clube   |   doar   |   idiomas

Existe uma página específica para este artigo. Para acessá-la clique aqui.

O governo irá cair - e todo o nosso exótico folclore irá protestar

Os cineastas irão protestar. Os funcionários públicos pelegos também. Os políticos com rabo preso e os ministros que não querem largar a boquinha seguirão pelo mesmo caminho. Líderes do movimento sem-teto abrirão passeatas, a partir de suas casas. E serão seguidos pelos líderes do movimento sem-terra, em seus caminhões.

Todos irão às ruas: sindicalistas que não trabalham, estudantes que não estudam, professores que não ensinam, jornalistas que não informam, economistas que não pesquisam, intelectuais que não pensam, eruditos que não leem, revolucionários que não lutam contra o regime.

A rua será uma coleção dos mais diversos tipos nos próximos meses. Terá de tudo. Blogueiros independentes dependentes do governo, artistas contra a Globo que não protestam para sair da sua folha de pagamento, progressistas que combatem o progresso, políticos de partidos proletários que não recebem os votos dos trabalhadores, reitores em defesa da democracia mas simpáticos a ditaduras de esquerda, religiosos comunistas, humoristas sem graça, representantes fidedignos da cultura popular que os populares desconhecem, consumistas críticos da sociedade de consumo, ideólogos isentos, rebeldes defensores do status quo, formadores de opinião que ninguém conhece, líderes de plebeus de classe média alta.

Todos com o mesmo objetivo: defender o governo. E não sem razão.

Todos estes lucram em torno de um projeto que agiganta o estado, concedendo benefícios, privilégios e dividendos a eles mesmos — uma casta de nobres que sobrevive graças à grana fácil dos pagadores de impostos, em sua imensa maioria gente simples.

Uma elite de funcionários oficiais e semi-burocratas que demoniza a diminuição dos gastos e das atribuições estatais, inventando monstros neoliberais invisíveis, manipulando a opinião pública, pregando a benevolência altruísta e romantizando teorias políticas e econômicas que se provaram desastrosas no último século, apenas porque isso se traduz em manter seus privilégios e suas contas em dia.

E tudo isso com o apoio de parte de uma juventude lobotomizada em sala de aula.

Todos desavergonhadamente contraditórios, incoerentes e paradoxais: pretensos líderes de uma intelligentsia nacional cada vez mais entorpecida pela ignorância, partidários da histórica corrente política do "farinha pouca, meu pirão primeiro".


0 votos

autor

Rodrigo da Silva
é o editor do site Spotniks.


  • Gustavo Lermen  29/03/2016 00:52
    Tudo para não perder a mamata. Teta assim não vão conseguir nunca mais na vida. Fora Dilma (o quanto antes). Vamos devolver o Brasil para quem trabalha de verdade.
  • Allan F. Caetano   29/03/2016 00:53
    Acho que depois blogueiros "independentes" vão escassear.
  • Marcus Vinicius  29/03/2016 00:54
    Sem patrocínio da Sadia PERDIGAO não haverá muitos protestos.
  • Marcus Vinicius  29/03/2016 00:57
    Nada.

    "É tudo bafo de boca. No primeiro tiro, sai todo mundo correndo."

  • Alexandre Aniceto  29/03/2016 02:29
    Faltou falar dos Militares que se aposentam aos 42,43, 44, ..anos de idade. E vivem na mamata durante 40, 50 anos(passam a pensão para as mulheres e filhas). Não sei porquê esta mamata não e ressaltada. Em quase todos os estados e na união o Deficit da Previdência dos Militares é mais da metade do total. Na união é 52%. No RJ é de 60%. SP é 55%.
  • Bianca  29/03/2016 04:03
    Pelo que sei, a maioria dos militares não defendem o governo do PT o qual o texto está tratando.
  • Alexandre Aniceto  03/04/2016 02:39
    DEFICIT PÚBLICO, PRIVILÉGIOS, INDECÊNCIA, MORDOMIAS, ASSALTO A INICIATIVA PRIVADA QUE PAGA APOSENTADORIAS COM IDADES PRECOCES ...SÓ ISTO...O PT QUE SE EXPLODA.
  • Ronaldo  29/03/2016 10:46
    Porque previdência infelizmente é direito adquirido. O artigo fala de benefícios e patrocinios temporários e efêmeros de cada governo. Os aposentados nao irão protestar pq no momento nao esta em jogo a previdência...NO MOMENTO!
  • Andre  29/03/2016 13:03
    "Não sei porquê esta mamata não e ressaltada.".

