência da Anvisa), isso é um problema que atinge apenas quem faz as escolhas e você não tem o direito de agredir ninguém que não faça uma escolha que você considere sábia.


Liberty is always dangerous, but it is the safest thing we have. - Harry Emerson Fosdick

Responder
Gustavo Vilela 05/07/2010 20:43:08

Fernando Chiocca,

A única pessoa que eu ataquei no meu texto foi o governo.
Se você acha que ataquei outrem, peço que desconsidere. Só quero atacar o governo mesmo.
Quero explicar melhor o que eu disse.
Quando digo que a ANVISA tem o seu papel a cumprir, quero dizer que é importante demais que exista uma forma de controle sanitário no país.
Caso contrário teríamos leite contaminado, carne sem controle de origem, medicamentos com lotes de vencimento vencidos, e qualquer um poderia inventar um chazinho e por na prateleira para vender. É importante que haja critérios para a saúde de todos. Portanto, ela TEM SIM um papel a cumprir.
Quando compramos 1 pacote de biscoito, você não tem como saber se a fábrica que o fez usa água limpa, se tem rato andando em cima dos pacotes, se o cara que mexe na farinha coçou a mão no saco antes e não lavou a mão... quando somos consumidores não temos como saber disto. Se temos um órgão sanitário que controle, ficamos menos à mercê.

Sobre o uso de suplementos ou medicamentos sem registro na ANVISA.

Sobre o que falei das massas: não sou preconceituoso. Adoraria que todos pudessem escolher livremente tudo na vida. Imagine a situação: um leigo (não médico) vê na internet um suplemento para melhorar a ereção. O fabricante é lá da Conchinchina. O cara compra, toma e morre, pois ali dentro havia altos níveis de alguma toxina.

Portanto, é "compreensível" que a ANVISA queira ter controle sobre estas coisas também.

Lógico que você pode dizer; "Mas o cara que comprou correu o risco. A saúde e a vida são dele". Mas como saber se o cidadão sabe mesmo? Foi o que eu disse. Nós aqui nesta página muito provavelmente sabemos disto. Podemos escolher. É um consentimento esclarecido. Diferente de alguém que seja ingênuo (e que não compraria se imaginasse o risco). Até hoje quantos milhares de pessoas são vítimas de estelionato e de golpes ridículos?? As pessoas são ingênuas mesmo... Foi pensando nestas pessoas que disse que a ANVISA protege. E é este o argumento que a própria ANVISA usa.

Quero deixar claro que eu ODEIO a ANVISA. Se eu mandasse naquilo, seria bem diferente. Mas não posso fazer nada...

Veja o cúmulo do absurdo: estes dias eu li num grande restaurante aqui em São Paulo o seguinte aviso: "Por determinação sanitária, não servimos ovos com gema mole." E embaixo tinha a lei que proibia isto. Isto é o cúmulo do autoritarismo. O governo quer interferir até na gema mole!!!!!!!!!!!!!!! Bastasse INFORMAR: "O consumo de gema mole aumenta o risco de transmissão de doenças infecciosas". Mas quem decide é o cliente...

Acho que para cada encomenda que chegasse de fora, a ANVISA deveria enviar um telegrama dizendo: "Prezado Sr., devemos informá-lo que o prduto que o sr. comprou NÃO TEM registro na ANVISA. Por este motivo, não temos como garantir sua segurança e a eficácia. O uso deste produto pode acarretar danos sérios à saúde. Use-o sob sua total responsabilidade".

Isto, sim, seria digno de um país democrático. Mas eles preferem "proteger" os desavisados, proibindo.

A ANVISA não deveria proibir. Seu papel é o de REGULAR, INFORMAR, EDUCAR.

A decisão final é sempre do cidadão.

Abç

GUstavo

PS: discordo do que você disse. "as massas que escolhem e aprovam a existência da Anvisa".

Não acho que o povo escolheu a ANVISA.

O povo escolheu o Lula, que deu amplos poderes à ANVISA. Como eu disse, ele é autoritário. Governo esquerdista medíocre. A ANVISA é uma enorme fonte de renda para o governo. Quam sustenta aquilo é a indústria farmacêutica.


Responder
Erick Skrabe 06/07/2010 01:53:24

Gustavo,

Excelente ponto de vista:

"informo que realmente não comprovação pela ciência médica de eficácia anabolizante da creatina oral. Refiro a estudos médicos sérios! Agora também não há estudos mostrando efeitos deletérios, por esse motivo é encontrado nas farmácias dos EUA."

Nessa frase inocente está uma diferença filosófica importante:

Brasil: Ñ está permitido na lei ? Então é proibido.
EUA: Ñ está proibido na lei ? Então é permitido.

Ou seja, nos EUA podemos tudo exceto o proibido. No Brasil só o que está permitido.

Responder
Breno Almeida 06/07/2010 09:21:05

Gustavo Vilela,

Você é um positivista. As pessoas compram "garrafada" livremente e não morrem mais pessoas por isso do que comendo bacon.

A maior parte da comida de rua é vendida sem qualquer fiscalização e também não se morrem mais pessoas por causa disso do que comendo açucar.

Você é um paternalista positivista.

Você já ouviu falar de legítima defesa?

O fabricante de biscoito tem o direito de se defender da Anvisa, ele pode inclussive assasinar o fiscal caso ele tente entrar na fábrica sem autorização do dono fábrica.

Se eu quero comprar veneno eu tenho o direito de me defender de alguém que tente me impedir de comprar veneno. E eu posso assassinar qualquer um que tente me impedir de comprar uma garrafada, veneno, creatina, açucar, bacon ... isso é legítima defesa.

Você não é melhor do que os outros para dizer o que é bom ou ruim. Se você só compra produtos com o selo do Imetro ou da Anvisa isso é problema seu, você não pode impor isso nos outros, se tentar impor então é legítimo que os outros te matem em legítima defesa, pois impor a Anvisa ou Imetro a terceiros faz com que você se torne um agressor criminoso.

Responder
Gustavo Lengler 06/07/2010 13:03:19

Questão complicada essa hein? Acho que há alguns pontos claros, entretanto:
- o direito à livre-arbitrio é inviolável

- a não-observância das regras de um país não garante o direito a fazer algo que não é permitido. Logo, separemos os problemas - uma coisa é lutar para mudar a regra, outra é querer transgredir a regra)

- Temos um problema clássico de externalidade. Drogas como o crack ou a cocaína, por exemplo, podem matar não apenas os usuários, mas podem destruir famílias. Esquecendo o lado social, um pai que tem um filho drogado provavelmente não será tão produtivo quanto um pai de uma família estável e estruturada. E um drogado pode vir a matar um filho de outra família. E assim precisamos de mais policiais para nossa segurança. Acho que fica clara a externalidade, não? (Ja deixo claro que, mesmo assim, pode muito bem haver a discussão se é certo ou errado, ou até que ponto as drogas devem ser liberadas - não estou, portanto, defendendo um lado ou outro).

- Especificamente no caso da creatina, não podemos verificar se há externalidade negativa (não há estudos apontando que ela faça mal ao ser humano, muito menos a sociedade como um todo). Diante disso, todos poderiam ter o direito de comprar a creatina, lembrando que, para isso, no Brasil, precisamos mudar as regras do jogo. Confesso nao saber se por meio de portaria, instrução normativa, lei, lei complementar, emenda constituicional ou qquer outra dessas regras ou ainda que as regras estão de acordo com a livre venda e a ANVISA é que já age errado impondo restrições a um produto que ela nao poderia impô-las.

- Se a questão é barrar um produto que pode trazer prejuízos à saúde, a anvisa poderia, como alguns já disseram, diminuir a assimetria informacional, alertando sobre os riscos de cada um dos produtos. No entanto, há casos que não é possível se limitar a um aviso. O exemplo mais simples é a barração de carne contaminada. Nada impede que, apesar de um severo aviso sobre a carne estar imprópria para consumo, um pai desavisado compre ignorando o aviso e dê para um filho. Em outros casos, selos com certificado de procedencia já poderiam ser suficientes(e o órgão nao precisa ser público, obviamente... alías, melhor que sejam vários, e todos privados.

Mas, no fundo, no fundo, percebo que a discussão infelizmente se perdeu entre os que estão conversando no mundo da lei em que vivemos e outros que estão indignados pela lei que temos hoje X a lei em que poderíamos viver.

Responder
Gustavo Vilela 08/07/2010 14:59:19

Breno Almeida,

Eu repito que NÃO CONCORDO com a ANVISA.

Leia de novo o que eu escrevi. Do jeito que você fala fica parecendo que eu sou da ANVISA.

Acho errado retirar das pessoas o livre arbítrio. Eu apenas mostrei a ótica sob a perspectiva da ANVISA (o que eles alegam quando proíbem). Mas eu acho que o cidadão é quem deve decidir o que deve ou não consumir.

Eu não sou nem um pouco paternalista. Por mim entrariam todos os suplementos no Brasil.

