clube   |   doar   |   idiomas

Existe uma página específica para este artigo. Para acessá-la clique aqui.

A evolução tecnológica criou empregos que ninguém jamais imaginou - saiba aproveitá-la

Você sabe o que é PewDiePie? Nunca ouviu falar? Deveria.

Clique aqui.

Sim, esse é nome do canal com maior número de assinantes da história do YouTube, com um total de 48.865.786 usuários. 48 milhões!

PewDiePie detém esse recorde há mais de dois anos. Isso é mais do que o canal da Rihanna e de qualquer outro famoso músico profissional. Ou que qualquer outro canal, seja o tema que for.

Os vídeos do PewDiePie têm mais visualizações que qualquer outro canal, com mais de 13,6 bilhões!

PewDiePie — um sueco cujo nome real é Felix Kjellberg — teve uma renda de mais de US$ 12 milhões em 2015.

Ele já havia faturado US$ 4 milhões em 2013 e US$ 7,5 milhões em 2014.

Agora, eis a melhor parte: vocês sabem qual é o conteúdo dos vídeos? Felix filma a si próprio jogando videogame e fazendo comentários escrachados.

Sim, é sério. Foi com esse tipo de conteúdo que o canal ganhou fama e US$ 12 milhões no ano passado. E continua crescendo.

Há várias lições a tirar desse fato. Divagarei sobre três.

Primeira lição

Os tempos definitivamente mudaram. Isso é surpreendente e mostra a transição evidente no padrão de consumo e produção de conteúdo midiático que estamos testemunhando.

TV aberta, jornais impressos, rádio, e demais mídias tradicionais talvez não sumirão da face da terra, mas estão cada vez mais em pé de igualdade diante das novas tecnologias.

No futuro, talvez sejam menos relevantes que as novas formas.

Segunda lição

Qualquer um hoje tem a seu dispor ferramentas poderosíssimas para criar e produzir conteúdo original e fazer disso um negócio ou um modo de vida.

Vejo inúmeros jornalistas, apresentadores, âncoras, e especialmente o pessoal da velha guarda não percebendo o potencial de YouTube e afins. Em vez de pleitear cargos no telejornal da rede de televisão XPTO, em vez de implorar por liberdade de expressão no exercício de suas funções celetistas, apenas criem seus próprios canais de jornalismo.

Com um custo relativamente baixo, é possível adquirir material profissional de gravação e transmissão, e transformar um canal de YouTube em uma "rede de jornalismo" com plena independência financeira e de opinião.

A próxima Rede Globo, CNN, Bloomberg, nascerá na internet, não na televisão tradicional. Anotem aí.

Terceira lição

Quando seu filho pequeno pedir um videogame ou gastar horas jogando e, iPads, iPhones e em demais tablets e smartphones, tente não podá-lo em demasia, pois é possível que essa seja a sua profissão futura, com potencial real de aposentar você, sua esposa e seus netos.

Conclusão

Este é um tema caro a este Instituto.  Frequentemente são publicados artigos mostrando que a automação e a evolução tecnológica, longe de destruir empregos, será a grande criadora de oportunidades de trabalho.

À medida que a automação e as máquinas substituem os homens nas tarefas pesadas, exaustivas e monótonas, estes adquirem mais tempo e mais energia para se dedicar a tarefas mais criativas e prazerosas, nas quais realmente são bons.

Uma automação agressiva liberta o ser humano do fardo de ter de fazer trabalhos pesados e o libera para se aventurar em novos empreendimentos. Isso vem ocorrendo desde que as máquinas liberaram o homem do trabalho pesado no campo e o permitiram ir buscar outras vocações fora do campo. Foi ali que começou nosso processo de enriquecimento e de melhora no padrão de vida.

Esse processo segue até hoje.

Com a massificação da tecnologia, descobriremos novas aptidões, novas fontes de renda e novos trabalhos prazerosos que, no futuro, nos deixarão atônitos ao percebermos o tanto de energia que desperdiçávamos hoje com trabalhos maçantes, pesados e repetitivos. Longe de destruir empregos, a tecnologia é e continuará sendo a grande criadora de novos empregos.

Como relatou um amigo, quem, há meio século, poderia prever que hoje teríamos as seguintes profissões: YouTubers, Consultores de Moda, Fashion Designers, Apresentadores de Programas de Entretenimento Televisivo, Jogadores Profissionais de Videogame, Consultor de Marketing, Experimentador de Hotéis de Luxo, Testador de Camas, Testador de Alimentos e Bebidas, Investidores Profissionais, Professores de Investimento, Guias Turísticos, Testadores de Tobogãs, "Instagramers" Profissionais, e um número muito maior de Atores e Atrizes do que antigamente?