    Porque o autor está ressaltando apenas aqueles que vão perder algo diretamente com a troca de governo.
    Seja essa perda financeira (parasitas) ou emocional (idiotas úteis).

    A maioria dos militares não vai reclamar nem um tiquinho.

    De minha parte irei me divertir bastante vendo o lamento dos parasitas e idiotas úteis.
  • Josemir Moraes  29/03/2016 14:54

    Custo do Militar Aposentado - VERDADES NÃO DIVULGADAS


    Este assunto é muito pertinente principalmente no momento que tentam falar em previdencia de militares.Um grupo da FAMIL|DF e CONFAMIL foi exposto a um grupo de oficiais do Gab do Comando do Exército e posteriormente ao Ministério da Defesa a época do Sr. Jobim,e que nada fez para esclarecer ao Governo sobre o assunto.O conferencista foi o autor da presente matéria.


    ASSUNTO:

    Custo zero do militar aposentado: VERDADE QUE A MÍDIA IGNORA

    Cel Márnio e TC Lindolpho
    RESERVAER 01/07/2011

    SITUAÇÃO PREVIDENCIÁRIA DO MILITAR / CONSIDERAÇÕES INICIAIS
    É voz corrente que os militares, particularmente os aposentados, são um peso muito grande para as finanças do país. Preocupados com o completo desconhecimento da maioria da população brasileira, inclusive, dos seus representantes mais ilustres, sobre a realidade da situação que envolve os militares das Forças Armadas, principalmente quanto a sua situação previdenciária, julgamos de utilidade pública os esclarecimentos que nos propomos apresentar através deste trabalho.
    INGRESSO
    Através de concurso público universal, o cidadão torna-se militar e após concluir uma das Escolas de Formação das Forças Armadas passa a receber sua remuneração por verbas orçamentárias e a contribuir para a sua Previdência.
    CONTRIBUIÇÃO
    Essa contribuição destina-se à constituição de uma denominada Pensão Militar que irá amparar seus descendentes no futuro, quantia proporcional à remuneração bruta a que cada militar faz jus, religiosamente retirada do seu contracheque durante toda a sua vida, na ativa e na inatividade, sem nenhuma interrupção. Não há inadimplência.
    UNICIDADE DA PENSÃO MILITAR
    É oportuno esclarecer que a Pensão Militar, originária dos efeitos da Guerra do Paraguai, é única para cada militar, e será dividida por quantos herdeiros houver.
    RESERVA REMUNERADA
    Quando o militar completa, no mínimo, 30 anos de serviço pode passar à inatividade integrando a Reserva Remunerada e a receber proventos, nominalmente ainda oriundos de verbas orçamentárias.
    PASSAMENTO
    Morto, o militar deixa de receber remuneração na ativa ou proventos na reserva oriundos das dotações orçamentárias e seus herdeiros passam a receber a Pensão Militar, cuja origem está nos recursos que foram acumulados ao longo dos anos pelo próprio militar para esse fim e que deveriam estar contabilizados no Tesouro Nacional, acrescidos pelos rendimentos decorrentes da sua aplicação.
    CONTRIBUIÇÃO DO EMPREGADOR
    É bom que se esclareça que, para a constituição da Pensão Militar, o empregador, no caso o governo, em nada contribui.
    DUPLA DESTINAÇÃO DA CONTRIBUIÇÃO
    É importante ressaltar que a Medida Provisória Nº 2.215-10, de 31 de Agosto de 2001 transferiu para o militar a responsabilidade de prover os recursos para a sua aposentadoria recolhendo ao Estado, mensalmente, importância, ainda que mantido o nome de Pensão Militar, para atender as duas destinações: Aposentadoria e Pensão .
    Continuou omitindo a obrigatoriedade da participação do empregador - o Estado - e por esse mesmo diploma, a base de desconto, anteriormente o soldo, passou a ser o montante total da receita do militar como remuneração ou proventos; como consequência, cada militar contribui com um valor distinto.