Acho que a ANVISA precisa existir, pelas razões que expliquei acima.

Você disse: "As pessoas compram "garrafada" livremente e não morrem mais pessoas por isso do que comendo bacon." Não se isto procede, pois desconheço as estatísticas de morte por uso de garrafadas (não deve haver registro oficial disto). Mas concordo com você que o bacon pode matar (e mata).

Você disse: "Você não é melhor do que os outros para dizer o que é bom ou ruim." Longe disto. Estou aqui colocando meu ponto de vista, sem agredir ninguém, e lendo educadamente o que todos escreveram. Não dito regras. Não mando em nada. Só falo o que penso. Quando mostramos uma opinião, dizemos o que pensamos estar certo ou errado. Mas isto não é absoluto.

Você disse: "Se você só compra produtos com o selo do Imetro ou da Anvisa isso é problema seu, você não pode impor isso nos outros". Não, eu não compro somente estes produtos. Como eu havia dito, a maior parte dos produtos que uso (suplementos e vitaminas) são importadas da Europa e EUA. E repito: eu não impeço nada aos outros. Quem impede é a ANVISA. Vai brigar com eles lá em Brasília!

Você disse: "se tentar impor então é legítimo que os outros te matem em legítima defesa". Eu não sou advogado, sou médico, mas acho que a legítima defesa só é válida quando se tenta tirar a vida de outro (quando nos defendemos de uma tentativa de assassinato). E mais uma vez: eu não tento impedir nada.

PELO CONTRÁRIO: TODOS OS MEUS PACIENTES COMPRAM TUDO IMPORTADO, COM A MINHA RECEITA!!

Mais um detalhe, Breno: sou um cidadão comum, sou contra a ANVISA e este governo atual, mas mesmo assim eu consigo MANDAR a ANVISA liberar um suplemento importado. A ANVISA não tem poder contra o médico. O médico tem autoridade, por força de lei, de determinar a importação de produtos que ele entende serem importantes para seu cliente.

Portanto, se posso lhe dar um conselho (espero que você não venha me agredir novamente), procure um médico de sua confiança e peça para ele lhe receitar o que você precisa. Existem empresas (importadoras) que podem trazer seus suplementos sem problema.

Vedo a animosidade das pessoas passo a entender porque o povo anda matando filho, namorada, ex mulher aí na TV. Devem estar nutricionalmente deficientes. Que tomem suplementos pra cabeça!!

Abraço a todos e GUARDEM AS ARMAS. Isto aqui é apenas um BLOG!!






Responder
anônimo 08/07/2010 15:05:04

Ah, e esqueci de dizer para vocês. O uso de creatina está liberado no Brasil há alguns meses.

Eu mando manipular para meus pacientes ou então mando importar.

Mas a ANVISA não considera mais proibido (demorou...)

ANVISA deve ser um bando de gente procurando pêlo em ovo, estudando e re-estudando regruinhas sem nunca terem visto um paciente na frente.

São meramente burocratas.

Gostei dos comentários do Gustavo Lengler e do Erick Skrabe.

Concordo com vocês.

Abç

Gustavo (quantos Gustavos aqui!)

Responder
Breno Almeida 08/07/2010 18:27:57

Gustavo Vilela,

Primeiro eu te devo desculpas pela aparente grosseria, claro que não foi essa a intenção.

Na realidade foi uma argumentação absurda para chamar a sua atenção! Deu mais ou menos certo.

A idéia é ilustrar de forma absurda que o fim da Anvisa é uma questão de legítima defesa: do homem comum contra o estado.

Vale a leitura: mises.org.br/SearchByAuthor.aspx?id=203&type=ebooks

Ou: Que aquilo que é melhor para todo mundo (e eu entendo o seu argumento de que Anvisa é necessária, mas muito mal administrada) não tira o direito do cidadão comum de fazer bobagem com ele mesmo.

Ou que não tira o direito do cidadão comum de se defender de qualquer um que o impeça de fazer bobagem com ele mesmo.

Ou que o dono do restaurante não tem que colocar porcaria nenhuma de placa avisando sobre os perigos do ovo mole. E se tentarem forçar a colocada da placa, alegando que o consumidor é ingênuo. O dono do restaurante pode se defender para garantir o próprio direito de não colocar a porcaria do aviso.

"O médico tem autoridade, por força de lei, de determinar a importação de produtos que ele entende serem importantes para seu cliente."

E isso é uma pouca vergonha! Criar uma casta de privilegiados! Que enriquece as custas da retirada do direito dos outros! Direitos deveriam ser iguais para o homem médico e o não médico: afinal são todos homens! Cabeças já rolaram por menos!
(Tá vendo mais argumentos absurdos, as vezes eu não consigo me controlar, vou procurar um médico ;) )

Responder
Gustavo Vilela 17/07/2010 20:03:38

Olá, Breno,\r
\r
hahahaha vc foi mais simpático desta vez.\r
Pois é, eu tb acho que todos poderiam importar suplementos livremente.\r
Mas... pelo menos existe esta brecha na lei (a que permite que com o médico supervisionando e indicando), você possa importar.\r
E o pior: é o médico o responsável se algo acontecer com o paciente que usou um suplemento importado.\r
Eles alegam que "como a ANVISA não analisou a eficácia e segurança do produto, não podem garantir nada, e o médico é totalmente responsável, pela prescrição".\r
O médico é sempre responsável, obviamente, mas por exemplo: se o paciente tem uma alergia grave a uma aspirina ou se tem uma hepatite fatal com um paracetamol, ele nao será incriminado, pois foram reações imprevisíveis e imputáveis ao remédio, e estes medicamentos SÃO registrados. \r
\r
Se o mesmo ocorrer com algo sem registro, tudo recai sobre o médico, e complica para o lado dele. Veja que absurdo... Eu tenho que comprometer todo meu trabalho, nome, dignidade, profissao, etc e me arriscar para poder tentar ajudar alguém. É foda, pois sabemos que estamos prescrevendo suplementos com todas as boas intenções, mas não são isentos de efeitos adversos.\r
\r
É preciso dizer que a ANVISA decide muito mais por questões políticas do que em nome da saúde do cidadão. E em nome dos bolsos de muitos governantes da ANVISA.\r
\r
Afinal, ANVISA é governo. O que se esperaria dela, então? Quer coisa mais em descrédito do que este governo? Só não é para os que ganham bolsa esmola.\r
\r
Outra coisa para te deixar irritadinho: nós, deuses médicos, também não somos obrigados a nos submeter ao rodízio de carros de são Paulo. Todos os outros, mortais, precisam...\r
\r
hauhauhauhahaa\r
\r
Cuidado pra não convulsionar, Breno!!!!!!!\r
\r
Abração,\r
\r
Gustavo\r
\r

Responder
Jão 01/10/2010 15:43:36

As leis são claras e abertas para que todos possam ver. Dizer que a ANVISA "roubou" o seu medicamento, é uma coisa absurda, ja que, o seu DEVER é saber o caminho onde pisa. Você deveria ter consultado todos os órgãos necessarios para que seu pedido fosse completado, o correio, o site, e a ANVISA. O trabalho da Anvisa é zelar pela sua vida. Todos tem direito a vida, ja diz o art.5 da CF, porem zelar pela sua vida é um dever do ESTADO, que o faz por meio de órgãos competentes. A ANVISA fez o trabalho dela, evitando que você atentasse contra a própria vida, ja que por critério da própria ANVISA o seu medicamento é "proibido" no Brasil por motivos de ineficacia.
A lei ja diz que todo cidadão tem um prazo (que eu não me recordo os dias, mas acredito ser 30 dias) para conhecer uma lei.
Então na proxima vez, se informe sobre o assunto.

OBS: eu acho que você esta certo em ficar injuriado com o fato. Eu ficaria também.
Só estou dizendo que você esta errado em criticar a ANVISA, ja que ela esta fazendo o trabalho dela, por pior que seja.

Responder
Maria 01/10/2010 20:31:22

As leis são claras e abertas para que todos possam ver. Dizer que o III Reich "assassinou" judeus, é uma coisa absurda, ja que, o DEVER deles era saber o caminho onde pisam. Eles deveriam ter consultado todos os órgãos necessarios para que suas vidas fossem preservadas, os mandatos da SS, as ordens do Fuuher, e a GESTAPO. O trabalho da Gestapo é zelar pela nação. Todos têm direito a vida, ja diz Constituição Alemã, porem zelar pela sua vida é um dever do ESTADO, que o faz por meio de órgãos competentes. A GESTAPO fez o trabalho dela, evitando que você atentasse contra a crença e os costumes da nação Alemã, ja que por critério da própria GESTAPO, o seu credo é "proibido" na Alemanhã por motivos de pureza.
A lei ja diz que todo cidadão tem um prazo (que eu não me recordo os dias, mas acredito ser 30 dias) para conhecer uma lei.
Então na proxima vez, se informe sobre o assunto.