Isso só foi permitido porque a humanidade foi liberada, pelo evolução tecnológica, do fardo do trabalho pesado.

Essa evolução observada na divisão do trabalho, permitida pela tecnologia que nos liberta e nos permite descobrir novas vocações, é fantástica.

Saiba aproveitá-la.


5 votos

autor

Fernando Ulrich
é mestre em Economia da Escola Austríaca, com experiência mundial na indústria de elevadores e nos mercados financeiro e imobiliário brasileiros. É conselheiro do Instituto Mises Brasil, estudioso de teoria monetária, entusiasta de moedas digitais, e mantém um blog no portal InfoMoney chamado "Moeda na era digital". Também é autor do livro "Bitcoin - a moeda na era digital".

 

  • Rodrigo  26/10/2016 23:29
    O cara - assim como todos os outros famosos no youtube - é um ótimo exemplo de empreendedorismo e de sucesso.
  • Capital Liberal  29/10/2016 00:46
    Quem aqui não conhece o canal da jornalista ex-veja Joyce Hasselman no Youtube não sabe o que está perdendo! Jornalismo minuto a minuto sobre politica e economia
  • Bernardo   26/10/2016 23:30
    Fora que ele doa boa parte da grana dela pra caridade.
  • Fred  26/10/2016 23:30
    Sou fã das escrachadas dele.
  • Acácio Rozon   26/10/2016 23:50
    E digo mais, a audiência dele é graças a principalmente jovens, que geralmente nada produzem, vivem nas custas dos pais que trabalham 10 horas ou mais por dia. Eles estudam de boas, fazem faculdade, pós no conforto da casa dos pais... só sonhando com emprego perfeito e nada produzem... ficando grande parte do seu enorme tempo livre assistindo programas idiotas no YouTube entre outros afazeres nada importantes
    Na verdade, a automação das máquinas e tecnologia serve para livrar o humano de trabalhos pesados e repetitivos, elevando assim a importância e qualificação do trabalho do humano e não rebaixando a assistir idiotices e ficar refém da tecnologia. Nada contra o cara que ganha milhões no YouTube, parabéns a ele! Porém do outro lado da tela tem milhares de pessoas que sonham em ser youtubers milionários ou sei lá o que, mas que não arrumam o próprio quarto e se papai gritar TRABALHE! eles correm...
  • Felipe Neto  26/10/2016 23:59
    O que apenas mostra a genialidade do sujeito: conseguir arrecadar US$ 12 milhões desse tipo de audiência (segundo você) não é para qualquer um.

    Agora, já que você diz que tudo isso é bobagem, então por que você não faz melhor e fica ainda mais rico? Se é bobagem, então você certamente fará com ainda mais competência. Mercado para isso já está provado que existe. Você vai se dar melhor ainda que o sueco.

    Se não o fizer é porque odeia dinheiro.
  • Andrade  01/11/2016 13:04
    Podemos dizer que a audiência no Youtube® é sinônimo de qualidade ?
    Ora, a maioria dos videos mais vistos do Youtube são músicas de qualidade duvidosa, e no que pese o conceito de qualidade ter uma carga subjetiva, só o fato de serem músicas denota que as pessoas buscam meros entretenimentos para ocupar o tempo. Depois, os mesmos que elogiam tal empreendedorismo digital, falam que a produtividade do trabalhador brasileiro é baixa. Ora, de que conceito de produtividade estamos falando ?
  • Kantynho  27/10/2016 13:39
    Pode até ser que ele esteja ganhando dinheiro em cima da vagabundagem da geração atual. Mas é um nicho, e ele achou esse nicho.
    Se essa geração de gente à toa vai conseguir construir o mundo do futuro, aí já é outra história!
  • Capital Imoral  27/10/2016 00:22
    ola, boa noite.
    Vamos começar deixando os pingos no is.
    Isso não é emprego, isso é mulecagem de uma sociedade profundamente doente. Se ele ganha dinheiro, é porque a sociedade está doente, e precisa da educação do estado para voltar ao normal. Por isso defendo abertamente a regulamentação da internet.
    Jovens que deveriam estar estudando para passar no enem, para depois entrar na universidade, para depois se tornarem intelectuais.

    O que se percebe, é que este jovem fracassou na vida, e foi para o youtube.
    Provavelmente, ele era um preguiçoso, que por sorte, veja bem por sorte, vou dizer mais uma vez, por sorte, ganhou dinheiro com videos de jogos no youtube. Ele ganha 12 milhões roubando o tempo dos outros, quantos iguais a ele fazem a mesma coisa? só que não ganham nada? milhares talvez. Isso não da futuro, voltem para o enem.