    O Militar, que provê recursos para suas aposentadoria e pensão, não é tão pesado para a Nação como querem fazer crer seus opositores.
    DESPESA MAIOR DO QUE A RECEITA
    Os recursos descontados de cada militar para fim de Pensão, durante toda a vida, se fossem recolhidos a um Fundo renderiam o suficiente para honrar todos os benefícios – aposentadoria e pensão – até sem a participação de recursos do pouco justo Tesouro Nacional.
    O Tesouro Nacional dispõe dos mesmos por cerca de 52 anos, empregando-os em outros destinos sem contabilizar os rendimentos que seriam justos pelo empréstimo que recebeu e nem fazê-los render para promover a devida auto sustentação dos benefícios objeto da sua destinação.
    O alegado desequilíbrio atual entre receita e despesa, se real, certamente resulta de má gestão, por não ter aplicado os recursos no passado para ter a imprescindível liquidez no presente.
    Esses recursos diferem totalmente dos geridos pelo INSS por não serem gravados com nenhuma destinação diferente da precípua - pensão por morte.
    COMPROVAÇÃO DAS VERDADES APRESENTADAS
    Anexamos um estudo completo demonstrando a participação dos militares de uma turma de formação, desde a conclusão do curso na AMAN ou na EsSA, na constituição do patrimônio financeiro para honrar as despesas com sua aposentadoria e para amparar seus herdeiros.
    Levantamento feito com uma turma da Academia Militar das Agulhas Negras apresenta, após mais de 52 anos de contribuição, com expectativa de vida de 73 anos, um capital como patrimônio de mais de 3,7 bilhões de reais, com rendimento previsto de mais de 37 milhões de reais para atender às despesas de mais de 4,7 milhões de reais com herdeiros de 4 Generais de Exército, 4 de Divisão, 4 de Brigada, 367 Coronéis, 96 Tenentes Coronéis e 53 falecidos.
    Com uma turma da Escola de Sargentos das Armas, os valores são: mais de 3 bilhões , mais de 30 milhões e mais de 5,6 milhões de reais, respectivamente, sendo: 263 Capitães, 150 Primeiros Tenentes, 250 Segundos Tenentes, 300 Subtenentes, 241 Primeiros Sargentos e 133 falecidos.
    Ver o documento Fundo de Previdência do Militar Anteprojeto e seus anexos.
    SÍNTESE SOBRE CÁLCULO ATUARIAL
    Tendo em vista a universalidade e a permanência ininterrupta das contribuições, a total adimplência, a automática atualização da contribuição, a ausência de despesas para o recolhimento ou para a habilitação das pensões, a higidez do estamento, a ampliada expectativa de vida e do tempo de contribuição julgamos inexistirem fatores depreciativos para os recursos do sistema (Fundo de Previdência dos Militares) os quais poderão ser aplicados por mais de 10 lustros seguidos para manter a solidez financeira do sistema.
    A metodologia adotada na confecção das planilhas, (ver anteprojeto anexo) considerando no próprio mês da ocorrência os reflexos relacionados com o aumento dos desembolsos, a arrecadação das contribuições e a aplicação do capital acumulado para render o máximo possível, elimina a possibilidade da interferência de qualquer outro fator de natureza atuarial.
    CONTRIBUIÇÕES DOS MILITARES
    Fundamento de Plano de Previdência – Aplicação dos recursos (Transcrição do registrado pela publicação Conjuntura Econômica de novembro de 1949 sob o titulo Estudos Especiais – Custo e Benefícios da Previdência):
    "Nos seguros a longo prazo, apreciável parcela da receita provém da inversão de parte das contribuições não absorvida imediatamente.
    A falta de juros capitalizados poderá, com o tempo, dificultar seriamente a liquidação dos compromissos assumidos, salvo se valorizações extraordinárias de bens patrimoniais ou outros fatores compensarem tal deficiência" sic.