OBS: eu acho que você esta certo em ficar injuriado com o fato. Eu ficaria também.
Só estou dizendo que você esta errado em criticar a GESTAPO, ja que ela esta fazendo o trabalho dela, por pior que seja.

Responder
Luis Almeida 01/10/2010 20:41:44

Você tem razão, Jão. Só estou vivo hoje por causa do estado. Devo minha vida totalmente aos burocratas da ANVISA e a seus patrões indiretos, como Sarney, Michel Temer e sua corja. Não fossem eles, eu já teria me matado há muito tempo.
Dizer que alguém foi roubado quando passava a noite em um bairro perigoso é uma coisa absurda. A pessoa deveria saber que ocorrerm assaltos ali!
A ANVISA é quem manda em mim e eu devo ingerir apenas o que ela permite e fazer apenas o que o estado permite que eu faça com este corpo que abriga minha alma, mas não é meu, é do estado.
Da próxima vez não vou me atraver a decidir o que é bom para mim mesmo. Peço desculpas por esta falha e por ter gerado toda essa confusão.
Obrigado por me trazer a luz.

PS: Melhor você se atualizar antes de fazer comentários desse tipo:A ANVISA fez o trabalho dela, evitando que você atentasse contra a própria vida, ja que por critério da própria ANVISA o seu medicamento é "proibido" no Brasil por motivos de ineficacia.

Responder
mcmoraes 01/10/2010 22:18:13

Como o sr. Spooner já dizia, dois comportamentos comuns aos bandidos das massas são, em primeiro lugar, apoderar-se de algum distintivo ou certificado oficial, para dar uma aparência de legalidade na espoliação e, em segundo lugar, dizer que a espoliação é necessária ao zelo pela vida dos outros. Alguém tem que ser muito ingênuo ou muito safado para concordar com a opinião do Jão.

Responder
quexada 13/12/2010 23:26:46

Parabens pelo seu texto, escreveu tudo o que eu também gostaria de escrever!\r
\r
Esse país é uma bunda, encomendei no BB.com o total de 100 dollares com frete, os filho da puta me taxaram, sobre 150 dollares! 60% + 60% dos 60% hehehehheeh\r
\r
resumindo a mercadoria tinha dado 230 reais com frete, pagamos 240 de taxação!\r
\r
que país é esse?\r
\r
palhaçada!\r

Responder
Ronaldo 10/01/2011 21:52:03

Nossa olha o que esse gustavo escreveu:
"Caro Luis Almeida. Como médico, informo que realmente não comprovação pela ciência médica de eficácia anabolizante da creatina oral. "

Que medico eh esse? Cade o CREMERS desse incopetente? Precisa ser cassado imediatamente por falar a maior besteira que eu ja li. Tao ridiculo que a Creatina foi liberada esse Ano para comercializacao e nao tem nem um tipo de efeito Anabolico conhecido. Esse cara é um atentado a Ciencia!

Responder
Fernando Chiocca 10/01/2011 22:58:11

Lembrando apenas que "um grupo de cientista aprovar ou não a eficácia de um produto" não tem relevância alguma para o argumento do artigo/indignação do Luis Almeida, pois mesmo que tivesse um efeito maléfico comprovadíssimo, ninguém tem além dele tem nada a ver com isso, ninguém pode proibir a força que ele use o que escolher, ele não é um escravo de ninguém.

Responder
Renato Araujo 03/02/2011 19:19:50

Você(s) que defende(m) alienadamente o direito à livre-arbito deveriam saber que a livre venda de antibióticos por todos esses anos garantiu o desenvolvimento de uma super bactéria que ameaçará os seres humanos nos próximos anos.
Os pobres tomam antibiótico para qualquer problema que eles pensam que estão tendo. E tomam uma capsula só, sem nenhum tratamento.
O antibiótico é criado para matar bactérias da segunte maneira, se toma antibióticos por um longo período de tempo matando as bactérias menos resistentes a penicilina (que são a grande maioria). As outras bactérias mais resistentes acabam sendo deixadas para o organismo humano, já que eles estão em pouca quantidade.
Tomando penicilina erradamente, se mata poucas bactérias menos resistentes, deixando as mais resistentes se reproduzirem.


Agora a sociedade vai sofrer por causa desse livre arbítrio de comprar antibióticos sem receita médica.


Acredito que a questão que deveria ser trabalhada na anvisa é sua burrice (tendo em vista a não comprovação de eficácia e segurança de uso) pois sua ampreensão é coerente.

Responder
augusto 03/02/2011 19:34:50

Renato,\r
\r
Voce menciona um problema bastante real.\r
\r
No entanto, eh um problema potencial, algo que pode acontecer num futuro indeterminado. Enquanto isso, ha pessoas morrendo hoje, porque a Anvisa, o FDA e outras agencias, atrasam e encarecem o desenvolvimento de novos remedios.

Responder
Fernando Chiocca 03/02/2011 19:34:56

Hahahaha, claro, claro. Se o Luis Almeida não fosse roubado e tivesse tomado sua creatina, ele poderia se transformar num super monstro e só o Spectromen poderia salvar o mundo... Realmente muito coerente a Anvisa. E você também... E muito altruísta os dois.. tão preocupados com o mal estar que pessoas inferiores poderiam causar a sí próprias se não fossem vocês para impedir na PORRADA (PORRADA = um mal estar, ou seja, ameaça de provocar um mal estar real para evitar outro possível mal estar)

E este dos antibióticos é mais um motivo para abolir esta agência criminosa, pois (1) apesar deste graaande perigo que você denunciou, a ANVISA permitiu que isso ocorresse debaixo de seus domínios e, (2) sem a burocracia da ANVISA (FDA e afins) a industria farmacéutica terá liberdade para criar e disponibilizar no mercado novos antibióticos para salvar a humanidade.


Responder
Erick Skrabe 03/02/2011 20:45:26

Renato,

"a livre venda de antibióticos por todos esses anos"

Ñ entendi. Antibióticos nunca tiveram venda livre, semrpe foram tarja vermelha e precisavam de receita.

Ahhh.... vc comprava sem receita, não é ? Ué, então para que Anvisa ? Se ela nunca conseguiu controlar isso. Ou é melhor um estado policial onde a Anvisa fica olhando se vc tem a receita ou se é um criminoso irresponsável que vai tomar errado seus remédios ?

Melhor que o pobre tenha acesso ao remédio, mesmo tomando errado, do que ficar dependendo do estado e ficar sem o remédio. E muita gente hoje no Brasil não tem seu remédio porqu eo estado não é eficiente para distribui-lo e porque não tem dinheiro porque o estado suga alguns meses do seu salário.

Responder
Renato Araujo 06/02/2011 19:00:23

Caro Erick Skrabe.

"A Anvisa publicou nesta quinta-feira (28 de outubro) uma nova determinação no Diário Oficial: a partir de agora, só é possível comprar antibióticos com prescrição médica e retenção de receita. Ou seja, uma via ficará com a farmácia e a outra, que será carimbada pelo estabelecimento, com o consumidor. Vai haver mudanças também nas embalagens dos medicamentos, que terão de trazer a seguinte mensagem: "Venda sob prescrição médica - Só pode ser vendido com retenção da receita". Os fabricantes terão 180 dias para se adaptar à norma."

A Anvisa não conseguia controlar... Mas agora com retenção de receita ela conseguirá.


E sobre o seu comentário:
"Melhor que o pobre tenha acesso ao remédio, mesmo tomando errado, do que ficar dependendo do estado e ficar sem o remédio."

Tomando errado só vai piorar sua situação dele e desenvolver uma superbactéria que ameaça a sociedade.

info.abril.com.br/noticias/ciencia/superbacteria-ligada-ao-uso-de-antibioticos-25102010-14.shl

www.diariodepernambuco.com.br/2010/10/24/urbana5_0.asp

Responder
Tiago RC 04/02/2011 08:00:03

Antes éramos vulneráveis a bactérias resistentes e não-resistentes. Nos livramos das últimas, continuamos apanhando das primeiras. Por que diabos isso é uma regressão, tenho dificuldade para entender...
A propósito, se fosse realmente o caso, a expectativa de vida não deveria estar caindo?

O pior é ver neguinho querer justificar violência contra inocentes baseado nesse blábláblá... se ao menos defendesse pacificamente a redução no uso de antibióticos, ainda vá lá... mas sob a mira de uma arma? Haja gente com instinto tirano...

Responder
Renato Araujo 06/02/2011 19:19:01

Caro Tiago RC
não é bem assim, vou tentar explicar melhor:

quando penicilina (antibiótico) foi inventada, menos de 0.1% das bactérias era resistente a esse produto. A penicilina nunca entra no seu corpo para aniquilar todas as bactérias, ela serve para ajudar os mecanismos de defesa do corpo a atuar contra as bactérias.

É um tratamento que demora dias porque é uma guerra constante entre bactérias (que são muitas) e globulos brancos...