    Observação sobre o termo roubar: Alguém poderia dizer, senhor, mestre, capital imoral, Não é roubo pois foi um ato voluntário assistir os videos no youtube. Pois eu afirmo, neoliberal, é roubo sim: Se ao efetuar o clique não foi devidamente assessorado a escolha e não ouve o devido aconselhamento sobre os males de assistir um ignorante que não leu os clássicos, que não tem faculdade, sobre a mente a humana. A mente cai novamente na armadilha da "curva da moral do pensamento" ao qual eu expliquei neste artigo: mises.org.br/Article.aspx?id=2540 ... \portanto as pessoas assistem os videos sem querer.

    Conclusão: a internet precisa ser devidamente regulamentada, onde todo o clique precisa de um assessoramento especial, para que erros como esse não aconteça de novo.
  • ESNpedron  23/11/2016 18:22
    kkkkk boa boa... assessoramento de cliques do mouse... ri demais!
  • Alexandre Dias  15/06/2017 00:15
    Sr. Capital Imoral, acho que alguém roubou o seu tempo. Afinal, se ao efetuar o clique ou se interessar por Marx, por exemplo, não foi devidamente assessorado a escolha e não ouve o devido aconselhamento sobre os males de assistir ignorantes que podem ter lido os clássicos, mas nada de bom tiraram deles, que não tem faculdade, sobre a mente a humana. A mente cai novamente na armadilha da "curva da moral do pensamento" ao qual que você mesmo explicou neste artigo: mises.org.br/Article.aspx?id=2540 ... \portanto as pessoas assistem os videos e lêem livros sem querer. Principalmente porque o pensamento de esquerda, como o seu, predomina na grande mídia e na maioria dos estabelecimentos de ensino.
  • Ricardo S. I.  28/10/2016 11:19
    Ao capital imoral, e Acácio bozon, oras... Ele está ganhando dinheiro com entretenimento... Se entreter-se é errado, todas as tvs, indústria cinematográfica, jogos, esportes, música. .. E literatura que não seja acadêmica /científica se tornariam perda de tempo.... Mas qual seria a graça da vida? As pessoas podem escolher como se entreter... Se elas quiserem funk, rap, carnaval, vídeo game, skate e programas sem muito conteúdo profundo... Ninguém deveria ficar julgando...
  • Captei esse Imoral...  29/10/2016 00:37
    Mesmo reconhecendo que sua atuação aqui é puramente caricata, um trecho me despertou certa curiosidade:

    "[...] não foi devidamente assessorado a escolha e não ouve o devido aconselhamento sobre os males de assistir um ignorante que não leu os clássicos, que não tem faculdade, sobre a mente a humana. A mente cai novamente na armadilha [...]"

    Segundo sua teoria de esquerda, se um indivíduo é burro, essa burrice é culpa dele mesmo, que durante a vida não buscou melhores forma de desenvolver suas capacidades mentais e se deixou levar por pequenos prazeres de curto prazo (como assistir idiotices na internet, como você mesmo disse), OU, claramente é culpa da sociedade, que falhou ao não dispor a devida educação para este indivíduo?

    Para delimitar o domínio da pergunta, já deixo claro que ela não contempla qualquer deficiência cognitiva ocasionada por doenças e síndromes. Estamos falando daquela burrice genuína, que toma decisões pouco inteligentes, frequentemente encontrada no dia-a-dia.

    Esclareça, por favor, Ó Grande Filósofo Refutador de Mises.
  • Capital Imoral  29/10/2016 16:10
    Segundo sua teoria de esquerda, se um indivíduo é burro, essa burrice é culpa dele mesmo, que durante a vida não buscou melhores forma de desenvolver suas capacidades mentais e se deixou levar por pequenos prazeres de curto prazo (como assistir idiotices na internet, como você mesmo disse), OU, claramente é culpa da sociedade, que falhou ao não dispor a devida educação para este indivíduo?
    ------------
    Excelente pergunta, porem a resposta é complexa.
    Eu diria que um pouco das duas coisas, cabendo a sociedade a maior culpa. A sociedade tem culpa por ser uma sociedade do capital e também tem culpa por não ter se tornado uma sociedade socialista, ao qual todo individuo seria assessorado 24 horas por dia. A burrice individual, é somente consequência da negligencia da sociedade capitalista, que inventou o conceito de "responsabilidade individual" onde o ser assume as consequências de suas escolhas ruins. (veja que não há assessoramento nessas escolhas.)