    Parece ser mal dos governos, desde antanho, gerir inadequadamente os recursos que são colocados sob sua guarda, vez por outra, como ocorre no momento, querer mandar essa conta para a sociedade ou para os participantes do sistema.
    ÍNDICES DE RENDIMENTO
    Foi considerado o índice estimado em 1% ao mês.
    Qualquer estabelecimento bancário que cobra, no mínimo, 7% a.m. para conceder empréstimos aos correntistas, não se furtará em oferecer, pelo menos, 1% a.m. pela captação desse capital de muito longo prazo. Gestor eficiente conseguirá muito mais. Parte poderá ser aplicada em papéis do Tesouro Nacional.
    O militar era o único aposentado que contribuía e continua a contribuir para a previdência.
  • Alexandre Aniceto  03/04/2016 02:34
    Duvido que militar acumule 4 milhões par aposentadorias. A pessoa se aposenta com 44 anos de idade, na decada de 80 e 90 a alíquota real nãp chegava a 0,5% do salãrio, apartir de 2000 passou para 7,5%, A contribuição co o aposentado serve apenas como um redutor de aposentadoria...não acumula nada. Com certeza não chega nem a 1 milhão, e paga no máximo(com muito boa vontade) a aposentadoria por 6 anos. Portugal já deu o exemplo, lá militar tem que fazer 40(quarenta) anos de serviço.Falar em Reforma da Previdência é esquecer os Militares Federais, P.Militares e bombeiros é ignorar mais da metade do deficit(exatamente a parcela que cresceu mais nos últimos quinze anos).
  • Sérgio Schneider  29/03/2016 04:06
    Excelente texto. Muito inteligente e profético.
  • Eddie Sampaio  29/03/2016 11:53
    Precisamos estar preparados para, dentro da lei, combatermos todos esses facínoras que, em nome de uma pretensa e falsa democracia, vão infernizar a vida daqueles que trabalham e produzem e que SUSTENTAM toda essa farra. Não vamos esmorecer: AVANTE, BRASIL!!!
  • mauricio barbosa  29/03/2016 12:44
    A mídia comprada do PT está culpando as empreiteiras de serem as vilãs da corrupção e com isso querendo induzir-nos a isentar a petralhada de culpa,ou seja os cordeirinhos do PT são inocentes e os outros os culpados da bandalheira,já estão chamando a operação lava-jato de vaza-jato,esses petistas vagabundos e seus puxa-sacos me dão nojo,cambada de parasitas da pior espécie e é claro que todos os partidos são uns vendidos e quando chegam ao poder se lambuzam com o mel(Nosso suado dinheiro),mas o PT que se proclamava o partido da ética,agora só sabe acusar os adversários de perseguidores e farinha do mesmo saco(Todos corruptos)e se colocando como vítima quando na realidade estão provando do próprio veneno pois é mais fácil jogar pedra na vidraça alheia e como diz o ditado"quem tem telhado de vidro não joga pedra no telhado do vizinho",enfim petistas recolham-se a sua insignificância e respeitem a nossa inteligência e a opinião alheia.Democracia para todos enquanto essa merda de estado existir pois para mim ele deveria ser extinto gradualmente ou completamente,estado petista ou não é um elefante de pés de barro que nós somos obrigados a carregar diariamente e de retorno baixíssimo,um péssimo investimento e\ou uma péssima forma de contribuição e caridade.
  • Felipe  29/03/2016 12:48
    Pior que com o PT saindo, teremos PMDB na presidência do executivo, câmera dos deputados e senado. PMDB, tão bandido como o PT.
    Bom mesmo seria se o impeachment eliminasse o cargo, não só a pessoa da vez hahahaah.
  • Bruno  29/03/2016 15:21
    O PMDB ao menos tem programa de governo e não é populista... Dos males, o menor.
  • Andre  29/03/2016 15:41
    Não acho que o PMDB seja tão bandido quanto o PT.