As bactérias mais resistentes são menos enfraquecidas, por isso são as ultimas a morrer.

Usemos a matemática em uma situação hipotética,um indivíduo que deveria utilizar antibiótico por duas semanas e usa por uma semana e meia, mata nesse tempo 70% das bactérias enfraquecidas. Caso ele tivesse tomado por 2 semanas, ele teria matado 90% das bactérias...

O corpo humano sem ajuda de antibióticos em perfeito estado conseguiria aniquilar esses 10% que sobrariam sem nenhuma ajuda da penicilina, matando assim, os 0.1% de bactérias resistentes.

Mas como o indivíduo não mata todos as cepas porque para o tratamento no meio, o corpo não consegue aniquilar os 30%, que vão restar poucos, mas nesses 30% estão contidos os resistentes, que vão fazer parte da genética da nova geração de bactérias.

Repetindo esse processo várias vezes, as resistentes acabam virando 100% e a penicilina acaba sendo inútil

Responder
Klauber Cristofen Pires 04/02/2011 15:53:06

Sr Luís Almeida e amigos,\r
\r
A Anvisa, não raro, copia - isto mesmo - recorta e cola (!) as decisões da FDA - Food and Drugs Administration. Este órgão americano é que sim, analisa e testa as substâncias. \r
\r
Ora, ora, pois se o alimento é liberado pela FDA, para o consumo por parte de um público consumidor muito mais exigente, qual o problema de não ser aceito aqui? \r
\r
Aí vai apenas militantismo anti-americanista disfarçado de diligência profissional. \r
\r
Ademais, vivemos em um país cujo primado jurídico diz que podemos fazer tudo o que não é defeso em lei. ora, não constituindo as substâncias daquele produto drogas proibidas, nem se tratando de espécie vegetal ou animal in natura, que poderia espalhar doenças ou alastrar-se, mas sim de produto industrializado, não há um motivo convincente para o seu arresto pela Anvisa. \r
\r
O Sr Luís Almeida fez a coisa certa e querem saber? Estou a fim de fazer o mesmo, só para ter a mesma oportunidade. \r

Responder
Renato Araujo 06/02/2011 19:30:16

Caro Fernando Chiocca

"em a burocracia da ANVISA (FDA e afins) a industria farmacéutica terá liberdade para criar e disponibilizar no mercado novos antibióticos para salvar a humanidade."


NOVOS ANTIBIÓTICOS???

Por favor, entenda...
foi descoberto até hoje UMA MANEIRA de matar bactérias... e é com penicilina (derivado de um fungo descoberto em 1928)...

Com a nova geração de superbactérias que está sendo criado pelo mal uso de penicilina teremos para bactérias o mesmo número de substancias que temos para matar os vírus... NENHUMA


Já disse minha visão sobre o assunto... A Anvisa é BURRA em não saber o que a Cratina faz, mas existe um propósito coerente para sua existência.

Responder
Fernando Chiocca 06/02/2011 22:54:40

Renato, se a ANVISA e seus pares mundo afora já existinsem, talvez o penicilina nem tivesse sido criada, o que, segundo suas informações, teria sido algo muito positivo, já que seu uso pode acabar com a humanidade!

Esta alegação é só mais um dentre tantos casos de autoritarismo justificado sobre uma pseudo-ciência.

Mas de qualquer maneira, tudo o que você possui é um caso em favor de um controle de antibióticos, não em favor de ladrões que roubam creatina de pessoas honestas e comentem milhares de outros crimes.

Se você realmente tem uma preocupação sincera sobre o uso de antibióticos, deve ser o primeiro a ser contra a Organização Criminosa Chamada ANVISA, pois ela só ajuda a tirar a credibilidade que sua alegação poderia ter.(que pra mim náo saiu do zero)

Responder
Valentim Pizzoni 07/02/2011 01:42:41

@ Renato: Uma maneira de matar bactérias? Cara pega um livro de farmacologia e olhe os aminoglicosídeos, as quinolonas, a família das tetraciclinas, os macrolídeos. Quatro tipos está bom? Sem falar nos anti virais. que existem sim, e funcionam! Então por favor, se vc quer defender o governo tudo bem. Mas pelo menos não falte com a verdade.
E sim, novos antibióticos. Que não tem sido investigados por que os governos os tornaram pouco atraentes economicamente. E novas maneiras de matar as bactérias como os bacteriófagos só para citar uma.

Responder
Tiago RC 07/02/2011 07:08:51

E nem está "tudo bem defender o governo não". O cara ser ignorante quanto a sustâncias farmacêuticas ainda vá lá... ok, ele não devia ter escrito como se soubesse, mas enfim, pior do que a arrogância de falar sobre o que não conhece direito é defender o uso de violência contra alguém que quer consumir uma substância qualquer que ele não quer que seja consumida.

E obrigado pelo comentário, eu tinha achado de fato muito suspeita essa história de "uma única forma de se matar bactérias".

Responder
Junior Goulart 19/03/2011 05:20:34

Estou na mesma situação que você, o Brasil está realmente perdido nas mãos destas organizações criminosas (Receita Federal e Anvisa), os correios ainda pagam o pato porque é para eles que fazemos nossas reclamações quando os verdadeiros culpados são estes orgãos que não respeitam o cidadão.\r
\r
Vejam o cúmulo do absurdo do desrespeito em que me encontro atualmente.\r
\r
Meu pacote com 2 suplementos foi postado nos Estados Unidos no dia 9 de NOVEMBRO de 2010, isso!! 9 de novembro do ano passado!\r
\r
Demorou muito para chegar no Brasil, só entrou no dia 29 de Novembro, 20 dias depois, ok.. sem problema mas.. aí entra a ação da 1a instituição criminosa chamada ANVISA. A receita federal encainhou para eles, no dia 6 de DEZEMBRO de 2010 chegou as mãos da Anvisa meu pacote, agora vejam isso.. no dia 28 de JANEIRO deste ano é que a Anvisa foi mexer no pacote pra então só no dia 1 de FEVEREIRO me entregarem aqui o telegrama pedindo Receita médica. Ok, sem problema, já estava esperando a tanto tempo, pensei: "vou enviar a receita pelo sedex, assim agiliza a entrega", receita foi enviada a ANVISA no dia 3 de FEVEREIRO, no dia 4 (1 DIA DEPOIS) já havia sido entregue a eles, vejam o código: SW311833670BR\r
\r
Depois?? Depois nada, esses criminosos estão com meu pacote até hoje, 19 de MARÇO de 2011!! É o cumulo do absurdo!! \r
\r
O pior de tudo é que já fiz 2 reclamações no site da Anvisa e sabe o que eles disseram? Que enviaram pedido de receita médica! Eu respondí por 2x dizendo que já havia enviado a receita e o código dela, sabe qual foi a resposta? que enviaram o pedido de receita médica e estão aguardando (eu não errei não.. eles realmente repetiram a mesma resposta que me deram no 1o contato e fizeram isso por 2x ou seja, parece que nem leram o que eu escreví!)\r
\r
A pergunta é a mesma do nosso amigo, até quando?

Responder
J.A.Brasil 04/07/2011 17:01:13

Só para chamar a atenção dos desavisados: se a creatina não pode ser comprada, qual a razão do cigarro poder?\r
Sem comentários.\r
ANVISA (antro nacional de vagabundos "i" seus associados).\r
Bando de ladrões.\r

Responder
Luciana 16/07/2011 02:33:19

Ola boa noite meu nome é luciana e estou com um problema e gostaria de saber como resolver.
Como no comentário acima tenho livre escolha de ir e vir e tbm fazer o que bem queremos de nossas vidas e corpos desde que assumimos nossos atos e palavras, então :
eu faço uso de inibidor e minha mãe de indutores,então encomendei no mercado negro da net umas 10 caixas dualid para mim para consumo durante 10 meses e respiridon,clonazepan,lorazepan,pedi que enviasse pelos sedex 10 então dia seguinte la estava site correios que minha caixa estava retida e sendo fiscalizada pela Anvisa.
Tenho conciencia que é uma boa quantidade e tal, mais acho que si me chamarem posso dizer que sou usuaria e quiz sim comprar além do que o dinheiro é meu e faço uso dele como quero.
então alguém sabe me dizer o que deve acontecer si serei notificada e si posso realmente dizer que comprei sim e faço uso.
aguardo Contato.

Responder
anônimo 16/07/2011 07:38:34

Espero que Luciana não seja seu nome verdadeiro.

Qual a pena para a compra dessas substâncias? Se for severa, simplesmente diga que não foi você que encomendou e que não faz idéia de que por que foram enviadas para ti.

E da próxima vez, encomende de alguém que saiba esconder melhor o pacote. Ou você teve azar, ou o vendedor deu bandeira.
Pesquise por Silk Road. É um site que permite que vendedores sejam recomendados por seus clientes. Não sei se já está forte no Brasil e se vende o que você procura, mas pode ser uma alternativa, ao menos há esse sistema de reputação.