    Alguém poderia dizer: óra é um absurdo o ser humano ser assessorado nas suas escolhas individuais, Pois ele sabe o que é melhor para ele. A minha resposta a está afirmação é: Não, o ser humano não sabe o que é melhor para ele, porem do fundo de sua consciência, ele tem resquícios do que é melhor para ele, cabendo ao estado fazer a devida interpretação. Eu chamo este erro de pensamento de "curva da moral do pensamento". Dou um exemplo:

    No exemplo do jogo, Um jovem nerd, Gordo, viciado em gráficos, chamado Leandro Rocket. Adora assistir Game-plays de um novo jogo chamado "Capitalism". Leandro Rocket è um garoto que fica o dia inteiro em frente ao computador comendo doritos, e assistindo Game-play. Embora seu sub-consciente diga a ele, que matemática é algo bom, que educação é algo bom, o capitalismo que no caso é parte externa da vida, leva ele a parte mais banal, que no caso é o jogo, e não as equações matemáticas. Cabe ao estado fazer o assessoramento de Leandro Rocket, não somente na questão moral da escolha, mas também na questão da saúde, por que Leandro Rocket come doritos em frente ao computador? Por que Leandro Rocket não faz caminhada de manhã e estuda equações matemáticas de tarde e de noite? Tudo isso porque o capitalismo deturba a verdade. Provavelmente o mesmo capitalismo tornou Leandro Rocket um garoto solitário, por isso ele se volta contra a sociedade defendendo o capital(é uma questão a ser analisada).

    Em fim, a teoria Da "curva da moral do pensamento" se resume em: O livre mercado envia a mensagem errada do valor subjetivo. Portanto é necessário que o socialismo faça a interpretação correta.

    Respondendo a sua pergunta, o que se percebe, é que o individuo tem uma tendencia a fazer escolhas ruins, devido a influencia do capital. mas também a sociedade tem culpa, por não assessorar este individuo para as escolhas certas.

    Capital imoral é filosofo, escritor e já refutou Mises.
  • Captei esse Imoral...  30/10/2016 01:41
    Pegando o gancho da conclusão: "o individuo tem uma tendencia a fazer escolhas ruins, devido a influencia do capital. mas também a sociedade tem culpa, por não assessorar este individuo para as escolhas certas."

    Vamos trabalhar melhor nessa sua idéia de que a sociedade precisa ajudar o indivíduo a tomar escolhas corretas, usando recursividade. Se alguns indivíduos hoje inteligentes (leia-se: a sociedade) tem condições de ajudar um indivíduo pouco inteligente, quem foi que ajudou estes indivíduos no passado a sair de sua inicial condição de precária inteligência? Resposta: os outros indivíduos inteligentes da geração anterior (leia-se: a sociedade da geração anterior). E quem então ajudou estes indivíduos inteligentes da geração anterior a sair de sua inicial condição de precária inteligência? Os da geração anterior a estes.
    Deu pra captar?
    Alguns indivíduos lá trás tiveram que se esforçar sozinhos, por conta própria, para sair de sua condição de precária inteligência, se quisessem sobreviver e prosperar. Estes não tiveram ajuda de ninguém a não ser eles mesmos. E se você acha que eles tiveram, continue usando a recursividade, pois ainda não chegou no ponto inicial.

    Sabe qual a grande falha no seu pensamento? É que ele é CIRCULAR.

    Se todo mundo precisa de ajuda, então até quem fornece a ajuda precisa dela. E no fim, ninguém produz nada, só consome. Por isso esse sistema que você tanto defende, de forma CARICATA, é insustentável.

    É incrível como sua ideologia fracassada tenta fazer os outros acreditarem que realmente parasitas podem parasitar outros parasitas. Até parasitas sabem que assim não funciona muito bem (rs, só vexame...).

    Eu nem ia comentar, mas:
    "O livre mercado envia a mensagem errada do valor subjetivo. Portanto é necessário que o socialismo faça a interpretação correta."

    É perceptível para qualquer um que, se o valor, subjetivo que é, então não existe algo como o valor correto, pois ele varia.
    É como pensar renda variável como renda fixa.
    Veja que é para perceber tal detalhe é preciso sair da condição de burrice a que talvez seu mundinho capitalista tenha lhe colocado.