    O PMDB quer roubar bastante.

    Já o PT quer roubar mais que o PMDB e ficar no poder eternamente para nunca parar de roubar.
  • Andre  29/03/2016 16:47
    O PT queria muito ganhar a presidência da câmara em fevereiro de 2015, exatamente por saber que o governo Dilma estava abarrotado de irregularidades e a economia ficaria uma porcaria.
    O cenário atual é bastante ruim, mas o outro com Arlindo Chinaglia na presidência da câmara seria ainda mais desastroso.
  • Oswaldo Junior  29/03/2016 14:36
    Excelente texto, puro, simples e verdadeiro. Acabando com os parasitas do nosso país.
  • Primo  29/03/2016 14:52
    Muitos irão protestar enquanto outros irão festejar. Pessoal trabalhador que leva o pais nas costas como os camaradas da FIESP e o pessoal da OAB. Terá pato assado para tudo mundo, porque ninguém mais terá que pagar o pato.
  • Julião Villas  29/03/2016 17:12
    Não concordo com o texto, conheço muita gente que defende posições de esquerda e não recebem para isso. Eu mesmo sou de esquerda, sempre fui trabalhador e nunca dependi de governo algum me dar benefício para eu conseguir me sustentar. Parece muito simplista e genérico achar que só defendemos um governo eleito democraticamente porque recebemos dinheiro ou benefícios para isso. Aliás, não conheço nenhum que receba. Nem para agitar bandeira em época de eleição a esquerda precisa pagar. A diversidade, a espontaneidade e o respeito sempre fizeram parte do discurso e da atitude da esquerda. Se o Golpe se deflagrar quem vai parar o país são todos os que nnao concordam com a seletividade com que a Justiça está atuando, e também, claro com a falta de provas de corrupção contra Dilma.
  • Geraldo Júlio  29/03/2016 17:35
    Tradução: você começa dizendo que não concorda com o texto e termina dizendo que todos os futuros "manifestantes" estão sim corretos em parar o país e fazer baderna -- isto é, termina dando total razão às críticas do autor do texto.

    Sua única reclamação é que, ao contrário do que disse o autor, você fará a baderna gratuitamente, sem cobrar nada por isso.

    Ou seja, o autor do texto acabou superestimando você. Ele acha que você cobrará para fazer algo, já você se orgulha em dizer que será massa de manobra gratuitamente.

    Pobre país.
  • Eddie Sampaio  29/03/2016 17:44
    Não há golpe... é desonestidade intelectual chamar de golpe o que é CONSTITUCIONAL e, portanto, dentro da lei. Você pode ter suas convicções mas sempre respeitando o que é legal. Esbravejar é ignorância, é atentar contra o discernimento dos cidadãos. Não caia na armadilha daqueles que por puro oportunismo incutem na cabeça dos seus seguidores atitudes irracionais. Boa sorte!
  • Amigo do Antão  29/03/2016 18:05
    "não conheço nenhum que receba [dinheiro para defender o governo]"

    Governo tem um "Ministério" ("Secom") só para isso: só para dar dinheiro para determinadas pessoas defenderem o governo.


    "falta de provas de corrupção contra Dilma"

    Faça o seguinte:

    tente refutar o pedido de impeachment da Janaína Paschoal e do Miguel Reale Jr. e o pedido de impeachment protocolado ontem pela OAB.


    TENTE REFUTAR O QUE ESTÁ DEMONSTRADO ALI, mas com argumentos racionais, e não com vômitos verbais.