Responder
regi 21/07/2011 20:35:52

boa noite luciana
fale comigo no reginaldo.fpolis@hotmail.com
verei o que posso fazer para conseguir o que vc precisa

Responder
zoot 02/08/2011 11:59:28

As liberdades civis no Brasil já foram para o espaço há muito tempo. Essa esquerda maldita impõe sua agenda fascista e a sociedade, bovinamente, nada fala. Estamos vivendo uma era de fato sombria, mas que infelizmente a maioria da população, ignorante e semi-analfabeta, nem mesmo percebe ou se dá conta. Lamentável esse falso excesso de zelo.
Anvisa; vá nos hospitais públicos, porque é lá que as pessoas morrem aos montes, por negligência do governo ao qual voces pertecem ! Demagogos.

Responder
zoot 02/08/2011 12:30:05

Só uma pergunta. A ANVISA está com o seu CARIMBO nas fronteiras, por onde circulam e entram todos os tipos de tóxicos mortais , 24 horas por dia? Está dentro dos hospitais públicos, que matam mais que as piores guerras por negligência do seu patrão, o GOVERNO? Então que vá para aquele lugar, que ela sem dúvida deve saber qual é!

Responder
gabriel 30/08/2011 15:20:55

se a anvisa fosse metade do que a FDA é... estaria muito feliz

Responder
Fernando Chiocca 30/08/2011 16:14:08

Como assim gabriel?
A FDA e tão ou muito mais nefasta que a ANVISA, ou, como definiu aqui o professor Walter Willians, a FDA é uma agência assassina

Qualquer regulação no mercado é abominável, e quando se trata de produtos essenciais para a manutenção da vida de muita gente, como remédios, é pior ainda.

Responder
bruna ver valen 02/12/2011 15:32:47

a anvisa é o orgão mais podre do nosso País, fascista, que nada tem haver com preocupação pelo povo Brasileiro, a grande vergonha e revolta de uma nação






Responder
EDUARDO ERS ROYALMED 22/12/2011 10:47:01

Olá pessoal!!

olha, fazem quase 11 anos que tenho feito especialistas em ASMA/BRONQUITE, RINITE, SINUSITE, passarem vergonha.
Visitem meu blog, e conheçam o produto que a Anvisa quer impedir que os pobres asmáticos conheçam!

www.ersroyalmed.blogspot.com

Responder
Fernando Chiocca 06/02/2012 18:06:23

Oi Eduardo.

Realmente um absurdo o que esses bandidos da Anvisa estão fazendo com você.

Esses criminosos te acusaram de fazer como vítima a "incolumidade publica" (!!!!), mas na realidade dos fatos, estão vitimizando você.

Só é uma pena que você não ache ruim que a Anvisa faça vítimas com suas agressões, apenas está achando ruim que a vítima seja você:

Eu concordo com a necessidade de controle, segurança, fiscalização de produtos, alimentos, medicamentos.

Você concorda que eles roubem e prendam outras pessoas.. contanto que não seja você....

Eu acho que infelizmente você não tem muito do que reclamar então.

Responder
Eduardo 07/02/2012 09:04:36

Caro amigo, achei interessante o modo como vc sem me conhecer diz que só "me importo comigo mesmo"... Sendo que sou apenas mais um exemplo da falta de competencia da Anvisa.
Realmente é "chato" qdo viemos qdo a "água bate na bunda da gente", mas não posso reclamar???
Achei totalmente vago o teu comentário, sendo que as atrocidades cometidas por esses orgão é de conhecimento de todos, e vim apenas mostrar que sou mais uma vítima.
Tenho livre e total direito de reclamar, o mesmo direito que vc tem e que qualquer um tem.
Eu deveria me calar????? Eu deveria fazer o que para ser "correto" segundo o teu ponto de vista???
Por exemplo: " Pessoas que nunca reclamaram de atitudes abusivas de policiais, qdo sofrem esse tipo de abuso não podem reclamar ??"
Ou uma mulher que é violentada, mas que nunca "se preocupou com isso", qdo sofre essa violencia não pode reclamar???
Tente se expressar melhor cara, e entender que à qualquer hora vc poderá ser injustiçado tbm.
Concordo sim que prendam quem engane, quem cause dano e prejuizo, no meu caso... só fiz bem, só tenho feito o melhor por quem confia em mim, pois em 11 anos nunca decepcionei quem comprou de mim, aqui no Brasil ou no mundo!!
Realmente não mereço isso, e que prendam sim com fatos e provas aqueles que usam de má fé para obter lucros!!!
Meu Composto faz sim qualquer especialista passar vergonha, basta ler os depoimentos no meu blog, e por isso eu mereço é respeito.

Responder
Fernando Chiocca 07/02/2012 10:24:54

É o seguinte: se você concorda que um grupo de pessoas tenha o poder de proibir a comercialização de qualquer produto, que uma pessoa livremente escolheu produzir, e que outra pessoa livremente escolheu comprar, então não tem coerência você reclamar só quando a vítima dessa proibição seja você.

Não Eduardo, ninguém pode ir armado e impedir uma troca voluntária, e é isso que a Anvisa faz.

Se o produto é eficaz ou não, isso não importa. O que importa é que a pessoa quer comprar.

Cabe somente ao consumidor julgar a eficácia do que ele comprou.

E ele pode comprar "no escuro", sem ter eficácia comprovada.

O que deve ser evitado são fraudes comuns. É eu comprar seu produto de acordo com o que você descreveu e você me entregar uma pedra numa caixa, ou então um pote do seu produto, mas com mel dentro. E nnão existe nenhuma "necessidade de controle, segurança, fiscalização de produtos, alimentos, medicamentos" (coisa que você concorda que haja) para combater essas fraudes. A pessoa lesada deve acionar a justiça comum, e não essa coisa exdrúxula que a Anvisa faz de ela se outorgar o poder de decidir quando um ente imaginário foi lesado, e punir os produtores, consumidores, e comerciantes.

Controle, segurança, fiscalização de medicamentos foi exatamente o que ocorreu com você. Por que o controle não deveria ser do jeito que está sendo? Essa é uma discussão inútil, pois o critério sempre vai ser subjetivo, e unilateral.
O problema é a imposição sob a mira de um revólver de um critério não solicitado pelas partes envolvidas.

Responder
Eduardo 07/02/2012 14:04:27

Caro amigo, eu não concordo pois como disse antes, tenho provas documentais e testemunhais a favor de meu produto.
Tenho 11 anos de depoimentos, referências, e devido a isso eu vendi para diversos países, não por eu falar que meu produto é incrivel, mas pelo relato de pessoa para pessoa e a comprovação pessoal de cada um!

Se a polícia me pegar sem habilitação dirigindo pela cidade, não posso ser acusado de ser criminoso, mas por cometer uma contravenção.

Nesse caso estou sendo acusado de crime contra saúde publica, propaganda enganosa, falsificação, adulteração, etc.

Sem haver testemunhas contrárias a mim, sem análise do produto, sem sequer uma visita ao meu laboratório que é acima de tudo que a vigilancia sanitária exige!!

Meu produto deve "satisfação" ao Ministério da Agricultura e não à Anvisa, pois perceba que o produto "Actívia" é vendido livremente, sendo anunciado como tratamento!!!
Eu, e todos que conheço que usaram o produto reclamamos da ineficiência, pois comprei não por gostar ou ser atraído pelo sabor, mas sim pela promessa de alívio de um transtorno, e quem fiscaliza esse produto é o Ministério da Agricultura!!!

Meu erro é não ter condições de pagar lobista, propina, etc!!!
Mas nem por isso posso ser considerado criminoso, pois não a quem se manifeste contra mim, a não ser covardes que se consideram "especialistas" que por inveja preferem tirar a única chance que milhares de pessoas tem, pois não vem deles, então não pode vir de mais ninguém.

Eu sou a favor da fiscalização e controle sim, mas no meu caso a situação é sim unilateral, e percebo que até a "lei" está totalmente confusa sem saber o que fazer pois realmente não me encaixo nas acusações.
A eficácia dos elementos da composição do meu produto é amplamente reconhecida por cientistas e universidades de todo o mundo, porém eu consegui "formar" algo incrível, que não tem da maneira alguma contraindicações e possui eficácia que qualquer um pode comprovar!
Eu ofereci meu produto à promotora de justiça que está no caso!! rsrs e se ela tiver um parente ou amigo sofrendo, ficará agradecida a mim e satisfeita por ter conhecido meu poderoso produto.

Meu problema se chama: Burocracia, e deve haver, mas exijo um "julgamento" justo!!

Responder
Luis Almeida 07/02/2012 14:17:12

Eu sou a favor da fiscalização e controle sim,

Então, sinceramente, se fudeu.. e mereceu.

A eficácia dos elementos da composição do meu produto é amplamente reconhecida por cientistas e universidades de todo o mundo, porém eu consegui "formar" algo incrível, que não tem da maneira alguma contraindicações e possui eficácia que qualquer um pode comprovar!