    Eu nem ia comentar, mas [2]:
    "Capitalism", não é um jogo novo, é bem antigo pra falar a verdade.
    Já teve o "Capitalism Plus", o "Capitalism II" e agora o "Capitalism Lab". Segue o link para quem se interessar: www.capitalismlab.com/

    Se você é "um jovem nerd, gordo, viciado em gráficos" é altamente recomendável. E se você não é, também. E SE VOCÊ É DE ESQUERDA, aí que devia jogar mesmo, pra ver se aprende alguma coisa... hahahahaha

    Capital Imoral, meu caro, assim como um gato que brinca com um novelo, ofereço-lhe a chance de se enrolar um pouco mais, se desejar responder estas questões. Tempo livre eu sei que você tem.

    Esclareça-nos, por favor, Ó Grande Filósofo Refutador de Mises.
  • Capital Imoral  30/10/2016 18:08
    Caro,Captei esse Imoral..., fico feliz pelo seu interesse em minhas teorias. agora vamos aos argumentos:

    Veja que o conceito de sociedade ,ele não foi muito bem trabalhado, por isso peço desculpas pelos buracos abertos. Portanto vamos trabalhar um pouco mais este conceito. A sociedade ela só pode ser usada como ferramenta de assessoramento, quando está sociedade tem uma cultura trabalhada. Em outras palavras, homens iluminados pelo socialismo e liberdade, de cima para baixo, deve educar está sociedade, portanto ai está, a importância da educação ser de domínio do estado. Em termos contemporâneos, eu recomendo que sejam professores da usp, no caso do Brasil.

    Eu diria mais: A educação do estado, nunca deveria parar. No meu plano de sociedade intelectual, todos os 200 milhões de habitantes, iriam para escola a vida inteira.

    Sobre os indivíduos superinteligentes.
    Concordo plenamente que em nossa história, houve indivíduos que se esforçaram muito e adquiriram bastante conhecimento. Porem estamos no século 21, já temos os indivíduos iluminados pelo socialismo e liberdade (eles se encontram na usp). Agora se trata de uma nova era. Se trata de um momento histórico em que um iluminado(ou vários), vai enviar a cultura e todos vão consumir de cima para baixo. Após isso acontecer, o conceito de sociedade livre para assessorar, começa a valer plenamente.


    Sobre a banca que vai iluminar a sociedade
    Pode ser cometido o erro, deste pretenso intelectual que vai iluminar a sociedade, consumir alguma informação de conteúdo conservador ou neoliberal. Obviamente isto é um erro, por isso é recomendável, que este intelectual seja antes preparado pela doutrina socialista. Todo mundo realmente precisa de ajuda, mas somente eu posso ajudar um irmão, que compartilha a mesma solidariedade social que eu compartilho. Se for uma conservador ou neoliberal é um traidor do bem comum.


    Respostas:
    É perceptível para qualquer um que, se o valor, subjetivo que é, então não existe algo como o valor correto, pois ele varia.
    É como pensar renda variável como renda fixa.
    Veja que é para perceber tal detalhe é preciso sair da condição de burrice a que talvez seu mundinho capitalista tenha lhe colocado.

    Leia novamente a teoria Da "curva da moral do pensamento", e você verá, que o capitalismo cria a subjetividade, para o que é objetivo. Pois eu, como intelectual que sou, afirmo com TODAS palavras: O valor é objetivo, porem o capitalismo nos engana com uma casta externa, que faz parecer que é subjetivo. Volto a afirmar a importância da minha teoria da sociedade intelectual, pois se a teoria valer, poderemos chegar ao valor objetivo. Gosto de chamar com carinho de: valor da alma.
  • mauricio barbosa  31/10/2016 17:21
    Capital Imoral só bobagens e mais bobagens,realmente a circularidade dos esquerdistas só enganam incautos...
  • Hugo  22/01/2017 02:05
    Esse Capital Imoral é irônico não é??? kkkkkkk
    O cara já entrou faz tempo no misticismo.
    Tudo pra ele se resolve no socialismo, ou melhor, na palavra socialismo.
    Quanto é 1+1 ? "1+1=10, porque tudo será multiplicado no socialismo, ao invés de só somar como no capitalismo"
    Educação? "Se fosse educação socialista, todos seriam Tesla com certeza, o que estraga é a influência capetalista"
    Saúde? "Se fosse saúde socialista, todos os problemas estaríam resolvidos pela cultura socialista, todos viveriam para sempre não tería-se doenças"....

    São as típicas respostas que ele dá.

    É cada imaginação mais vaga do que a outra.... por isso juro que acredito que ele é irônico... kkkkkk
  • Adriano  07/11/2016 01:09
    Esse capital imoral é um troll, é sério que tem gente que ainda não percebeu isso?


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.