    FICO NO TEU AGUARDO.
  • Andre  29/03/2016 18:19
    Não é a toa que é de esquerda, mal informado que só, a Dilma vai ser afastada do cargo pelas pedaladas fiscais as quais se defendeu dizendo: "O FHC fez também".
    Pela lei do impeachment na constituição a qual a presidente jurou obedecer, o juiz é o congresso que decidirá sobre sua inocência ou não, resumindo é um julgamento político e não técnico, bem vindo a democracia, agora que ela não serve à esquerda é golpe.
    Nós cidadãos direitos estamos acostumados a ser solapados todos os dias pela democracia, tenho certeza que a esquerda também se acostuma.
  • cmr  29/03/2016 18:23
    Nem para agitar bandeira em época de eleição a esquerda precisa pagar.
    Massa de manobra gratuita, o sonho de toda alta cúpula dos partidos de esquerda, assim eles economizam com mortadela, kkkkkkkk.

    Se o Golpe se deflagrar...
    Que golpe cara pálida ?, está tudo previsto na constituição, que aliás o PT rasgou.

    quem vai parar o país são todos os que nnao concordam com a seletividade com que a Justiça está atuando...
    Que seletividade cara pálida ?, cara pálida se refere ao Lula ser julgado, seletivamente, pelo STF ?.
    kkkkk Mim não entender cara pálida. kkkkkk

    claro com a falta de provas de corrupção contra Dilma.
    Índio estar confuso, Dilma atolada até o último fio de cabelo na bosta, cara pálida dizer Dilma limpa ?. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Andre  29/03/2016 18:30
    "Não concordo com o texto, conheço muita gente que defende posições de esquerda e não recebem para isso.".

    Essa parte do texto se referia a vocês:

    "E tudo isso com o apoio de parte de uma juventude lobotomizada em sala de aula."
  • Sociólogo da USP  29/03/2016 18:39
    Sou contra o golpe, a favor da democracia, e não me encaixei em nenhum ''folclore'' acima.

    #NãoVaiTerGolpe
  • cmr  29/03/2016 18:54
    Todos irão às ruas: sindicalistas que não trabalham, estudantes que não estudam, professores que não ensinam, jornalistas que não informam, economistas que não pesquisam,intelectuais que não pensam, eruditos que não leem, revolucionários que não lutam contra o regime.

    Olha você aí no grupo.
  • Economista da Uninove  29/03/2016 19:04
    "Sou contra o golpe, a favor da democracia,"

    A favor da democracia? Vi você defendendo Cuba no artigo de ontem.

    Tu não é a favor de democracia nenhuma, é um hipócrita mesmo.

    Pelo menos seja honesto como eu, eu me lixo para democracia e apoio qualquer meio que sirva para tirar um governo de esquerda do poder.
  • Rodrigo Vaz  30/03/2016 14:30
    Excelente, Rodrigo. Curto muito os seus textos! Continue assim.
  • Fabio  30/03/2016 15:28
    Os cineastas já protestaram !:

    Wagner Moura, Paulo Betti e Gregório Duvivier são alguns dos "cientistas politicos" inscritos no documento
  • Policial  31/03/2016 02:09
    Com ou sem o PT, todos irão protestar.

    Só em fevereiro foram 23 bilhões de deficit. É tanta bomba na economia que nada vai parar em pé. Ninguém sobreviverá com esse Governos quebrados, Petrobras quebrada, fundos de pensão quebrados, demissões em massa, mentiras do governo todos os dias, marqueteiros presos, tesoureiros presos, políticos presos, ex-presidente preso, bolsa reduzida a pó, caderneta de poupança zerada, etc.

    Esse tsunami ético deve resultar em coisas, mas a esquerda vai fazer o diabo. Não é a toa que o diabo se veste de vermelho.
  • Andre  31/03/2016 02:37
    Pura verdade, governo está providenciando para que não reste pedra sobre pedra se ele cair.
  • Mario Leme  31/03/2016 11:05
    Enquanto nada disso acontece, oráculos e pitonisas ficam dando pitacos eivados de preconceito sobre o futuro como se estes fossem ou pudessem exatos, e não sintomas de uma inércia mental praticamente absoluta.


Envie-nos seu comentário inteligente e educado:
Nome
Email
Comentário
Comentários serão exibidos após aprovação do moderador.