A eficácia do produto com creatina que os ladrões da Anvisa me roubaram não tinha eficácia comprovada, e foi isso que eles alegaram para me proibir de comprar um produto que eu queria comprar.

Porque existe gente que pensa que nem você é que eu fui roubado. Fui roubado com o seu apoio.

A opinião de cientistas e universidades do mundo todo não tem mais valor que a minha quando quero escolher o que comprar.

Responder
Eduardo 08/02/2012 04:00:11

Continuo afirmando que sou a favor da fiscalização e controle de "diversos" no mercado de consumo. Mas... se alguém inventar uma formula pra nascer cabelos pois os meus... rsrsrs... pouco me interessa se tem registro ou não, cabe a mim analisar, pesquisar, conversar e saber se é "cabível".


Compro de onde, qdo e como eu quiser, pois o que realmente mata e destrói é propagado na tv abertamente todos os dias.

Há pouco tempo havia um produto chamado "asmazol", prometia cura da asma, com a história triste de um cara que por perder o pai resolveu se tornar cientista e descobrir a cura da doença.
Porém lhe fiz 24 perguntas há quase 5 anos, e até hoje ele nunca respondeu. AS mentiras eram absurdas, mas mesmo assim ele teve participação até mesmo no programada de TV do "Ratinho Junior".

1600 asmáticos voluntários, 25 cientistas envolvidos, hospitais ministrando o produto em testes, produto à venda nos EUA e aprovado pelo FDA, etc, etc, etc...

Porém no site deles, menos de 10 depoimentos sem identificação alguma, inclusive usaram o depoimento de um cliente meu!!!! ( Adeil ).

Com um pouco de "google" descobri que asmazol era um xarope que foi banido do comércio nos países mais pobres aqui da América do Sul!!!

Se esse cara, com tantas mentiras conseguisse entrar em farmacias de todo o país, teria enganado milhares de pessoas!

Eu pretendo entrar em farmácias e apenas por isso quero registrar o produto, pois além de tudo ficarei muito rico, pois não ha nada parecido e concorrência alguma e serei um rico orgulhoso por ter melhorado a vida de muita gente!!

Mas concordo que aqueles que acreditaram em mim até hoje podem sim comprar livremente, sem intervenções, sem obstruções e fascismo como temos visto!!

Responder
Matheus Polli 07/02/2012 17:50:09

Você não entendeu nada, não é?

Seu produto não deve satisfação a ninguém - nem à Anvisa nem ao Ministério da Agricultura!

Seu produto só deve satisfação ao livre mercado.

Abraços libertários.

Responder
Roberto Pezim Fernandes Filho 06/02/2012 16:33:55

Olá colegas, comprei um pote de 300 pilulas de melatonina de 5mg pela Amazon.com, já está no Brasil: EC686449311US - Histórico do Objeto
O horário não indica quando a situação ocorreu, mas sim quando os dados foram recebidos pelo sistema, exceto no caso do SEDEX 10 e do SEDEX Hoje, em que ele representa o horário real da entrega.

Data Local Situação
06/02/2012 08:47 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para RFB - AV ESPECIAL - ORGAOS ANUENTES
03/02/2012 11:29 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Conferido
01/02/2012 15:42 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para AVALIACAO - ANVISA
30/01/2012 11:19 UNIDADE TRAT INTERNACIONAL SAO PAULO - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para RFB - FISCALIZAÇÃO/CUSTOMS
30/01/2012 11:17 UNIDADE TRAT INTERNACIONAL SAO PAULO - SAO PAULO/SP Conferido
Recebido/Brasil
26/01/2012 07:11 ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Encaminhado
Em trânsito para UNIDADE DE TRATAMENTO INTERNACIONAL - BRASIL
26/01/2012 07:10 ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Conferido
Recebido na unidade de exportação
25/01/2012 15:25 ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Postado
.
.
Será que chega em minhas mãos?.
.
E a PORTARIA www.anvisa.gov.br/legis/portarias/344_98.htm ?

Responder
Roberto Pezim Fernandes Filho 14/02/2012 12:09:17

.
Me ferrei, bloquearam meu pedido.
.
Já comprei de uma pessoa que trouxe do EUA.
.

Responder
Rafael 05/03/2012 22:14:34

Cara, voce e meio patético , olha o que voce criou de discussão por causa de uma naba de potinho de creatina. Se voce nao quer ser regido por leis, então não use o Estado, não pague mais suas contas, não vote, não tenha carteira de identidade e vá produzir sua própria creatina no quintal da sua casa, construída em terreno pertencente ao seu país. Acorda moleque e pára de pensar que o mundo funciona como no seu ps3 Pu Xbox.

Responder
Luis Almeida 06/03/2012 04:05:07

Prezado Rafael, algumas sugestões suas eu já sigo há um bom tempo. Nunca votei, jamais utilizo o estado (exceto quando não há escapatória, como, por exemplo, utilizar ruas, estradas e aeroportos -- pelos quais paguei via impostos, só pra deixar claro) e perdi minha carteira de identidade há décadas.

Sobre eu mesmo construir minha própria creatina, tal sugestão é tão cretina quanto eu dizer para você construir seu próprio celular, seu próprio computador e seu próprio carro. É justamente por ser impossível fazer isso sozinho, que existe essa coisa maravilhosa chamada divisão do trabalho e especialização. É por isso que você pode viajar de avião sem ter a mínima ideia de como a coisa funciona ou é construída. E é por isso que eu tenho o direito de comprar creatina de quem eu quiser e de quem saiba melhor do que eu como fazer o produto.

E é justamente este fenomenal arranjo da divisão do trabalho que o governo quer destruir, devolvendo a humanidade à idade da pedra. E, ao praticar tal destruição, ele sempre poderá contar com o apoio e o aplauso entusiasmado de patetas idólatras e lambedores de pés de burocratas como você. Que modo de vida lamentavelmente obtuso este seu.

Responder
Eduardo 06/03/2012 06:18:38

????? kkk Isso é pra mim mesmo???? ahuahuahsuahusahsuhaushas!!\r
\r
Quem é louco de não querer viver sob as necessidades de direitos e obrigações??\r
Até bichos vivem assim, não é á toa que existem reservas onde sem saberem esses animais tem suas vidas monitoradas.\r
Tudo que não aceito é ser acusado indevidamente!\r
Qdo vc está dirigindo, ao virar à esquerda ou à direita, vc dá satisfações pra quem vem atrás se utilizando das setas.\r
Então saiba que não sou muleque, apesar que curto muito o Playstation do meu filho, tenho 35 anos, tenho duas empresas abertas sendo que a que atua com meu produto tem quase 12 anos.\r
Observe bem os motivos pelos quais entrei aqui.

Responder
Fernando Chiocca 06/03/2012 11:21:53

É óbvio que não foi pra você Eduardo. Foi pro Luis Almeida, que está lutando por liberdade e por seus direitos de propriedade, à começar o de propriedade sobre o próprio corpo.(pelo direio de consumir creatina ou o que quer que seja, sem precisar pedir autorização para ninguém)

Este demente deste Rafael se referiu a alguém que não quer ser "regido" pelas determinações de um grupo armado que domina determinado território, o que não é o seu caso. Você já deixou claro que você quer sim ser comandado por pessoas que podem impor através di uso da força suas determinações a quem não as requisitou. Você só está reclamando que as regras deles sejam diferentes do que são, mas quer que tenha alguma.


E Rafael, deixar de usar o estado é tudo que queremos. Só que o estado não deixa. Ele existe através do esbulho de nossa propriedade e ainda usa o produto deste roubo para controlar inúmeros aspectos de nossas vidas que só dizem respeito à nós.

TUDO que queremos de gente como você é sermos deixados em paz, em nosso canto, em nossas propriedades. E não, o terreno que construo minha casa é meu, e não seu, nem de um bando de políticos em Brasília e nem de ninguém mais.

Responder
Roberto Pezim Fernandes Filho 06/03/2012 10:46:16

.
.
Após diverosos documentos, muitos por emails, escrios e oficios, advocaticios e pela administração dos correios venho a público e para todo o Brasil informar que fui e estou sendo lesado pelo orgão ANVISA, por Apropriação indébita, envergonhando toda a nação brasileira perante os comerciantes do site amazon.com e do mundo.
.
"Este não é um país sério!" Charles de Gaulle, presidente da França, 1963.
.

Responder
André Ramos 14/03/2012 10:28:24

A Anvisa ataca novamente:\r
www.dgabc.com.br/News/5946816/anvisa-proibe-venda-de-cigarros-com-sabor.aspx\r

Responder
Fernando Chiocca 14/03/2012 10:47:15


Eles nunca vão parar.


Of all tyrannies, a tyranny exercised for the good of its victims may be the most oppressive. It may be better to live under robber barons than under omnipotent moral busybodies. The robber baron's cruelty may sometimes sleep, his cupidity may at some point be satiated; but those who torment us for our own good will torment us without end, for they do so with the approval of their own conscience. – C. S. Lewis



Responder
Gustavo Sauer. 14/03/2012 11:24:42

Porque, para eles, não é uma tirania, mas a transformação para um mundo melhor.

Responder
Roberto.Pezim.Filho 14/04/2012 05:50:55

Não devolvem/retornam a minha mercadoria paga com o meu dinheiro websro.correios.com.br/sro_bin/txect01$.QueryList?P_LINGUA=001&P_TIPO=001&P_COD_UNI=EC686449311US
.
Estou sendo lesado de forma ampla...

Responder
ERS Royalmed 14/04/2012 12:05:40

PQ esses CANALHAS da Anvisa não interferem na venda de bebidas alcoolicas?
Se eu quiser me bronzear numa Camara de bronzeamento artificial... A ANVISA JÁ PROIBIU!! KKK

Quem quer fumar cigarro com sabor.... JÁ PROIBIU!!!!

Agora, bebida que mata, destroça, esmaga pessoas, familias... Todos os dias, NISSO A ANVISA NÃO SE METE NÉH?????????

EI PESSOAL DA ANVISA, EU DESAFIO VCS!!!! EU VENDO O MELHOR, OU ÚNICO TRATAMENTO EFICIENTE PRA ASMA/BRONQUITE QUE EXISTE NO MUNDO!! E DESAFIO VCS A MOSTRAREM DEPOIMENTOS, TESTEMUNHOS, RELATOS DE SATISFAÇÃO TOTAL DOS PRODUTOS QUE VCS LIBERAM!!!

POIS EU SIM TENHO TAIS PROVAS!!!!!!

VCS JÁ ME DENUNCIARAM NO MINISTÉRIO PUBLICO DE SÃO PAULO, COM ACUSAÇÕES RIDÍCULAS, NÃO CONSEGUIRAM UMA SÓ TESTEMUNHA CONTRÁRIA A MIM!!!!!!!!! KKKKK

VCS DEVERIAM É ME PAGAR PARA EU REGISTRAR MEU PRODUTO!!!! E CUIDADO COM LOBISTAS OK?!!!?! RSRSRS

Responder
Elisberto Silva 21/04/2012 09:10:01

Pô!!! Recebi este telegrama hoje. Todo atleta consume proteínas? Comprei umas proteínas e outros produtos, Nada de anabolizantes e nem tão pouco esteroides. Alô......ANVISA De merda, eu comprei proteínas. Se fosse alcoom e drogas entravam neste país fácil, fácil. Mas como é suplemento e não tenho dinheiro para lhe pagarem propinas ai não vem né?

Anvisa e Todos os órgãos de merda desse País. Vão Se F#D*R Porra!

Responder
Osvaldo 27/04/2012 20:44:47

Óleo de CANOLA faz mal a saúde e pode matar
Atenção quem consome o óleo de CANOLA. Ele faz mal a saúde e pode matar.

O óleo de CANOLA, também conhecido com o nome de COLZA, é uma planta da família das mostardas. Planta essa que foi a fonte de produção do agente mostarda, gás letal usado de forma terrível na Guerra Mundial. O óleo de colza é utilizado como substrato de óleo lubrificante, sabões e combustível, sendo considerado venenoso para coisas vivas: ótimo repelente (bem diluído) de pragas em jardins. Este poder tóxico é proporcionado pela alta quantidade de ácido erúcico que contém. Tem sido usado de forma alimentar no Extremo Oriente, na forma não refinada, e contrabalançada com uma dieta rica em gordura saturada, o que evitaria seus graves efeitos tóxicos.

No entanto no ocidente o objetivo era se produzir um óleo com pouca gordura poliinsaturada, e boa quantia de ácido oléico e omega-3. O óleo de oliva tem estes predicados, mas sua produção em larga escala é dispendiosa.

Aí entram em cena empresas de "intenções lucrativas", como a Monsanto, e produz uma variação transgênica da colza. Para evitar problemas de marketing, usa o nome CAN - OLA (Canadian oil - ou óleo canadense). Isto mesmo: CANOLA é absolutamente transgênica. Sua comparação aos benefícios do óleo de oliva não passa de uma estratégia de venda: o óleo de oliva é bem mais caro, mas a canola é o mais caro do que os outros óleos, apesar de ser uma produção baratíssima! Bom negócio, enfim.

O óleo de CANOLA está longe de ser tão salutar assim como se alardeia alguns cardiologistas ou nutricionistas. O ÓLEO DE CANOLA deixa um cheiro rançoso nas roupas, pois é muito facilmente oxidado. Seu processo de refinamento produz gorduras trans (igual problema das margarinas), relacionadas a graves doenças incluindo o câncer. Produz déficit de vitamina E, antioxidante

natural. Alimentos feitos com canola embolaram mais rapidamente.

As pequenas quantias de ácido erúcico, que ainda persistem na planta alterada, continuam sendo tóxicas para consumo humano, e esta ação tóxica é cumulativa. Existem relatos de inúmeras outras enfermidades ligadas à ingestão e até mesmo a inspiração de vapores de canola (possível vínculo com câncer de pulmão).

Alguns anos atrás várias pessoas morreram envenenados na Espanha, por terem ingerido azeite de oliva misturado com óleo de "colza".

Nos EUA existem ações contra as empresas que fabricam óleo de CANOLA, de pessoas terem sido intoxicadas e até mortas por consumirem esse produto.

A ação nos Estados Unidos contra a Monsanto (empresa que fabrica o óleo de colza) encontra-se no endereço: www.centerfoodsafety.org ou www..gefa.org.

Sobre o relato de médicos americanos estudiosos e indignados sobre a verdade da canola, entre em: www.tetrahedron.org (The truth about canola oil).

O site www.shirleys-wellness-cafe.com/canola.htm

também possui grandes informações sobra os males do óleo de CANOLA.

DETALHE: ESTE TERRÍVEL ÓLEO DE CANOLA É VENDIDO ABERTAMENTE EM TODOS OS MERCADOS
COM O AVAL DA ANVISA. E AÍ, ANVISA ? O QUE A FAZ LIBERAR UM PRODUTO TÓXICO COMO ESTE
E PROIBIR O USO DO TRIBULUS TERRESTRIS ?
TRIBULUS: ADAPTÓGENO DA TESTOSTERONA, OU SEJA, NÃO É HORMÔNIO. FAZ SEU ORGANISMO PRODUZIR O MESMO NATURALMENTE, ELIMINANDO O CANSAÇO, FADIGA, EXCELENTE PARA O FÍGADO, USADO POR FISICULTURISTAS (em substituição aos anabolizantes sintéticos) E POR FIM, É UM VIAGRA NATURAL, SEM EFEITOS COLATERAIS NEM CONTRA-INDICAÇÕES.
MEU TIO MORREU NO MÊS PASSADO, TOMANDO O "VIAGRA" VENDIDO EM QUALQUER FARMÁCIA E LIBERADO PELA ANVISA !
A ANVISA NÃO TRABALHA PARA A COMUNIDADE E SIM EM PROVEITO PRÓPRIO !

Responder
Augusto 28/04/2012 05:15:41

"O óleo de CANOLA ... sendo considerado venenoso para coisas vivas: ótimo repelente (bem diluído) de pragas em jardins. Este poder tóxico é proporcionado pela alta quantidade de ácido erúcico que contém. ... Alimentos feitos com canola embolaram mais rapidamente."

Interessante. É tóxico, mas permite a formação de bolor mais rápido?

Só eu vejo a potencial contradição aqui?

Responder
Osvaldo 18/11/2012 12:43:17

Pelo visto , não entendeu nada.. Produtos oxidantes podem causar bolor !
Leia os links mostrados ou continue usando seu óleo de Canola (canada oil).
Boa pesquisa...a não ser que trabalhe na Anvisa.

Osvaldo

Responder
Roberto P Filho 15/05/2012 04:50:19

.
A casa começou a cair para esses canalhas...logo veremos 5htp e melatonia liberados!
.
Todos contra a máfia da tarja preta - Esquema de viciados de 28 milhoes de pessoas R$R$R$ que estão fazendo um genocidio.

Responder
Roberto Pezim 15/05/2012 16:24:28

Data Local Situação
14/05/2012 15:28 UNIDADE TRAT INTERNACIONAL SAO PAULO - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
11/05/2012 16:33 CTCI SAO PAULO (GMEXP) - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para DEVOLUCAO A ORIGEM
09/05/2012 12:06 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Conferido
09/05/2012 11:43 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para CTCI SAO PAULO (GMEXP) - SAO PAULO/SP
09/05/2012 11:29 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Destinatário não apresentou-se para receber
Objeto descartado
07/02/2012 08:42 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Conferido
06/02/2012 08:47 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para RFB - AV ESPECIAL - ORGAOS ANUENTES
03/02/2012 11:29 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Conferido
01/02/2012 15:42 CTCI SAO PAULO (GEEXP) - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para AVALIACAO - ANVISA
30/01/2012 11:19 UNIDADE TRAT INTERNACIONAL SAO PAULO - SAO PAULO/SP Encaminhado
Em trânsito para RFB - FISCALIZAÇÃO/CUSTOMS
30/01/2012 11:17 UNIDADE TRAT INTERNACIONAL SAO PAULO - SAO PAULO/SP Conferido
Recebido/Brasil
26/01/2012 07:11 ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Encaminhado
Em trânsito para UNIDADE DE TRATAMENTO INTERNACIONAL - BRASIL
26/01/2012 07:10 ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Conferido
Recebido na unidade de exportação
25/01/2012 15:25 ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA Postado

.
.
Agora, até devolveram a mercadoria ao Estados Unidos...rs
.
Que vergonha de ser brasileiro...

Responder
Fernando Chiocca 02/08/2012 15:58:21

Um estudo sobre as agências reguladoras e a destruição da saúde pela Anvisa, publicado em São Paulo foi liberado grátis pelo autor no www.slideshare.net/AgencienganaS

Responder
Gustavo 02/08/2012 17:41:24

Bem maior que eu pensava! Muito bom.

Responder
Leonardo 14/01/2014 20:05:49

MUITO BOM..
PÁGINA 161: Senador Pede a Extinção da Anvisa

Responder
gláucia 02/01/2013 22:51:00

anvisa rouba a vontade de viver de um monte de obeso!

Responder
anônimo 02/01/2013 22:55:41

arumaram uma forma maior de matar mais da medade da população brasileira proibindo o tratamento dos inibidores de apatite! agora a metade ou até mais vão morrer de doenças causadas pela obsidade!

Responder
Ailton 05/10/2013 21:40:49

Alguém pode me ajudar? moro no RJ. comprei 2 kilos de Cabelos da India, me mandaram pela DHL, quando os cabelos chegaram em S.Paulo dia 20/09/2013, ficaram retidos na ANVISA liguei varias vezes para a DHL, eles me informaram que não é permitida a entrada de cabelos por courrie empresas tipo DHL,FEDEX,UPS etc... porque pedi que me mandassem em nome da minha empresa que eu estou começando e comprei os cabelos para fazer um mostruário, todos os dias eu ligo para S. Paulo, mas ninguém sabe me dizer nada, me falam sempre a mesma coisa, que está em poder do fiscal da Anvisa que temos que esperar a decisão do fiscal para saber se o fiscal vai mandar devolver os cabelos para o local de origem ou se ele vai dar os cabelos como perda, quer dizer eu que sou dono comprei e paguei pela mercadoria não posso receber, mas mesma pode entrar no Brasil e depois vai para onde? cabelos custam muito caro todo mundo sabe disso o que eles farão com os cabelos será que vão jogar fora? porque não os devolvem para ja que não são aceitos? farei o que for possível para recuperar minha mercadoria, paguei frete e impostos, hoje 05/10/2013 se passaram 15 dias Peço se alguém pode me ajudar, uma dica qualquer coisa. Obrigado Ailton

Responder
Patrick de L. Lopes 06/10/2013 02:50:15

Infelizmente, este é o "mundo melhor" deles, senhor Ailton; gostaria de ajudá-lo, porém não sei como poderia frente à esta máfia platônica cuja obrigação é proteger-nos dos cabelos da Índia e da creatina, aparentemente duas terríveis ameaças ao bem-estar da população e à segurança nacional. Entristeci-me em demasia ao ler sua história, que apenas ilustra a problemática invocada pelo artigo.

Enquanto esta organização criminosa for legitimada por noções arbitrárias de bem comum, a síndrome de Estocolmo dos intelectuais e as ilusões egocêntricas de quem crê fazer o melhor aos indivíduos ao sequestrar seus direitos, restar-nos-á a raiva, a indignação e o prejuízo. Também já tive uma de minhas compras sequestradas para meu próprio bem por esta máfia e compartilho da sua indignação.

Trata-se d'um absurdo que nenhum filósofo é capaz de justificar. Alguém aqui possui experiência em convencer nossos nobres guardiões a deixar-nos cuidar de nossas próprias vidas suficientemente para ajudar o Ailton?

Responder
Ailton 06/10/2013 19:00:29

Fico muito grato por me responder, não estou conformado com o que está acontecendo, as pessoas que passaram por isso deveriam se unir e tomar uma providencia, já está na hora do povo se levantar também para esse problema, isso nunca vai parar. Alguém tem que tomar uma iniciativa, devemos nos unir não podemos nos acomodar diante dessa situação, existem muitos Sites na Internet que podemos expor os nossos problemas p/ pedir apoio há dois anos passados enfrentei o mesmo problema, mas perdi 12 kilos de Cabelos da mesma forma, me disseram que Pessoa Física não podia Importar, me restou apenas a documentação que guardo comigo até hoje a mesma ANVISA no Aeroporto de S.Paulo reteve os l2 kilos e não me deram a menor satisfação só me sobraram os documentos, fiquei pedindo informação durante muito tempo, depois de 3 meses me informaram que os Cabelos haviam sido dados como perda, fiquei muito mal, cheguei até adoecer. Por este motivo abri uma empresa com tudo que tem direito, Registrada Na Junta Comercial tenho CNPJ, tudo dentro dos conformes e não adiantou, alegaram que uma empresa não pode importar por Corrier, e agora tenho 2 kilos retido na mesma ANVISA, mas que diferença faz, se eu tenho pressa da minha mercadoria não importa o meio de transporte vai chegar, não estou fazendo nada ilegal, estou comprando e pagando tudo até os impostos é meu dinheiro que está no fogo O pior de tudo já mandei e-mails para essa pedindo explicação e nada, ninguém responde. Chega de prejuízos, eu tenho certeza que existem milhares de pessoas com o mesmo problema ou maior que o nosso esperando uma oportunidade. Farei o possível para recuperar o que é meu por direito, se alguém se manifestar pode contar com aliado, todas as horas.
Esqueci de informar: Morei em Londres 3 anos sempre trabalhei com Cabelos, assim que cheguei lá, comprei Cabelos e não pude recebe-los porque ainda não tinha documentos de residente, mas em 5 dias os Cabelos retornaram ao fornecedor e tudo foi bem, não houve prejuíso Obrigado Ailton

Responder
anônimo 27/10/2013 00:35:27

A ANVISA é um orgão formada por um bando de ladrões filhos das putas que seguem fazendo proibições sem qualquer nexo em nosso país, a última agora foi proibir a comercialização do álcool de Cereais, seus filhos da puta, eu trabalho usando este produto, sustento minha família usando este produto e vou procurar até os confins do mundo uma maneira de comprar este produto de forma "ILEGAL", não vou deixar meus negócios devido a um pequeno capricho de vocês, o que vocês fizeram com o Luis Almeida é uma puta de uma sacanagem, e o que vocês fazem com milhões de Brasileiros todos os dias esconde as verdadeiras intenções de seus atos, pura safadeza, vocês manipulam a indústria em diversos setores para obterem lucro ou favorecerem vocês mesmos, proíbem a comercialização de um determinado produto para poderem criar um "esquema" de ladroagem, exemplo: A comercialização do álcool de cereais foi proíbida, justamente uma das principais substâncias usada na fabricação de cosméticos, agora, eu que trabalho com cosméticos, para continuar com meus negócios, vou ter que pagar milhares de reais para a "ANVISA" para obter a licença para usar este produto que é de vital importância para este setor, o interessante é que o álcool de cereais nunca representou nenhum perigo para a saúde da sociedade, pelo contrário, ele é considerado menos agressivo que o álcool etílico comum, por isso é usado na confecção de perfumes, agora eu pergunto, porque a ANVISA não proibiu a venda do álcool comum? Porque este não dá para ser usado na fabricação de cosméticos, e nós sabemos que o setor de cosméticos movimenta bilhões neste país. Afinal, quais são as verdadeiras intenções da ANVISA, preservar a saúde ou obter lucro sacaneando pessoas que buscam seu sustento com o trabalho honesto?

Responder
Emerson Luis, um Psicologo 08/02/2014 09:30:38


Os esquerdistas querem nos obrigar (não meramente persuadir) a levar "vidas saudáveis". E o pior é que esse "saudável" é pelos critérios deles, não pelos nossos próprios critérios, como se eles fossem seres superiores que supervisionam os infantes, que somos nozes.

* * *

Responder

Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
  Nome
  Email   (também utilizado para o Avatar, crie o seu em www.gravatar.com)
  Website
Digite o código:

Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.







Multimídia   
  Podcast Mises Brasil
        por Bruno Garschagen - 06/01/2015
  Fraude - Explicando a grande recessão
        por Equipe IMB - 31/10/2012
  III Conferência de Escola Austríaca
        por Equipe IMB - 25/06/2012
veja mais...



Instituto Ludwig von Mises Brasil



contato@mises.org.br      formulário de contato           Google+
Desenvolvido por Ativata Software